Prefeito de Carnaubais fecha milionário contrato suspeito com posto Beatriz de Paraú

O prefeito tem a obrigação e o dever de apresentar ao Ministério Público uma planilha das datas e dos veículos que foram abastecer em Paraú 

O prefeito do PSDB Thiago Meira, precisa explicar direitinho à população o funcionamento do contrato milionário celebrado por seu governo com o posto Beatriz de Paraú, distante aproximadamente 72 quilômetro de Carnaubais, para abastecer a frota de veículos do município.

Até agora, o prefeito ja torrou quase R$ 2 milhões com abastecimento de combustível no posto Beatriz em Paraú, mas um mistério necessita ser esclarecido, já que centenas de estudantes estão há mais de uma semana sem poder estudar em Assú, simplesmente porque os ônibus sem combustível não podem transportar os alunos.

A promotora de Justiça Iara Albuquerque, que esteve há poucos dias para in loco visitar as instalações do Mercado Público, é a única com autoridade para mandar investigar como funciona realmente essa incestuosa parceria do posto Beatriz de Paraú com o Posto Diniz de Carnaubais, para abastecimento da frota municipal.

Com uma investigação para desvendar como os veículos da Prefeitura de Carnaubais são abastecidos no posto Diniz,  do empresário Dinarte Diniz, esposo da vice-prefeita de Carnaubais Marineide Diniz, apesar do prefeito Thiago Meira ter contratado e torrado dinheiro público no posto Beatriz de Paraú – o Ministério Público pode dirimir as dúvidas e atestar ou não, a legalidade dessa suspeita parceria danosa aos cofres públicos.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: