Prefeito do Assú aposta na gastança de 1.037 litros de água mineral por dia

Previsão da gastança desenfreada da oligarquia Soares com água mineral e GLP, chama a atenção em ano eleitoral

Em plena pré-campanha eleitoral do seu irmão e deputado estadual George Soares que disputará a reeleição pelo PR, o prefeito do Assú Gustavo Soares, abriu os peitos e contratou por R$ 263.551,34 (duzentos e sessenta e três
mil, quinhentos e cinquenta e um reais e trinta e quatro centavos) as empresas  C.A. DE FARIAS ME e  RUIVAN CARLOS DE MORAIS ME para posterior Aquisição de Água Mineral, Gás GLP e refrigerante visando atender as necessidades da Secretaria Municipal de Administração e Planejamento e demais Secretarias do município.

De acordo com o olhar atento do blogueiro assuense Samuel Nário, do Rabiscos, o governo de Gustavo Soares pretende gastar até 2019, um total de até 248.996 litros de água mineral e de 1.723 botijões de gás GLP.

Segundo cálculos rápidos o Rabisco de Samuel, constatou que, considerando 240 dias úteis em doze meses, a prefeitura de Assú poderá gastar até 1.037 litros de água mineral por dia. Já de gás GLP o consumo poderá chegar a 7,17 botijões diários.

Ufa

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: