Vereadores do Assu podem deixar Ivan Júnior falando sozinho para se aliarem a Gustavo Soares

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Delkiza Cavalcante, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno

Os vereadores que votaram para eleger o atual presidente da Câmara de Vereadores do Assú Francisco de Assis, vulgo Tê, para o biênio de 2019/2020, como manda chuva da Mesa Diretora do Legislativo, e teoricamente obedecem a sua orientação política, estão se balançando para acompanhá-lo decisão de fechar o pacote político de apoio que ele pretende fechar com o prefeito do Assu Gustavo Soares, para aprovar a lei de criação de 300 cargos que serão contratados por uma cooperativa de um testa de ferro de Nuilson, o Pavão, da patota do ex-prefeito Ronaldo Soares.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Delkiza e o pastor Alfredo Melo, da Assembléia de Deus em Assu e mentor político do PR e garoto propaganda do prefeito Gustavo Soares

No pacotão de Tê, a turma de vereadores que hoje dizem apoiar Ivan Júnior, está querendo saber quais as condições e benesses de mordomias oferecidas para trair o ex-secretário apontado como candidato a prefeito do Assu nas eleições do próximo ano. Embalado com a decisão da justiça de inocentá-lo,o prefeito Gustavo Soares, quer montar uma base forte para enfrentar o ex-prefeito.

Nos bastidores comenta-se que o deputado e atual lider do governo George Soares, recebeu pedido para manter os empregos de pessoas ligadas aos vereadores nos cargos comissionados do Governo do RN, com a promessa de trair o ex-prefeito  Ivan Junior e fica com o prefeito Gustavo Soares. A força da máquina governamental começa a agir disposta a comprar tudo e todos nas eleições para prefeito do Assu no próximo ano.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: