Pênalti “cavado” em vitória do Fortaleza prejudica América-RN e erro da arbitragem repercute na web

A marcação de um pênalti a favor do Fortaleza prejudicou o América-RN em estreia na Copa do Nordeste. No lance, Marinho se atira de modo teatral e a árbitra Ruthyanna Camila Medeiros da Silva, da Paraíba, assinala a penalidade. Pelas imagens da TV, fica claro que não houve o toque do zagueiro Alan, do América, que acabou derrubado pelo goleiro Renan Bragança, seu companheiro de equipe. A primeira fase do Nordestão não conta com auxílio do VAR.

Além da irritação dos jogadores rubros em campo, o erro da arbitragem causou repercussão nas redes sociais (veja abaixo). Na cobrança do pênalti, Lucero empatou a partida – o América vencia com gol de Souza. Pouco depois, Pochettino garantiu a virada tricolor em batida de falta.

A arbitragem estragou o jogo. Ridículo o pênalti marcado em cima do Marinho. É um jogador experiente, que viu que perdeu o lance. Assim que o Dida (Renan) interceptou na bola, ele se jogou e a arbitragem marcou – lamentou o técnico do América, Marquinhos Santos.

Com informações do Globo Esporte

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.