Veja valores espantosos dos itens de luxo usados pelo filho de ministro do STJ

Em vez de mandar investigar os sinais exteriores de riqueza de Felipe Brandão, filho do ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Benedito Gonçalves, conhecido pelas relações com o presidente Lula (PT),  uma juíza do Rio de Janeiro preferiu censurar o vídeo em que o rapaz exibe, nas ruas de Amsterdã, um relógio de R$1,3 milhão, pulseira de R$85,5 mil, tênis de R$30 mil e outros itens de alto luxo.

O vídeo é o de número 85 de uma série promovida pelo influenciador holandês Anthony Kruijver, que mostra em suas redes sociais como as pessoas se vestem e o que usam em locais públicos.

A censura provocou efeito contrário, com sua viralização: está sendo replicado em massa nas redes sociais. Apesar do ato de violência, o vídeo do influenciador que ainda estava em seu perfil do instagram na manhã deste sábado (13)  foi apagado.

Celebrizado pela expressão “missão dada, missão cumprida”, que vazou de um áudio em evento no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), indignando eleitores bolsonaristas, Benedito Gonçalves recebeu de Lula um afago na bochecha logo após segredar algo aos ouvidos do presidente. Ele atuou como ministro corregedor da campanha eleitoral de 2022 e ficou conhecido por decisões controvertidas, quase sempre contra o ex-presidente Jair Bolsonaro, impedindo-o até de mostrar imagens de eventos de que participou como ocupante do cargo máximo da Nação. Foi dele também a decisão de tornar Bolsonaro “inelegível”.

O Diário do Poder fez consulta às páginas de venda originais das marcas ostentadas e dos vendedores autorizados no Brasil. O filho do ministro Benedito Gonçalves exibiu um exclusivíssimo par de tênis Air Force, que a Nike produziu em parceria com a marca de luxo Louis Vuitton, que custa no Brasil R$30 mil. Veja o preço do par de tênis:

O item mais caro exibido pelo filho do ministro do STJ é um relógio Richard Mille RM 011, para muitos de gosto duvidoso, avaliado em US$260mil, equivalentes a cerca de R$1,3 milhão.

Uma espalhafatosa calça Denim Tears, que Felipe vestia em completo desacordo com os demais itens de luxo que usava nas ruas de Amsterdam, é comercializada a partir de R$5 mil.

Durante o vídeo, Felipe fez questão de destacar que era da marca exclusiva (e cara) Prada a jaqueta que usava, apontando sua logomarca na altura do peito. Essa jaqueta é vendida em lojas na Prada no Brasil por R$17,5 mil. Veja:

No braço direito, o filho do ministro Benedito Gonçalves usava não apenas uma, mas duas pulseiras pulseiras da marca francesa Cartier, uma das m ais caras do mundo, que somam o equivalente R$85,5 mil.

Durante a gravação do vídeo, o influenciador holandês Anthony Kruijver observou que era de alto luxo a mochila que Felipe levava às costas. Fazendo expressão de quem estava feliz com a identificação, ele dá as costas para mostrar à câmera sua mochila Dior modelo  bolsa Dior avaliada em cerca de R$13 mil.

Uma pulseira Van Cleef é percebida no punho esquerdo de Felipe, idêntica a uma peça exibida pela mulher ao seu lado, custa 4.500 dólares cada, 9.000 no total, Ou R$45 mil.

A mulher que acompanhava Felipe na gravação usava um par de tênis LV Stake, que pode ser comprado por R$ 7 mil. Ela usava também um relógio Rolex mopdelo Day-Date 40, vendido por R$302,5 mil.

Nas redes sociais, usuários passaram a se manifestar atribuindo à ostentação do empresário um escárnio com o Brasil. “Isso é só mais uma das afrontas do poder da corrupção contra o povo brasileiro. Nada mais me surpreende aqui, infelizmente”, afirmou um internauta.

A juíza do Rio de Janeiro ignorou o fato de o vídeo ter sido produzido com autorização de Felipe, que até o divulgou em suas redes sociais, e imaginou que “a intenção” de sua divulgação seria “ridicularizar” o rapaz “e atingir terceiros”.

Com informações do Diário do Poder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.