Temer admite que poderá trocar comando da Polícia Federal

17

Em entrevista à revista Istoé, mesmo após conversas de alas do PSDB pedindo a saída do partido da base aliada, Temer negou que esteja perdendo apoio. “Não estou perdendo apoio. O que eu vejo é muito achismo. E achismo no sentido de que o governo paralisou, o País não vai para frente”, afirmou o peemedebista.

O presidente admitiu que poderia trocar o comando da Polícia Federal, caso essa seja a decisão do novo ministro da Justiça, Torquato Jardim. “Pode ser que o novo ministro levante os dados todos que ele julgue convenientes e venha conversar comigo sobre isso”, afirmou. Temer, porém, negou que essa mudança seria mal interpretada.

“Só seria mal interpretada se você dissesse assim: só existe uma pessoa na Polícia Federal capaz de comandá-la. Mas isso desmerece a instituição e tenho certeza que o próprio diretor não pensa dessa maneira”, disse, afirmando que não haverá interferências na Operação Lava Jato.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: