Servidores da saúde denunciam problemas na rede elétrica do Giselda Trigueiro

Apreensivos e com medo de possíveis acidentes, os servidores do Hospital Giselda Trigueiro denunciaram ao Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde RN) problemas na rede elétrica da unidade. De acordo com as denúncias, os setores do hospital estão sofrendo com interrupções no fornecimento de energia, causados por curtos-circuitos na rede elétrica e por sobrecarga de energia.

Até o momento, os servidores não tiveram conhecimento de nenhuma providência tomada por parte da Direção da Unidade, da Secretaria de Saúde (Sesap) ou a empresa responsável pela manutenção da rede elétrica do Hospital. Apenas, confirmando a necessidade de receio por parte dos trabalhadores, a administração da unidade encaminhou aos servidores uma orientação sobre o uso correto dos extintores de pó.

A situação absurda de negligência denunciada aqui, além de ser um risco para a vida de funcionários e pacientes, também torna o atendimento e funcionamento da unidade praticamente impossível, uma vez que os apagões e curtos circuitos são constantes. Curtos circuitos já aconteceram em tomadas e na caixa de energia do hospital, como é possível observar nas fotos encaminhadas em anexo.

Desta forma, a direção do Sindsaúde RN, preocupada com o bem-estar dos servidores e dos pacientes atendidos na unidade, tendo em vista o risco de incêndio, cobra que o Governo do Estado, a Secretaria de Saúde (Sesap) e a Direção da Unidade tomem providências para resolver o problema na rede elétrica da unidade hospitalar.

“É um absurdo que o Governo de Fátima Bezerra faça os servidores passarem por esse tipo de situação no seu local de trabalho. Além da sobrecarga de trabalho e o atraso salarial, agora estão nos fazendo correr risco de vida? Precisamos que uma solução seja apresentada com urgência”, critica Breno Abbott, diretor do Sindsaúde RN.

*Novo Noticias

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: