SEM UTI: George Soares massacra o Vale do Açu e esquece sua honra por cargos e status de líder do Governo

“Ao rei darei minha coragem, minha fidelidade e minha palavra. Mas, minha honra não, pois esta pertence a Deus”. Estas foram as palavras que o poeta espanhol Pedro Calderón de la Barca sentenciou e que foram destacadas pelo ex-deputado Djalma Marinho em 1968, quando para manter sua honra e dignidade não cedeu aos caprichos do então presidente e militar Costa e Silva, e parafraseando ao poeta espanhol disse “Ao rei tudo, menos a honra”.

Não é de causar espanto na cidade de Assú, que sem conseguir uma UTI para o Vale, mesmo sendo o líder do governo, o deputado George Soares ainda mantenha essa “parceria” íntima e cega com a governadora Fátima Bezerra, pois o parlamentar nunca teve honra, conhecido em toda a região e por todos que mantiveram contato com ele no resto do estado, como mesquinho, perseguidor e cruel, como seu pai foi e é, nunca pensou na população, sempre coloca em primeiro lugar todos os seus planos e interesses, deixando sempre os interesses da população de lado, como é a marca registrada dos Soares.

A chegada de novos respiradores ao estado do RN, onde uma fatia considerável deles será destinada ao Seridó, que é o único hospital onde ainda se mantém número de vagas de UTI disponíveis, chegará “sem a devida urgência”, tendo em vista, ainda haver leitos disponíveis, enquanto o Assú que atende uma região com aproximadamente 200 mil pessoas não tem nenhum leito sequer de UTI, e a população agoniza essa fraqueza política dos Soares.

Hoje, o deputado George em seu pronunciamento na Assembleia choramingou ao secretário de saúde Cipriano Maia, pela instalação de leitos de UTI, pleito esse que é realizado de forma a enganar os seus eleitores, pois, se o deputado George fosse um homem de verdade, de compromisso com o seu povo, onde a honra falasse mais alto, não aceitaria uma “parceria” como essa. Mas, George não tem honra. Essa é a grande diferença entre meninos e homens.

A “rainha” Fátima e em nome de um status de líder e de privilégios, o deputado George já penhorou o seu tudo, inclusive a honra que nunca teve, nomeando parentes no Governo do estado, e não ligando para a agonia que é uma pessoa se ver dependendo dos serviços públicos de saúde, agonizando por um leito de UTI, que deveria ser prioridade em toda gestão, mas que por ganância, é deixada de lado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: