fbpx

Prefeito Gustavo passou um ano sem se importar com ações de COVID e agora quer penalizar comerciantes com multa

Em mais de um ano de pandemia, o município do Assú não viu uma ação concreta de combate e nem de enfrentamento a  COVID, por parte da Prefeitura do Assú, comandada pelo ausente prefeito Gustavo Soares.

A gestão passou um ano recebendo do governo federal, e não colocou barreiras sanitárias, não aplicou testes em massa, não tem trabalhos de conscientização, não tem pontos para higienização de mãos nas principais praças, dentre tantas outras ações que poderiam estar sendo praticadas e evitando assim, essa nova onda mais mortífera que assola a terra dos poetas.

Dessa forma, diante da falta de ações da Prefeitura e do aumento de casos, o prefeito Gustavo e a vice Fabielle, querem agora sacrificar
o comércio da cidade, que já não anda bem nos últimos anos, e agora poderá piorar ainda mais.

A gestão não teve uma gestão eficiente para conter a COVID, e agora decidiram enviar para Câmara Municipal, um projeto que permite aplicar multas aos comerciantes que descumprirem as regras de restrição e abrirem suas portas para tentarem sobreviver nessa crise.

Com isso, os vereadores da situação que integram a bancada do prefeito Gustavo, terão que decidir de qual lado eles estão, se é do lado do
povo que precisa manter seus empregos e impedir uma crise ainda maior na economia da cidade, ou se ficarão do lado do prefeito que abandona a cidade, e ainda não aplica os recursos que recebe do governo em ações de combate e enfrentamento a COVID-19.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: