Secretário do presidente Ezequiel tinha 51 procurações para sacar dinheiro dos ‘fantasmas’, diz MP

Resultado de imagem para LUIZ  NETO diretor geral da Presidencia e ezequiel
Apesar de denúncias graves contra seus dois mais importantes auxiliares, o presidente Ezequiel Ferreira permanece em silêncio

O secretário-geral da Presidência  LUIZ GONZAGA MEIRA BEZERRA NETO,  da Assembléia Legislativa do RN, comandada pelo deputado estadual Ezequiel Ferreira,  do PSDB, também é acusado pelo Ministério Público com um dos envolvidos no suposto  esquema fraudulento que desviou R$ 2,4 milhões em recursos públicos.

O funcionário do banco também confirmou que o secretário-geral da Presidência da Assembleia  LUIZ GONZAGA MEIRA BEZERRA NETO, sacava valores de diferentes contas, em nomes de outras pessoas, das quais tinha procuração. De acordo com o Portal da Transparência da ALRN, ele  atualmente é diretor-geral da Presidência e recebe mensalmente salário no valor de R$ 17 mil.  

O Ministério Público indica que há ligação entre os grupos comandados pela chefe de gabinete da Presidência e pelo secretário-geral da Assembléia Legislativa do RN. 

De acordo com o levantamento feito pelo Ministério Público,  quatro servidores ocupavam cargos na Assembleia Legislativa potiguar com salários de até R$ 5 mil. Entretanto nunca deixaram a linha de extrema pobreza e recebem até hoje o benefício do Bolsa Família. Todas essas pessoas moram no interior do estado.

Duas delas tinham fornecido procuração ao secretário-geral da Presidência da AL para que ele pudesse fazer operações em suas contas bancárias. Ambas moram na cidade de Touros e, mesmo ocupando os cargos de assessores políticos, nunca tiveram a renda alterada no cadastro do Bolsa Família.

Enquanto isso, o presidente da Assembléia e deputado Ezequiel Ferreira, do PSDB, permanece em silêncio e não divulga nenhum tipo de explicação sobre esse escândalo criminoso de desvio de dinheiro público que acontecia na porta do seu gabinete e que teria a participação de seus dois importantes assessores.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: