‘Só os índios não contactados da Amazônia não souberam’, diz relator sobre delações

Resultado de imagem para herman e gilmar

O relator, ministro Herman Benjamin, foi irônico ao comentar sobre a publicidade que se havia sobre as delações da Odebrecht quando decidiu ouvir os executivos da empresa.

– Só os índios não contactados da Amazônia não sabiam que a Odebrecht havia feito delação premiada. Se isso não é fato notório e público, não existirá outro. Aqui não se trata do conteúdo da delação, mas do simples fato da celebração da delação premiada pelos executivos da Odebrecht. Todos nós sabíamos disso. Todos nós que estamos aqui. É fato público e notório – sustentou.

A defesa tenta retirar do processo os depoimentos com o argumento de que Herman solicitou as oitivas com base em vazamentos. O relator afirma que só tomou a decisão de ouvir os executivos após a homologação da delação. Segundo ele, as informações incluídas nos autos não são frutos de vazamento, mas de depoimentos prestados pelos colaboradores, sob o compromisso de dizer a verdade. (André de Souza, Carolina Brígido e Eduardo Bresciani –  O Globo).

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: