fbpx

Projeto ambiental da Semarh é selecionado em iniciativa do MMA

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), através da sua Coordenadoria de Meio Ambiente e Saneamento (Comeas), foi selecionada no Projeto “Sala Verde”, uma iniciativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA) que busca criar um espaço que seja referência na busca por informações da área ambiental.

A Semarh inscreveu um projeto político-pedagógico que propõe que a sala funcione como um espaço destinado à capacitação e o ensino de práticas sustentáveis. Nela serão realizadas ações como oficinas de educação ambiental, palestras e reuniões.

De acordo com Clara Câmara, coordenadora da Comeas , a Sala Verde da Semarh será voltada para o “Plantadores de Água”, projeto que o Governo do Estado está desenvolvendo para auxiliar no processo de recuperação ambiental das nascentes dos rios potiguares.

 “Já estamos atuando na bacia do Rio Apodi-Mossoró, elaborando um diagnóstico das áreas de nascentes. Depois vamos organizar oficinas para apresentar o documento e montar um plano de trabalho, em conjunto com a sociedade local. Nessa fase, a Sala Verde será muito importante, pois nela acontecerão as capacitações e treinamentos dos multiplicadores” destaca Clara.

SALA VERDE

O Sala Verde é um projeto coordenado pelo Departamento de Educação Ambiental do MMA e possui atualmente 357 salas espalhadas por todo o país.  Através de uma chamada pública, o Ministério analisa os projetos e seleciona as instituições, em geral são secretarias municipais de meio ambiente e educação, unidades de conservação, organizações governamentais e não governamentais e organizações da sociedade civil de interesse público.

Os orgãos entram com o espaço físico, equipe, equipamentos e demais recursos. Em contrapartida, o MMA chancela as atividades educacionais, divulga as ações voltadas para o projeto e oferece formação a distância e materiais educativos em formato digital.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: