Professores da UFRN decidem manter greve após novo plebiscito

Os docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) decidiram, após novo plebiscito, pela continuidade da greve por tempo indeterminado. A votação ocorreu no site do ADURN-Sindicato nos dias 29, 30 e 31 de maio

Participaram da consulta 1.826 docentes, dos quais 56,95% votaram pela continuidade do movimento grevista, 40,58% pelo retorno das atividades e 2,46% se abstiveram.

O presidente do ADURN-Sindicato, Oswaldo Negrão, afirmou que “mais uma vez o plebiscito expressa a sua importância como um instrumento que referenda a vontade da maioria”.

Na próxima segunda-feira (03), o Conselho de Representantes do ADURN-Sindicato e o comando de greve se reúnem para discutir os próximos passos da mobilização.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.