STF deve julgar habeas corpus de Renato Duque na próxima terça

Renato Duque, em audiência com Moro em 5.mai.2017

O ministro Dias Toffoli, do STF (Supremo Tribunal Federal), pautou para a próxima terça (30) pedido de habeas corpus do ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque.

A defesa de Duque requer a extensão do habeas corpus concedido ao petista José Dirceu no começo de maio.

O caso está com Toffoli porque ele assumiu a relatoria dos pedidos decorrentes da decisão relativa a Dirceu por ter proferido o voto vencedor durante o julgamento do petista.

O relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin, foi voto vencido na ocasião. As informações são da Folha de São Paulo.

Duque foi preso pela segunda vez em março de 2015, durante a 10ª fase da Operação Lava Jato intitulada “Que país é esse” sob a justificativa de que estaria movimentando contas no exterior.

Em abril de 2016, foi condenado em segunda instância.

Os empresários Flavio Henrique de Oliveira Macedo e Eduardo Meira, sócios da Construtora Credencial, alvo da 30.ª fase da Lava Jato, também terão pedido de extensão do HC de Dirceu analisado na próxima terça.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: