Senador do PSDB protocola pedido para criar ‘CPI da JBS’

O senador Ataídes Oliveira (PSDB/TO) protocolou um requerimento no plenário do Senado para criação de uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades envolvendo as empresas JBS e J&F em operações realizadas com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e o BNDES-PAR entre 2007 e 2016.

O requerimento foi protocolado em conjunto com o deputado Alexandre Baldy (PTN/GO). Agora, a presidência da Casa terá que conferir as assinaturas para que a CPI possa ser instalada.

As possíveis fraudes nos aportes concedidos pelo BNDES e BNDES-PAR resultaram na deflagração da Operação Bullish pela Polícia Federal no último dia 12 de maio. Os aportes teriam sido feitos a partir de junho de 2007 e utilizados para aquisição de outras empresas no ramo de frigoríficos, no valor de R$ 8,1 bilhões. As informações são de O Globo.

A Polícia Federal encontrou indícios que as operações foram executadas sem exigência de garantias e com a dispensa indevida de prêmio contratualmente previsto, o que teria gerado um prejuízo de aproximadamente R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.

Além disso, a CPI quer investigar os termos e condições das delações premiadas feitas com o Ministério Público e homologadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e as transações financeiras e cambiais suspeitas feitas pela JBS e pela J&F ou seus acionistas log antes da divulgação das denúncias que envolveram o presidente Michel Temer.

“As operações financeiras e cambiais geraram graves prejuízos aos milhares de acionistas da JBS e representam um ganho expressivo para os delatores, maior até que a multa acordada. Diante desses fatos, os acordos geram razoável suspeição”, diz o texto.

A CPI quer investigar ainda cartel formado no mercado de proteínas animais e todos os prejuízos aos produtores rurais e irregularidades fiscais perante os governos federal e estadual, além de débitos previdenciários existentes.

A previsão é que a comissão tenha 16 senadores e 16 deputados e dure 120 dias, prorrogáveis por 60 dias. O orçamento previsto é de R$ 350 mil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: