fbpx

PT terá conversas com PSDB e MDB nos próximos dias

Raimundo Alves acrescentou que “Ezequiel Ferreira continua aliado do governo e continuamos as conversas com Walter Alves no sentido de estarmos todos juntos no mesmo projeto”. As  conversas previstas para os próximas dias devem definir o rumo de PT, MDB e PSDB nas eleições de outubro.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), continua sem se posicionar, publicamente, sobre as negociações políticas do partido que preside no Rio Grande do Norte com relação a formação da chapa para governador e vice em 2022.

Porém, o dirigente tucano já tem a garantia do presidente estadual do MDB, deputado federal Walter Alves, de que os dois dirigentes partidários marcharão unidos nas eleições, mas não está fechada uma  composição de chapa majoritária, vez que para o pleito de deputados, estadual e federal, cada partido atuará em faixa própria devido a proibição de coligações proporcionais.

Nesta quarta-feira diante de informações de que já estaria fechada a pré-candidatura de Ezequiel  Ferreira a governador e Walter Alves, vice, o PSDB divulgou nota afirmando que a informação não procede. “Essa decisão não foi tomada pelo PSDB. O Partido está focado nas nominatas de deputado. Só quem fala por Ezequiel Ferreira é Ezequiel Ferreira”, diz o assessor de imprensa do PSDB, jornalista Rodrigo Rafael. Segundo fontes ligadas ao MDB, as conversas progridem entre Walter e Ezequiel, mas não há definição, até o momento, a respeito do fechamento da chapa majoritária.

Da parte do PSDB, Ezequiel  Ferreira vem trabalhando, nos bastidores, para formar o maior “chapão” para eleger o maior número de deputados estaduais e o partido continuar sendo a maior bancada da Assembleia a partir de 2023. Até o dia 1º de abril, todo pré-candidato a cargo eletivo precisa estar filiado a partido político.

Além dos atuais deputados tucanos Gustavo Carvalho, José Dias, Raimundo Fernandes, Tomba Farias, o PSDB já tem praticamente certa as filiações dos deputados Alberto Dickson (PROS), Getúlio Rego (DEM), que foi preterido no União Brasil, e ainda de Ubaldo Fernandes, Kleber Rodrigues e até mesmo o ex-líder do governo, deputado George Soares, todos do Partido Liberal (PL). O partido deve receber também Dr. Bernardo e Nelter Queiroz (MDB), e tem a possibilidade de conquistar a deputada Eudiane Macedo (Republicanos).

O deputado Doutor Bernardo (MDB) confirmou as conversas com a direção do PSDB: “Essa semana ainda as coisas se definem, é provável eu ir para o chapão”. O deputado Nelter Queiroz ainda analisa o cenário político.

A bancada do PL também continua conversando. O  deputado Kleber Rodrigues afirmou que vai aguardar até a próxima semana. “Nosso caminho, provavelmente, é continuar no PL ou ir para o PSDB. Não estou vendo outro desfecho”, afirmou.

O deputado Ubaldo Fernandes declarou que teve uma boa conversa com Ezequiel Ferreira, e que está formando um grupo forte de deputados com mandato e pretensos novos candidatos. “Uma nominada que dá musculatura para que nos possamos concorrer com possibilidade de reeleição”, disse o parlamentar. Ele antecipou que precisa comunicar sua decisão, antes, ao presidente estadual do PL, deputado federal João Maia, “mas a tendência de fato é para o PSDB”. George Soares diz que ainda está em conversas, mas até terça (22) define o rumo partidário.

Com informações Tribuna do Norte

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: