fbpx

Pais de crianças autistas fazem protesto em frente a Unimed Natal

Os manifestantes estavam com apitos na boca como uma forma de chamar a atenção dos diretores da Unimed. Uma reunião acontece com representantes de movimentos sociais, como Subcoordenadoria para Inclusão da Pessoa com Deficiência (CORDE), Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Natal (COMUDE) e a Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CDPD).

A medida afeta cerca de 300 crianças com autismo que precisam do serviço. Por meio de nota, o plano de saúde comunicou que essa aplicação terapêutica não consta no Rol de Procedimento da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Pais se sentem lesados e pretendem judicializar a questão.

Em nota enviada à imprensa, a assessoria de comunicação da Unimed Natal explicou sobre a suspensão do atendimento dos modelos de intervenção ABA e Denver.

A Unimed Natal esclarece que continua disponibilizando aos clientes uma rede de atenção e cuidado para tratamento completo do Transtorno do Espectro Autista (TEA), outros transtornos ou síndromes genéticas.

As terapias de reabilitação especializadas e multidisciplinares que esta operadora oferta estão em conformidade com as diretrizes técnicas da medicina baseada em evidência e com as normas legais vigentes no país. Neste sentido, não há e nem houve descontinuidade em nenhum tratamento e sim o direcionamento das terapias, que estavam sendo realizadas em ambiente escolar ou domiciliar, para que passem a ser integralmente cumpridas nas clínicas, com aparato adequado e equipe qualificada para o desenvolvimento de cada criança.

O modelo de atendimento relacionado às terapias de reabilitação multidisciplinares é realizado por meio de uma ampla rede assistencial, com 13 prestadores, fornecendo o serviço em mais de 20 unidades clínicas, que somam cerca de 200 salas no Rio Grande do Norte. São oferecidas terapias com diferentes técnicas de abordagem, aplicadas por profissionais não médicos, da área de saúde, como fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, pedagogos, terapeutas ocupacionais entre outros.

Destaca-se também que, para cuidar ainda melhor dos nossos clientes, a Unimed Natal criou o NTE – Núcleo de Terapias Especiais. O grupo de trabalho é qualificado para proporcionar o acolhimento personalizado aos familiares e beneficiários com transtornos do neurodesenvolvimento, Transtorno do Espectro Autista – TEA e síndromes genéticas.

Assim sendo, a Unimed Natal assegura o acesso às terapias de reabilitação especializadas e multidisciplinares previstas no Rol da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que, devem ser ofertadas exclusivamente nos estabelecimentos de saúde, uma vez que, a legislação da Saúde Suplementar (Lei nº 9.656/98) e o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde (atualmente estabelecido pela RN nº 465) não preveem a cobertura assistencial em ambiente escolar e domiciliar.

Finalizando, a Unimed Natal reafirma o compromisso com seus beneficiários, bem como a conformidade regulatória, o cumprimento fiel dos normativos legais vigentes no país e o foco no trabalho conjunto entre família, plano de saúde e escola para a promoção de uma melhor qualidade de vida para todos.

*Fonte Tribuna do Norte

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: