fbpx

Prefeito de Assú não investe em leitos de UTI e “esconde” o dinheiro do carnaval e São João

Enquanto a governadora Fátima se afunda mais e mais em sua gestão, e vê seus aliados iniciarem um debandada do barco, o estado do RN vive mais uma crise com a nova onda do COVID, que veio mais forte e a taxa de ocupação só cresce.

Muitas prefeituras espalhadas pelo país tem feito de tudo para amenizar os efeitos da doença, e com recursos próprios disponibilizam UTI na cidade. Até conversando e elegendo as prioridades, conseguem leitos para que parte do custeio seja através de compensação tributária, e isso poderia ser uma estratégia adotada pela Prefeitura do Assú e Governo do Estado, mas não dão a mínima para essa solução.

Sem falar que o município deveria investir mais em testes rápidos para detecção do maior número possível de pessoas, a fim de fazer o isolamento domicilar e assim conter que o vírus se espalhe ainda mais. Desde que iniciou a pandemia, o deputado George e o prefeito Gustavo só tem muito “gogó”, porque ação que é boa, não tem. Desafiamos alguém a mostrar uma ação de combate ao novo corona vírus custeada pela atual gestão, como UTI ou equipamentos para ajudar o Estado a aumentar o número de leitos, que poderia ser custeado com o dinheiro “escondido” do carnaval e são joão.

O dinheiro “escondido” é porque não teve carnaval e nem terá o São João no ano de 2021, e deveria haver a transparência do dinheiro e ser investido onde realmente é necessário, mesmo que as UTI´s não sejam de competência exclusiva do município, mas diante de crise como essa, nada mais justo do que ele ter a sensibilidade e garantir a quem precisa o atendimento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: