fbpx

Terminal Salineiro de Areia Branca é arrendado por R$ 100 mil pelos próximos 25 anos

Porto-ilha de Areia Branca, terminal salineiro no RN — Foto: MPT/Divulgação

O Terminal Salineiro de Areia Branca (Tersab) foi arrendado por R$ 100 mil pelo Consórcio Intersal, que vai operá-lo pelos próximos 25 anos. Os investimentos serão na ordem de R$ 164 milhões ao longo desse período.

O leilão foi promovido pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) na Bolsa de Valores de São Paulo.

De acordo com a Companhia Docas Do Rio Grande do Norte (Codern), a capacidade de movimentação do terminal vai sair de 2 milhões anuais de toneladas para 6 milhões.

O terminal, que é mais conhecido como Porto-Ilha de Areia Branca, é administrado pela Codern e está localizado no Oceano Atlântico, a 14 km da costa de Areia Branca e a 330 km de Natal.

Porto-Ilha foi inaugurado em 1 de março de 1974 e a primeira operação ocorreu em 4 de setembro daquele ano.

Destinado à movimentação e armazenagem de granéis sólidos minerais, especialmente sal marinho, o Tersab tem área de 35.114m².A expectativa de movimentação é de 69,3 milhões de toneladas nos 25 anos.

Segundo a Codern, neste primeiro momento serão gerados mais 3 mil empregos e ao longo dos 25 anos serão mais de 100 mil em toda a cadeia produtiva da indústria salineira.

“Uma antiga aspiração da Codern se concretiza no dia de hoje e trará investimentos na ordem de R$ 164 milhões, que vai otimizar toda cadeia produtiva de sal do Rio Grande do Norte. Essa cadeia produtiva tem cerca de 70 mil pessoas entre diretos e indiretos”, disse Ulisses Danilo Silva Almeida.

“Vai otimizar toda cadeia produtiva de sal do Rio Grande do Norte”, concluiu.

Também foi arrendado por nesta sexta-feira (05) um espaço de 71 mil metros quadrados (MAC13) destinado à movimentação e armazenagem de açúcar no Porto de Maceió (AL), que estava representado pelo administrador Dagoberto Omena. Serão R$ 59 milhões em investimentos.

“Ficamos felizes por estarmos trazendo infraestrutura adequada para duas atividades importantes no país: sal, no Rio Grande do Norte, e açúcar, em Alagoas””, afirmou o secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários (SNPTA), Diogo Piloni.

G1RN

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: