Rafael diz que vai trabalhar contra PL que modifica cotas para pessoas com deficiência

O deputado federal Rafael Motta (PSB) afirmou nesta quarta-feira (4), no Twitter, que vai trabalhar ao lado de outros parlamentares socialistas para derrubar o Projeto de Lei de número 6.159, de 2019, encaminhado pelo governo Bolsonaro ao Congresso Nacional com o intuito de modificar a atual política de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas.

Segundo Rafael, a proposta é “cruel”, por permitir que as empresas substituam pessoas com deficiência pelo pagamento de dois salários mínimos mensais ou ainda a associação de empresas para o atendimento conjunto da obrigação, no que ele chamou no Twitter de “empréstimo de cotas”.

“O Governo trata as pessoas com deficiência como mercadoria e esquece que elas buscam além de retorno financeiro, dignidade. E dignidade não se compra”, disse ele em sua conta pública.

Rafael Motta lamentou ainda que, no Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, celebrado em 3 de dezembro, o Governo Federal “manifesta desrespeito com quem mais precisa de uma atuação firme do Estado”. “Uma covardia”, postou na rede social com a hashtag #NãoAoPL6159.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: