fbpx

Walace é o candidato escolhido na base da força e intimidação por George, Gustavo e Fabielle

Na terra dos poetas tudo acontece, mas ainda assim algumas atitudes surpreendem. Os Soares que não são nada democráticos, ao invés de deixarem a Câmara Municipal do Assú nas mãos dos vereadores para decidirem o seu presidente, decidiram pelo vereador Walace que foi o escolhido na base da força e intimidação pelo deputado George Soares, o prefeito Gustavo e a vice Fabielle Bezerra.

A escolha do trio é tida pela maioria dos vereadores da base aliada da gestão municipal como arbitrária e extremamente autoritária, já que pela força retiraram dos vereadores sua autonomia e independência para escolher até o próprio presidente da Casa legislativa que fazem parte.

Comenta-se nos bastidores, que o deputado George que não é o prefeito do Assú no papel, mas é na prática, foi quem bateu o martelo para escolher como o candidato a presidência da Câmara Municipal, o vereador Walace, o mesmo que chamou o seu pai Ronaldo Soares de ladrão, e que tem fama de valentão, chegando até ameaçar o próprio George se o mesmo não o determinasse como presidente.

O vereador Walace é malvisto até por seus colegas de parlamento que nunca votariam nele espontaneamente, por ser uma pessoa truculenta e ditadora, que sempre quer impor sua vontade nas agendas e votações da Câmara, desprezando assim a democracia da casa legislativa e insultando com censura os vereadores.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: