ÚLTIMA CARTADA Cunha quer se encontrar pessoalmente com procuradores

Eduardo Cunha

Menos de uma semana depois de receber um “não” do grupo de trabalho da Lava Jato, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) pediu para reabrir as negociações na tentativa de um acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR). Um emissário do ex-deputado até sugeriu que, se fosse de interesse do Ministério Público, Cunha participaria diretamente das tratativas, segundo reportagem do jornal “O Globo”.

Nesse caso, investigadores de Brasília poderiam ouvi-lo em Curitiba, onde ele está preso. Procuradores devem decidir, até a próxima semana, se aceitam ou não pôr de volta à mesa a discussão da delação do ex-deputado.

Na proposta inicial, Cunha se comprometeu a falar sobre as relações dele com o presidente Michel Temer. Também falaria sobre deputados, senadores e ministros que hoje estão no centro do poder em Brasília. Mas as informações oferecidas por escrito foram consideradas superficiais e inconsistentes.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: