fbpx

PT protocola representação contra Aécio no Conselho de Ética do Senado

Partido dos Trabalhadores (PT) protocolou, nesta quinta-feira, uma representação contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Conselho de Ética do Senado. No pedido, a sigla solicita a “cassação do mandato” parlamentar do tucano.

O documento entregue ao colegiado aponta as gravações feitas em ação controlada da força-tarefa da Operação Lava Jato, quando Aécio solicita R$ 2 milhões a Joesley Batista, um dos executivos do grupo J&F, preso desde o dia 11 deste mês.

“No referido áudio, com cerca de duração de 30 minutos, o Representado justifica seu pedido alegando que o valor solicitado se destinara ao pagamento de sua defesa técnica na Operação Lava Jato”, destaca a representação. As informações são de O Globo.

A ação da legenda acontece dois dias depois de a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidir afastar Aécio Neves das funções do mandato parlamentar e decretar o recolhimento noturno.

Nesta quinta-feira o plenário do Senado aprovou um requerimento de urgência apresentado pelos líderes partidários. A expectativa é que na próxima terça-feira os senadores decidam sobre o mérito da decisão do STF.

Antes mesmo de receber a notificação da Corte sobre a decisão, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), ressaltou que a Constituição não prevê afastamento de senadores ou parlamentares por parte do Supremo.

— E, se a Constituição foi ferida pela decisão, obviamente vamos tomar providências — acrescentou o presidente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: