fbpx

Papa aceita renúncia de ex-arcebispo de Washington após denúncias de assédio contra menores

O papa Francisco aceitou neste sábado a renúncia de Theodore McCarrick, ex-arcebispo de Washington e uma das figuras mais proeminentes da Igreja Católica nos Estados Unidos, após denúncias de abuso sexual a menores e jovens.

O Vaticano disse, em comunicado, que McCarrick enviou sua carta de demissão ao Papa na noite de sexta-feira.

“O Papa Francisco aceitou sua renúncia do cardinalato e ordenou a suspensão do exercício de qualquer ministério público por ele, juntamente com a obrigação de permanecer em uma casa ainda a ser indicada a ele para uma vida de oração e penitência, até que as acusações feitas contra ele sejam examinadas em um julgamento canônico regular”, diz o texto. O Globo

McCarrick, de 87 anos, já havia sido suspenso de exercer o ministério em junho devido às acusações. O episódio teria acontecido há “mais de 45 anos” e foi considerado “credível e substanciado” por uma agência independente. Anteriormente, o mesmo cardeal já havia sido acusado de má conduta sexual contra três adultos.

Um das vítima, agora com 60 anos, só relatou o abuso por estar sob a proteção do Programa Independente de Reconciliação e Compensação. O programa criado em 2016 está encarregado de rever casos de alegado abuso por membros do clero e compensar as vítimas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: