fbpx

‘Tenho dó dele, mas chegou a hora de Aécio sair’, diz presidente do PSDB-SP

Pedro Tobias

Aliado do governador Geraldo Alckmin,  o presidente do PSDB paulista, deputado estadual Pedro Tobias, defendeu a saída definitiva do senador Aécio Neves (MG) da presidência do partido após o Supremo Tribunal Federal (STF) determinar o afastamento dele do exercício das funções parlamentares e o colocar em recolhimento domiciliar noturno.

“Tenho dó dele, mas chegou a hora do Aécio sair. Não dá mais para ele continuar como presidente afastado do PSDB”, afirmou o dirigente ao Estado. A posição de Tobias  é a mesma de outros importantes quadros tucanos paulistas.

“Defendo que Aécio renuncie imediatamente à presidência do PSDB. Não faz mais sentido ele continuar como presidente licenciado. A renúncia já não é mais um gesto de grandeza, mas uma obrigação”, afirmou o prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando. As informações são de Pedro Venceslau e Elizabeth Lopes, O Estado de S.Paulo.

OUTRO LADO

Já o vice-presidente nacional do PSDB e ex-governador de São Paulo Alberto Goldman reagiu com cautela. “Não vou entrar no mérito da decisão da Corte, mas a meu ver o STF antecipou uma pena que não foi dada a Aécio”, disse, em entrevista ao Estadão/Broadcast Político.

Fazendo coro a outras lideranças tucanas, o ex-governador disse que a determinação do Supremo o pegou de surpresa pelo ineditismo dos juízes imporem sanções ao senador mineiro, antes de qualquer julgamento.

“E vale ressaltar que houve divergências entre os próprios ministros do tribunal.” Goldman reconheceu que, “sem dúvida”, a decisão do STF  “é uma coisa muito ruim e desagradável, não apenas para o senador Aécio Neves, mas para o PSDB”.

Questionado se as sanções do STF a Aécio poderão intensificar o racha da legenda no tocante a permanecer ou sair da base aliada do governo do presidente Michel Temer, Goldman avaliou, sem citar nomes, que “faltam bombeiros dentro do partido” para ajudar a debelar o conflito interno que atinge o tucanato.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: