fbpx

Rio Grande do Norte investiga mais três amostras suspeitas da variante ômicron

Variante ômicron — Foto: Getty Images/Via BBC

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) investiga mais três amostras suspeitas de serem da variante ômicron da Covid no Rio Grande do Norte. Nesta segunda-feira (3), a pasta confirmou os dois primeiros casos da variante no estado.

De acordo com a subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN, Diana Rego, os dois casos positivos são de homens residentes de Natal e que vieram do exterior. Os dois foram infectados em dezembro, estavam vacinados,” e tiveram sintomas leves.

“São dois pacientes residentes do município, mas que viajaram para fora e estavam sendo monitorados pelo município e estado. São dois homens que estão bem. Já passaram pelo tempo da doença. Estavam com a vacina, tomaram em outro país. E isso é importante de dizer, porque eles desenvolveram uma forma leve”, explicou Diana Rego em entrevista ao RN 2, da Inter TV Cabugi.

“Temos mais três amostras de familiares, de possível contato, que estão em investigação”, reforçou.

A subcoordenadora explicou que ainda se pode afirmar que há transmissão comunitária da variante ômicron no RN, mas que isso é “possível”, devido a alta transmissibilidade apontada nos estudos.

“É possível. A gente não tem a confirmação. Como a gente tem trabalhado com uma variante de maior transmissibilidade, há essa possibilidade, mas não podemos afirmar isso, porque alguns casos ainda não foram fechados”, explicou.

Diana Rego explicou ainda que é muito importante neste momento a conscientização social. “É muito importante que haja consciência social. Se a pessoa tem algum sintoma respiratório, não se aglomere, não vá a eventos e se isole até que passe”, pontuou.

Ela reforçou essa necessidade diante do surto também da gripe. “Agora a gente precisa estar cada vez mais atento. Na verdade, a gente está passando por um surto de gripe paralelo à pandemia da Covid”.

A subcoordenadora disse ainda que a Sesap registrou um aumento nos casos também de Covid. “Entretanto, o numero não reflete na internação, o que é importante pela vacina. É importante que as pessoas entendam que ela protege contras os casos graves. Por isso, não temos tido tantas internações, mas estamos tendo aumento de casos”, falou.

Casos confirmados.

Segundo a Sesap, as coletas dos dois casos confirmados aconteceram em dezembro junto com outras 19 amostras, que foram identificadas como variante delta.

O sequenciamento foi feito pela Fiocruz, a partir de material encaminhado pelo Laboratório Central Dr. Almino Fernandes (Lacen).

“Os dois casos são do sexo masculino, residentes no município de Natal, e já se encontram bem. Foram casos em que as coletas foram realizadas no mês de dezembro e encaminhadas via Lacen para a Fiocruz para o sequenciamento genético”, explicou a subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN, Diana Rêgo.

Com a confirmação da variante no estado, a Sesap reforça a necessidade da manutenção das medidas sanitárias, pois os estudos apontam esta variante conta com um alto potencial de transmissão.

Subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN fala sobre dois primeiros casos de ômicron

As equipes de vigilância epidemiológica da pasta estão trabalhando no rastreio dos casos e no monitoramento do cenário em todo o Rio Grande do Norte.

A pasta pede que as pessoas sigam com o uso de máscaras e realizando higiene permanente das mãos com álcool 70%, além de procurar a vacinação contra a Covid e completar o esquema de imunização.

“Nós aproveitamos o momento para reafirmar a toda a população a necessidade das medidas não-farmacológicas, em especial o uso das máscaras, o uso do álcool gel para higienização das mãos e pedimos que todos que ainda não completaram o esquema vacinal que busquem as unidades de saúde”, pontuou Diana Rêgo.

O Rio Grande do Norte também passa por um surto de síndrome gripal, segundo a Sesap, o que lotou recentemente UPAS e hospitais privados de Natal e fez a prefeitura da capital abrir um centro para tratamento de sintomas gripais, que atendeu quase 1 mil pessoas em três dias.

G1RN

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: