Vereadores do Assu recebem mais de R$ 10 mil para ‘fiscalizar prefeito em Brasília’

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Delkiza Cavalcante e Matheus Do Frutilândia, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
Vereadores Delkiza e Matheus, vão fiscalizar o prefeito do Assu em Brasilia com dinheiro publico dos cofres da Câmara liberado por Tê

Os vereadores do Assu Paulo Sérgio (Paulinho de Marlene), Paulo Brito, Matheus Dantas, Delkiza Cavalcante, Fabielle Bezerra e Beatriz Rodrigues, vão fazer uma fiscalização do governo do prefeito Gustavo Soares, no período de 23 a 26 de abril, muito longe da cidade do poeta Renato Caldas, percorrendo uma distância por estradas de 2.290 Km até Brasilia e participar da Marcha dos Vereadores 2019.

Um total de seis vereadores assuenses já estão de malas prontas para irem a esse evento e o presidente da Câmara de Vereadores e vereador Francisco de Assis, o Tê, já concedeu quatro diárias a cada um desses vereadores. Cada diária tem o valor de R$ 450,00, o que dá um total de R$ 1.800,00 para custear despesas de cada vereador. Serão R$ 10,8 mil para a farra dos vereadores.

Enquanto isso, o prefeito Gustavo Soares casa e batiza em Assu, fazendo apenas o que ele quer e não obedece a orientação do Ministério do Público para realizar a licitação pública do contrato milionário do bolo do lixo que renderá mais de R$ 11 milhões até o final do ano, para a empresa do cunhado do presidente do diretório do PT Vouclene Bezerra pela coleta do lixo na cidade.

Desde que o irmão do deputado George Soares assumiu a Prefeitura do Assu, o cunhado do PT mantém essa boquinha no governo sem licitação. O prefeito do Assu também contratou empresas de irmãos de vereadores por somas milionárias e isso abre uma porta para a corrupção na administração municipal e o pagamento de proprina

1 comentário em “Vereadores do Assu recebem mais de R$ 10 mil para ‘fiscalizar prefeito em Brasília’”

  1. O Prefeito Gustavo Soares se acha acima da lei, age como se fosse um ditado, problemas judiciais por exemplo ele diz que não acata POIS não foi gerado pela administração dele então não respeita. A Cidade está completamente abandonada, nem na cidade Gustavo vive e para completar, abarrotar as Secretarias de Cargos Comissionados despreparado. Exemplo é a Secretaria de Saúde que começa pela própria Secretária que de Administração nada conhece e seus subordinados pior ainda. Sobre os Vereadores como se fiscaliza um Prefeito se todos são aliados dele, isso é uma PIADA.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: