Prefeitura do Assú mete a ‘mão com força no bolso’ dos servidores

Com Assu abandonado, prefeito retem aumento dos servidores e ‘economiza’ quase R$ 4 milhões

O governo do chefete da centenária oligarquia e prefeito Gustavo Soares, do PR, vem metendo a mão com força no bolso do funcionalismo público municipal ao reter durante dois anos a liberação do aumento do plano de cargos, carreiras e salários dos servidores (PCCS) da Prefeitura do Assú.

Com a manobra do prefeito Gustavo Soares, o prejuízo financeiro para os servidores municipais, segundo avaliação do ex-prefeito Ivan Júnior, já se aproxima dos R$ 4 milhões.  De acordo com o ex-prefeito, ao longo de dois anos, médico, ASG, professor, motorista e todos os demais servidores do município, foram afetados com a falta do cumprimento do PCCS.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: