fbpx

PF acha offshore em nome de familiares de Loures

Rocha Loures

A Polícia Federal entregou ao Supremo Tribunal Federal contratos de constituição de uma offshore nas Ilhas Virgens Britânicas em nome do pai, da mãe e da irmã do ex-assessor do presidente Michel Temer e ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures (MDB-PR). Os papéis foram apreendidos no dia 6 de junho do ano passado, na sede da empresa Nutrimental, em São Paulo. O endereço foi alvo de buscas e apreensões na operação Patmos, que prendeu Loures preventivamente.

O ex-deputado havia sido filmado carregando uma mala com R$ 500 mil entregue por um ex-executivo do Grupo J&F. Loures é réu em ação penal por corrupção e foi preso em 3 de junho. Três dias depois, em buscas em um escritório da Nutrimental, foram encontrados documentos de constituição da empresa Belix Ventures Limited, aberta em julho de 2015, nas Ilhas Virgens Britânicas. A sociedade está em nome de Rodrigo Costa Rocha Loures, pai do emedebista, da mãe dele, Vera Lilia, e de Izabela Santos, irmã do ex-deputado. A representante da Belix nas Ilhas Virgens é outra offshore: a Global Corporation Consultant.

As Ilhas Virgens Britânicas são consideradas “paraíso fiscal” porque sua legislação permite que fiquem em segredo os nomes dos donos das empresas lá constituídas, além de oferecer alíquotas de tributação baixíssimas.

Nos documentos de constituição da Belix, a família Loures preencheu um campo que se refere ao “detalhamento da natureza da empresa” com uma palavra: “investimentos”. Segundo o contrato, os recursos da sociedade são de origem “pessoal”.

Procurada, a Nutrimental negou qualquer participação societária do ex-deputado e ressaltou que a empresa “possui a integridade como um dos seus principais valores de gestão”. Rodrigo Costa disse que a Belix foi criada para “investimento legal e declarado em fundos no exterior”, destacando, porém, que a empresa permaneceu inativa. A defesa de Loures não respondeu.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: