Presidente do PSC partido do pré-candidato a prefeito de Assú Luís da Funerária é preso durante operação Tris In Idem

O pastor Everaldo Pereira, presidente nacional do Partido Social Cristão (PSC), foi preso durante a operação Tris In Idem, deflagrada na manhã desta sexta-feira (28). O Pastor Everaldo é do mesmo partido do pré-candidato a prefeito de Assú, Luís de Oliveira, conhecido como Luís da Funerária, que defende as bandeiras do combate a corrupção, família e valores cristãos.

A ação faz parte de investigação de corrupção em contratos de saúde pública no Rio de Janeiro e que culminou no afastamento do governador Wilson Witzel do cargo pelo STJ.

Além do governador do Rio de Janeiro que foi afastado do cargo, foram presos o Pastor Everaldo e Lucas Tristão que é ex-secretário de Desenvolvimento Econômico.

O pastor Everaldo Pereira já foi candidato à Presidência da República em 2014 pelo PSC e se considerava “homem forte”, por ter ligação com o presidente da República, Bolsonaro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: