fbpx

Prefeitura do Assú revela total desprezo por projeto de bolsas de incentivo para a Filarmônica de Assú

É vergonhosa e imoral, a forma como a Prefeitura do Assú, através de seu gestor, o prefeito Gustavo Soares, trata, ou melhor, desrespeita a cidade, e consequentemente a população. Uma demanda envolvendo a Filarmônica Maestro Cristovam Dantas, tem sido tratada com desprezo e esse pessoal tem sofrido nas mãos dele, pela lentidão com que prefeitura trata um projeto de lei que permite criar bolsas de incentivo para a filarmônica.

Enquanto o prefeito Gustavo leva em “banho maria” as necessidades da Filarmônica, trata com agilidade e eficiência a liberação de shows em praça pública, e a locação do carro que ele anda pra cima e pra baixo, indo e vindo de Mossoró para Assú diariamente, bancado pelo dinheiro do povo.

A Filarmônica tem uma história dentro e fora do estado há mais de 20 anos, conseguiu prestígio e se tornou patrimônio cultural e imaterial da cidade, já participou de programas de formação para bandas de músicas, e ainda assim, a luta é diária para continuar de pé, porque o descaso do poder público é grande, mas ainda assim, eles conseguiram que chegasse na Câmara do Assú um projeto de Lei para criação de bolsas de incentivo, só que para ordenar despesa, tem que vir do Executivo.

Então, o Projeto de Lei foi apresentado e entregue ao prefeito Gustavo, a vice Fabielle Bezerra e ao secretário Clebson Corsino, e como sempre, eles cumpriram o papel de fazer uma matéria e bater a foto, mas não passou disso, porque mesmo a Filarmônica tendo entregue todos os custos no prazo de 4 anos, para facilitar assim os trâmites do processo, e ser incluído ainda na LOAS 2023, não saiu do canto até agora.

A verdade é que os integrantes da prefeitura, incluindo o prefeito Gustavo, gostam de bater foto e priorizar gastança com shows de artistas nacionais para se auto promover, porque trabalhar pelo que importa realmente a prefeitura não faz, e a prova disso é o desrespeito que eles estão tendo com a Filarmônica e toda a história de luta, determinação e trabalho de todos que a integram.

A prefeitura do Assú antes de fazer show em praça pública, deveria repensar no que deixa de fazer pelo povo e por tudo que representa a história cultural da cidade, e liberar o projeto de bolsa de incentivo para que possa ser implantando o mais breve possível.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: