Secretário Ivan Júnior assina ordem de serviço para desassoreamento do Canal do Piató

O Governo do Estado, através da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh) vai realizar com recursos próprios mais uma importante obra de infraestrutura hídrica para o Estado. Na tarde de ontem, (27), O Secretário Ivan Júnior assinou a ordem de serviço para desassoreamento do Canal do Piató, em Assu.

A solenidade aconteceu na igreja de Porto Piató e contou com a presença de representantes de associações e sindicatos do município, com representantes da empresa vencedora da licitação, construtora Cristal LTDA, e de toda comunidade.

O projeto de desassoremanto foi elaborado pela própria secretaria e consiste na retirada de areia de pontos críticos, onde os levantamentos topográficos indicaram a necessidade de sua realização. No inverno entre 2005 e 2009, devido a fortes chuvas que caíram na região, o estrutura do canal foi prejudicada e atualmente ele encontra-se obstruído.

“Essa ação vai permitir que a Lagoa possa receber continuamente água proveniente do Piranhas-Açu, em períodos de invernos normais, quando o leito do rio estiver num volume considerável” explica Ranielle Linhares, Coordenador da Assessoria Técnica da Semarh.

“Além de proporcionar o desenvolvimento das atividades econômicas dos ribeirinhos, A lagoa também tem um grande significado cultural pra toda comunidade” frisa Ivan.

Seu Antônio Pereira, de 73 anos, relata que desde muito jovem é pescador da região, mas há quatro anos não consegue trabalhar com essa atividade. “Essa lagoa é nossa irmã. A limpeza do canal é uma benfeitoria tão grande que a gente não tem nem palavras para agradecer” diz ele.

A previsão é que a empresa já se instale na região, a partir dos primeiros dias úteis de janeiro. O valor da obra é de R$ 2,5 milhões.

O reservatório é fonte de renda para centena de pescadores das comunidades Porto Piató, Olho D’água Piató, Areia Branca Piató, Bela Vista Piató e Banguê e incrementa a economia da região através do turismo ecológico.

A Lagoa do Piató está integrada à Floresta Nacional de Açu (Flona), uma das 313 Unidades de Conservação geridas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).  É considerada o maior reservatório natural do Estado do Rio Grande do Norte.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: