PSDB cancela reunião de emergência para discutir se mantém apoio a Temer

ctv-mip-michel temer nilton fukuda estadao

Por enquanto, a leitura é de que não há grandes deserções na base do presidente Temer, segundo a avaliação da Folha de São Paulo. Pessoas próximas ao presidente dizem acreditar que os maiores problemas, com PSDB e DEM, foram contornados.

O PSDB cancelou a reunião de emergência da cúpula do partido que seria feita esta noite, em Brasília, para discutir se mantém seu apoio ao governo. Para os governistas, a rebelião no partido restringe-se a um grupo de “jovens”, que somam oito deputados.

Além do mais, com o presidente afastado da legenda, senador Aécio Neves (MG), no foco das acusações, os tucanos tiveram que ouvir que não estão em condições de se afastar do governo para adotar o discurso de moralidade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: