População abandonada de Assú sofre com fumaça do lixão

 

O fim de semana na terra dos poetas foi tenso e preocupante, pois a fumaça tóxica que saia do lixão tomou proporções maiores dos que as antes vistas, chegando a alcançar até o centro da cidade, além dos bairros Meus Amores, Cohab, Alto São Francisco, Feliz Assú,dentre outros.

O alarmante é que cada vez que a fumaça aumenta e se dissipa, a população denuncia nas redes sociais, e a Prefeitura do Assú não toma providência nenhuma em combater esses gases prejudiciais à saúde e que é lesiva ao meio ambiente.

Moradores relatam em seus perfis o que sofrem, principalmente, porque se adoecem e precisam de atendimento na rede municipal de saúde, ficam horas para serem atendidos e ainda tem gente que nem consegue atendimento, além do fato de que falta medicamentos e médicos.

O prefeito Gustavo Soares que passa o tempo todo em Natal e só vai a Assú as quintas – feiras, não se incomoda com as crianças e idosos, que são os mais afetados com a fumaça do lixão, mostrando todo seu despreparo em ser gestor de uma cidade, que vive abandonada, por causa do descaso de sua atual administração.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: