fbpx

Prefeito Gustavo Soares ‘queimou’ Lula e agora o demite da Secretaria de Saúde

Gustavo enganou Lula e o deixou queimar como exemplo de administrador incompetente até demití-lo

Depois escolher a dedo o competente dentista Luis Eduardo Pimentel Soares. para chefiar a Secretaria de Saúde do Assú, o prefeito Gustavo Soares, abandonou o seu primo a própria sorte, apenas para queimá-lo politicamente e impedi-lo de disputar no futuro a Prefeitura do Assú, e agora demitiu o jovem deixando com a péssima fama de mal administrador na cidade.

Sem maldade política, Lula de Lourinaldo acreditou no prefeito Gustavo Soares, mas logo o irmão do deputado estadual George Soares, passou a adotar medidas administrativas na saúde que desagradaria a população e os servidores, como por exemplo, a decisão de não pagar aumento do funcionalismo e desrespeitar o Plano de Cargos, Carreiras e Salários, além de deixar faltar medicamento nas unidades de saúde do município.

Apesar de não concordar com a postura ditatorial do primo que administra Assú virtualmente, Lula de Lourinaldo com seu comportamento calmo, adotou o silêncio, mesmo sabendo que não adiantaria ficar culpando o governo anterior e não fazer nada para ajudar a melhorar a qualidade de atendimento a população. O tempo passou, o desgaste de Lula aumentou, como previsto pelo primo e agora, Gustavo dá o golpe definitivo e manda demití-lo.

Com a exoneração de Lula, o prefeito Gustavo Soares joga a culpa no primo pela desastrosa e caótica da saúde em Assú e se livra de um jovem com potencial político. Gustavo Soares, assim como seu irmão, deputado estadual George Soares, tem medo da própria sombra. Pronto, o plano maquiavélico para matar Lula de Lourinaldo politicamente está cumprido e vai colocar outro secretário para continuar mentindo e enganado o povo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: