UFRN inicia produção de álcool 70%

O Núcleo de Pesquisa em Alimentos e Medicamentos (Nuplam/UFRN) produziu os primeiros mil litros de álcool líquido antisséptico 70% para ajudar as unidades de saúde neste período de pandemia ocasionada pela Covid-19. A produção será destinada às unidades de saúde da UFRN (hospitais universitários e Diretoria de Atenção à Saúde do Servidor – DAS) e à Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (SESAP) para distribuição aos seus estabelecimentos de saúde.

A unidade dispõe ainda de pelo menos 10 mil litros de álcool concentrado que passará por processo de transformação para álcool 70%, mais adequado para matar vírus e bactérias, pois não evapora tão rápido quanto o álcool absoluto. Os insumos necessários, álcool, embalagem, rotulagem, estão sendo destinados através de doação ou por meio de compra direta partilhada entre a UFRN e o governo do Estado.

O produto está sendo envasado, lacrado e rotulado no próprio Nuplam em garrafas plásticas de 1,5 litro e depois encaixotado em lotes para controle. Por hora, não há previsão para a produção de álcool em gel devido à falta de polímero no mercado, mas, segundo a vice-diretora do Nuplam, Lourena Mafra, o Núcleo aguarda a importação do produto, ao mesmo tempo em que são feitas pesquisas de alternativas para o uso de outros espessantes que possam substituí-lo.

Desde a semana passada, o Departamento de Farmácia da UFRN (DFARM) já está produzindo álcool para auxiliar os serviços de saúde do estado durante a pandemia da Covid-19. A unidade do Centro de Ciências da Saúde (CCS/UFRN) tem capacidade instalada para produzir até 1.200 litros do produto por dia, mas esse trabalho específico depende exclusivamente de doações.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: