fbpx

SEM PUDOR: Lula Soares vergonhosamente está se aproveitando de serviços da Prefeitura do Assú para autopromoção como candidato do grupo e desafia MP e Justiça ELeitoral

O dentista e primo dos irmãos Gustavo e George, Lula Soares, aprendeu direitinho como se beneficiar de recursos financeiros que deveriam ser gastos para servir ao povo.

O dentista que é o candidato do grupo da Oligarquia Soares, passou de 2017 a 2018 como secretário de Saúde e foi considerado como o “fiasco” dos Soares. Depois de tudo, foi chorar as pitangas e achou que o trabalho era árduo demais, e pediu arrego, sendo exonerado da função.

Agora, depois de quase 4 anos longe dos holofotes, ele ressurge das cinzas e se aproveita do fato de ser primo do prefeito Gustavo e do coroné George Soares, para utilizar toda a estrutura da Prefeitura do Assú para se autopromover com intuito unicamente político.

Todos os cargos comissionados estão na obrigação de servir ao dentista, e a prova disso é que ele agora se usurpa do papel que cabe ao prefeito, monitora obras e tem ampla divulgação nas redes sociais da Prefeitura e dos secretários.

Agora o Blog do VT quer saber, legalmente é permitido utilizar serviços pagos pelo poder público pra promover sua própria imagem?

O MP e a Justiça Eleitoral devem saber de cada centavo que é utilizado do dinheiro que pertence ao povo para ser gasto com promoção de candidatos.

A Constituição proíbe essa prática, e quem segue a Prefeitura do Assú sabe o quanto as matérias são desvirtuadas, desde muito tempo, quando o prefeito queria reeleger o irmão George, e agora com Lula Soares como nome do grupo na eleição suplementar, porque o dentista não é secretário nem de saúde e nem de obras, então não era para estar se aproveitando das redes sociais da Prefeitura.

Tanto Gustavo, como George e Lula, sabem que a publicidade do ato público não pode ser comercial, mas sim informativo, deixando claro a impessoalidade da divulgação dos atos governamentais, e isso não é feito pela Prefeitura, pelo contrário, é tudo voltado para mostrar aos aliados que o candidato é Lula e que quem não servir a ele, será exonerado, e o pior, querem passar para o povo que ele é quem é o responsável pela obra, quando todos sabem que os recursos vem do povo e não dos bolsos deles.

Parece que o trio da OLigarquia Soares está focado em desafiar o MP e a Justiça ELeitoral, pois o prefeito Gustavo e a vice Fabielle foram cassados por abuso de poder, e ainda assim, Gustavo quer dar continuidade ao abuso de poder para tentar eleger o primo chorão.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: