Surdos são homenageados na Assembleia Legislativa e agradecem em LIBRAS

Em homenagem ao Dia Nacional dos Surdos, ocorrido no dia 26 de setembro, o deputado Kelps Lima (Solidariedade) foi propositor da sessão solene que aconteceu nesta quinta-feira (17), no plenário deputado Clóvis Motta, na sede da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O dia 26 de setembro foi escolhido para comemorar o dia dos surdos porque nesta data, em 1857, foi fundada a primeira Escola de Surdos no Brasil.

Após a entrega das comendas aos homenageados, Elizabeth Aquino foi escolhida para representá-los, discursando aos presentes na Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). “O surdo é uma pessoa igual a qualquer outra, digna de respeito e de consideração. Capaz de exercer vários tipos de profissões e contribuir com o desenvolvimento da sociedade. Gosta de viver, divertir-se, amar, partilhar as alegrias e tristezas da vida. Infelizmente muitas pessoas ainda acham que somos pessoas inferiores. É por isso que precisamos e devemos lutar pela inclusão do surdo”.

Ela também acrescentou que a luta pela inclusão, respeito, dignidade, oportunidade, precisa ser todos os dias. “O Brasil é um país rico de culturas, mas todos nós somos ligados por um laço forte, nossa Língua Portuguesa. E qual a língua que une todos os surdos? Libras é nossa forma de comunicação. Convido todos vocês a conhecerem nossa Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS). O surdo ouve com os olhos e fala com as mãos. Somos todos iguais, todos pessoas humanas. Se apertarmos nossas mãos, seremos mais fortes”.

O deputado Kelps pediu aos ouvintes que estavam presentes no plenário e aos telespectadores que assistiam a TV Assembleia para que eles tentassem imaginar um pouco do que é se sentir isolado. “Isolado não porque você quer, porque você deseja, mas porque a sociedade não abre as portas para você ser pleno, ter acesso a tudo que você tem direito, a tudo que você deseja. Você imagine o tamanho das barreiras que você tem que transpor”, disse. Em seguida, o parlamentar solicitou para que o áudio da TV fosse retirado para que as pessoas sentissem um pouco dessa sensação de não ouvir.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: