Rejeição declarada de senadores a Dino no STF já supera votos contrários a Zanin

A indicação do ministro da Justiça, Flávio Dino, já demonstra que terá um caminho mais difícil do que a de Cristiano Zanin, primeiro indicado ao Supremo Tribunal Federal (STF) do terceiro mandato de Lula (PT). Zanin teve 18 votos contra seu nome no plenário do Senado. Até meio-dia de sexta-feira (1), Dino já contava com 21 senadores que divulgaram voto contrário à sua indicação.

Veja os 21 senadores que dizem já ter definido que irão votar contra Flávio Dino para o STF:

  • Cleitinho (Republicanos-MG);
  • Magno Malta (PL-ES);
  • Esperidião Amin (PP-SC);
  • Flávio Bolsonaro (PL-RJ);
  • Rogério Marinho (PL-RN);
  • Carlos Portinho (PL-RJ);
  • Plínio Valério (PSDB-AM);
  • Marcos do Val (Podemos-ES);
  • Jorge Seif (PL-SC);
  • Marcos Rogério (PL-RO);
  • Márcio Bittar (União Brasil-AC);
  • Izalci Lucas (PSDB-DF);
  • Luis Carlos Heinze (PP-RS);
  • Mecias de Jesus (Republicanos-RR);
  • Hamilton Mourão (Republicanos-RS);
  • Eduardo Girão (Novo-CE);
  • Wellington Fagundes (PL-MT);
  • Alan Rick (União Brasil-AC);
  • Damares Alves (Republicanos-DF);
  • Carlos Viana (Podemos-MG); e
  • Marcos Pontes (PL-SP)

A sabatina de Dino na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) está marcada para 13 de dezembro. São menos de duas semanas para o tradicional “beija mão”, quando o indicado pelo presidente da República ao STF passa no gabinete dos 81 senadores, apresentando suas propostas e pedindo voto.

Com informações do Congresso Em Foco – UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.