PF recebe um dos gravadores usados por dono da JBS

A Polícia Federal informou que recebeu na tarde desta segunda-feira um dos dois gravadores usados pelo empresário Joesley Batista para gravar conversas com políticos investigados por receber propina e tentar embaraçar as investigações da Operação Lava-Jato.

A PF não informou se este foi ou não o gravador usado por Batista para gravar um diálogo com o presidente Michel Temer, investigado por corrupção, obstrução de investigações e organização criminosa.

Batista teria recorrido a dois gravadores para gravar as conversas. “Ainda resta um outro gravador a ser recebido”, diz a polícia.

A PF informa também que não conseguiu recuperar todas as malas usadas pelo executivo Ricardo Saud para transportar dinheiro destinado a Aécio Neves e a Rocha Loure. As malas faziam parte dos equipamentos da ação controlada da polícia para registrar os pagamentos de suborno. Pelo menos uma delas estava equipada com o chip para facilitar o rastreamento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: