fbpx

Temer negociou com ‘quadrilhão do PT’ apoio a Lula em troca de cargos, diz Janot

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, sustenta  na denúncia criminal contra o “quadrilhão” do PT, apresentada nesta terça-feira, 5, que os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e o ex-ministro Antonio Palocci “compraram” o apoio político do “PMDB da Câmara”, liderado pelo atual presidente da República, Michel Temer, em troca de cargos no governo.

“Ainda no tema de tratativas ilícitas para compra de apoio político, os ora denunciados, especialmente, Lula, Dilma e Palocci, também negociaram junto à liderança do PMDB da Câmara a compra do apoio desta bancada do Partido em troca de cargos públicos relevantes que poderiam ser instrumentalizados, como de fato foram, para arrecadação de propina”, afirma Janot.

A denúncia, de 209 páginas, apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF), acusa Lula, Dilma, Palocci e outros quatro ex-ministros petistas e o ex-tesoureiro do partido João Vaccari por formação de uma organização criminosa que desviou R$ 1,48 bilhão em propinas da Petrobrás. As informações são de O Estado de São Paulo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: