Sinte divulga nomes dos 11 deputados que votaram contra devolução para ajudar hospitais, escolas e servidores

O deputado estadual do PR George Soares, está na lista dos 11 parlamentares divulgada na sua pagina do Facebook (AQUI) pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (SINTE-RN) que votaram para que a Assembleia Legislativa, o Tribunal de Justiça, o Tribunal de Contas e o Ministério Público não devolvam ao Governo do Estado o dinheiro que sobra em seus caixas a cada ano.

“Esse dinheiro que sobra deveria voltar para o caixa do Governo Estadual para ser usado em escolas, hospitais, delegacias e pagamento de servidores.”, defende o deputado estadual Nélter Queiroz, do MDB, que votou favor da devolução, diferentemente da posição do deputado George Soares que ficou contra essa regra.

Os deputados rejeitaram a proposta que tinha como objetivo fazer com que os poderes Judiciário e Legislativo devolvessem as sobras de recursos existentes no orçamento, para o poder Executivo. A proposição foi rejeitada por 11 a 10 durante a votação da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2019 do RN, em sessão na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (17). A Lei em questão define como o governo vai gerir o orçamento anual.

De acordo com o deputado estadual Fernando Mineiro, defensor da devolução dos recursos excedentes, a ideia objetivava ajudar e garantir que os salários dos servidores voltassem a ser pagos em dia, coisa que não acontece há mais de 2 anos: “(Tinha este objetivo) entre outras coisas”, afirmou.

O coordenador geral do SINTE/RN, professor José Teixeira, criticou os deputados que rechaçaram a proposta: “Quem fez isso só legisla em causa própria, pois essa ideia buscava amenizar a situação dos servidores, sobretudo dos aposentados. Esses recursos serviriam para pôr em dia os salários”.

O sindicalista garante que os deputados que disseram não a devolução dos recursos serão alvo de uma campanha midiática que será promovida pelo SINTE/RN “:Vamos denunciar um a um. Mostrar ao povo do Rio Grande do Norte quem não trabalha para o povo, mas sim em prol dos seus pares”.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: