Saúde nega anúncio oficial de vacinação, mas reafirma três hipóteses de datas

Pessoa recebendo aplicação da vacina

Horas depois de o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmar que o Ministério da Saúde anunciaria nesta segunda-feira (4) as datas da vacinação contra a Covid-19 no país, a pasta divulgou nota neste domingo (3) informando que não há previsão de anúncio oficial para esta segunda, mas que está “trabalhando incansavelmente para anunciar a data o mais brevemente possível”.

“Todos as tratativas junto aos laboratórios estão sendo realizadas de forma cautelosa e segura, sempre pensando no melhor para todos os brasileiros”, diz o documento.

Na nota, o ministério voltou a dizer que trabalha “com três margens temporais”. A pasta prevê o início da vacinação contra Covid-19 na “melhor hipótese” em 20 de janeiro e, na “pior”, em 10 de fevereiro. As datas já haviam sido informadas pela pasta no último dia 29. Naquele dia, em entrevista à imprensa, o secretário-executivo da pasta, Elcio Franco, apresentou a previsão que foi reiterada em nota neste domingo.

“Na melhor hipótese, nós estaríamos começando a vacinação a partir do dia 20 de janeiro. Num prazo médio, entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro, e no prazo mais longo a partir de 10 de fevereiro”, disse.

Neste domingo, o prefeito Eduardo Paes e o governador em exercício do Rio de Janeiro, C
láudio Castro, se reuniram para discutir o combate à Covid-19 e apresentar um plano de vacinação conjunta.

“Vamos seguir o plano nacional de imunização. Amanhã o ministro Pazuello vai anunciar as datas do Plano Nacional. O que ele anunciar vai ser o que a cidade, o estado e todos os lugares do Brasil vão fazer”, afirmou Paes.

Leia a íntegra da nota do Ministério da Saúde:

O Ministério da Saúde informa que não será divulgada oficialmente  data de vacinação  nesta segunda feira, embora esteja-se trabalhando incansavelmente para anunciar a data o mais brevemente possível. Trabalha-se com três margens temporais.
– Melhor hipótese: começando em 20 de janeiro;
– Hipótese intermediária: começando entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro;
– Hipótese mais tardia: começando após 10 de fevereiro.
Todos as tratativas junto aos laboratórios estão sendo realizadas de forma cautelosa e segura, sempre pensando no melhor para todos os brasileiros.

CNN Brasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: