PF inicia perícia em gravadores entregues por defesa de Joesley

Joesley

O Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal deu início à perícia nos gravadores entregues pela defesa de Joesley Batista (JBS), segundo reportagem do site “G1” publicada na noite desta quinta-feira (25). Material poderá servir como prova na delação premiada.

Segundo os advogados da empresa, os equipamentos entregues foram usados por Joesley para gravar o presidente Michel Temer e outros interlocutores, entre os quais o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). O primeiro gravador foi entregue à Polícia Federal na segunda-feira (22), e o segundo, na noite de terça (23).

Segundo a PF informou ao Supremo Tribunal Federal, a perícia das conversas de Joesley com o presidente deve terminar em até 30 dias. Mas, com a prioridade dada ao assunto dentro do Instituto de Criminalística, a expectativa é que o trabalho seja concluído em 15 dias. Os laudos sobre os diálogos entre Joesley e outros interlocutores devem ser concluídos em até 60 dias.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: