QUE CRISE? Dinheiro da Câmara de Macau sobra pra nova reforma do prédio, mas falta pra combater o coronavírus

A Presidente da Câmara de Macau, vereadora Dyana Lira, e seus aliados conselheiros, os vereadores Gia, Kekel e Ítalo, alardeiam por todos os cantos da cidade que a Câmara vive com orçamento apertado e por isso não pode devolver dinheiro pra ajudar o Município enfrentar o novo coronavírus, ao contrário do que outras Câmaras vem fazendo.

O que documentos oficiais e fatos mostram é que dinheiro tem de sobra na Câmara, mas sua destinação é priorizada exclusivamente para pagamento de contratos feitos sem licitação.

Nesta sexta-feira, em plena Pandemia, a Câmara publicou um novo aditivo no contrato com a empresa MARIA EDUARDA CONSTRUÇÃO E SERVIÇOS EIRELI – ME -CNPJ: 24.839.909/0001-04, responsável pela interminável reforma no prédio da Câmara.

Apenas essa empresa, já lucrou quase R$ 150 mil reais em menos de 6 meses com a nova reforma do prédio da Câmara. Se considerar o pagamento feito às outras empresas envolvidas na reforma, como a responsável pelos móveis e carpete, somente com a obra a Câmara já gastou mais de R$ 200 mil reais. E vai gastas mais com a nova prorrogação do contrato publicado no dia de hoje.

Não custa lembrar que recentemente a Presidente da Câmara optou por demitir servidores da Casa alegando falta de dinheiro. Dinheiro esse que, como se vê, tem sido destinado para pagamento de uma suspeita reforma no prédio.

Qual teria sido a reação dos vereadores da oposição e de blogueiros se a Prefeitura tivesse gasto R$ 200 mil reais na reforma de um único prédio??

Esse é o perfil dos vereadores da oposição que se dizem amar Macau. Pregam uma coisa e fazem exatamente o oposto.

Acesse os documentos aqui

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: