fbpx

Rede acusa governo Temer de liberar R$ 161 milhões em emendas

Resultado de imagem para alexandre molon

O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) apresentou nesta terça-feira (26) um levantamento feito pelo partido que aponta que o governo federal aumentou a liberação de emendas parlamentares após a segunda denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer. Ele vai encaminhar os dados à PGR</CW> com um pedido de investigação.

Segundo os números da legenda, em 14 de setembro, dia em que a PGR denunciou o presidente por obstrução da Justiça e organização criminosa, foram empenhados R$ 65,9 milhões em emendas. Na semana seguinte, o governo já havia empenhado R$ 161,2 milhões, 61% a mais do que o total distribuído aos parlamentares em agosto.

“Fica claro que o empenho de emendas segue rigorosamente o calendário de denúncias contra o presidente Temer. Não queremos que a margem fiscal seja utilizada pelo presidente da República para comprar sua blindagem na Câmara dos Deputados”, afirmou Alessandro Molon.

A média diária, de acordo com o partido, subiu 126% entre agosto e setembro: de R$ 3,8 milhões para R$ 8,7 milhões.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: