Vereador acusado de quadrilheiro e de roubar Prefeitura do Assú, foi tomar a benção a Ronaldo Soares

O bajulado puxa saco do deputado e condenado por mentir pela Justiça aparece na companhia do vereador João Paulo que foi tomar a benção a Ronaldo VEJA AQUI

O vereador do Solidariedade João Paulo Primeiro, apontado como o ‘Papa Tudo’ da turma de integrantes da bancada governista na Câmara de Vereadores do Assu que dá apoia ao governo Gustavo Soares, é mais beneficiado pelo Doutor Gustavo que tem cuidado bem dele e de gente como o seu irmão, João Paulo Segundo, que tem contrato de locação de transporte escolar com a Prefeitura do Assú e faturado mais de R$ 1 milhão e 295 mil, foi dar a benção ao seu padrinho e ex-prefeito Ronaldo Soares, pai do prefeito e do deputado George Soares, do PR, que continuar no comando a generosa viúva que é tida como propriedade particular da centenária oligarquia Soares.

O vereador e ‘quadrilheiro’ João Paulo tem força política para exigir até mais do prefeito Gustavo Soares para votar pela aprovação da contratação de 100 a 300 cargos comissionados para abrigar afilhados políticos como compromisso de compra camuflada do voto ja para a campanha eleitoral de prefeito do Assú do próximo ano, quando os assuenses voltam as urnas para escolher um novo mandatário ou assegurar a permanência do filho de Ronaldo que tem cuidado muito dos seus negócios particulares e da renda familiar, chegando a contratar por R$ 7 mil mensais, até a sua noiva e futura esposa para exercer cargo de secretária no seu governo.

O vereador João Paulo que aparece ao fundo ao lado do puxa sacos e bajulador do deputado George Soares, no estúdio da Princesa FM, hoje uma emissora comprada por R$ 19 mil para divulgar apenas ações positivas e que tem o radialista Jarbas Rocha, como empregado do gabinete do parlamentar do PR na Assembléia.

O diretor geral da Princesa Lucílio Filha, está seguindo fielmente as orientações de conduta ética e moral do ex-prefeito e seu patrão Ronaldo Soares, já que ele é sócio da emissora, juntamente com a sua ex-esposa Rizza Montenegro, mãe do prefeito e do deputado do PR.

Segundo a acusação do Ministério Público, foi no governo do Jacaré que o vereador João Paulo, passou a integrar a famosa quadrilha de gafanhotos que surrupiou mais de R$ 1 milhão no governo do então prefeito Ronaldo Soares. Portando, o vereador João Paulo já tem afinidade de negócios com Jacaré e abandonará a luta dos servidores municipais para ter proteção do Doutor que gosta de cuidar de gente do caráter dele e que deve ter pedido aumento na sua participação para aprovar o projeto do prefeito. 

O imparcial Lucílio Filho, um admirador e fã dos ensinamentos de boa conduta, moralidade e honestidade do ex-prefeito Ronaldo Soares. Talvez seja por isso que ele,  o imparcial radialista responda a processo por improbidade administrativa no valor de quase R$ 800 mil na gestão da ja falecida ex-governadora Wilma de Faria, na 11ª Vara Cível da Comarca de Natal.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: