Senadores contrários ao ‘fundão’ foram beneficiados com R$ 24 milhões dos partidos

Assim como ocorreu na Câmara dos Deputados, 16 senadores que votaram contra a criação do Fundo Especial de Financiamento de Campanha – conhecido como Fundo Eleitoral – à época de sua criação, em maio do ano passado, já recorreram aos recursos públicos para financiar suas campanhas eleitorais. Manifestamente contra o fundão, estes parlamentares receberam, por meio dos partidos, um total de R$ 24 milhões.

O fundão foi criado como reação do Congresso à proibição de doações empresariais. Ele dispõe de R$ 1,7 bilhão, remanejados de outras despesas do governo, como emendas de bancada e renúncia fiscal.

Principal articulador da criação do fundo eleitoral, o senador Romero Jucá (RR), presidente nacional do MDB, chegou a desafiar os críticos a abrirem mão do dinheiro que poderiam receber, durante a fase de debates no Congresso Nacional. “Quem não concordar com o fundo pode assinar uma declaração renunciando ao dinheiro para a próxima eleição”, afirmou Jucá à época. Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

Leia maisSenadores contrários ao ‘fundão’ foram beneficiados com R$ 24 milhões dos partidos

Contrários ao ‘fundão’ eleitoral recebem R$ 150 milhões para custear a campanha

Resultado de imagem para Contrários ao ‘fundão’ eleitoral recebem R$ 150 mi para custear a campanha

Três de cada quatro deputados federais contrários à criação do fundo eleitoral abastecido com recurso público receberam dinheiro dessa fonte para custear despesas nas primeiras semanas de campanha. Ao todo, 157 parlamentares que votaram contra o fundão na Câmara fizeram pedidos expressos a seus partidos e já obtiveram R$ 150 milhões.

Nem todos os partidos distribuíram a parcela de recursos a que têm direito do fundo, orçado em R$ 1,7 bilhão neste ano. Por enquanto, o valor repassado a esses deputados equivale a 8% das verbas públicas remanejadas pelo governo para as campanhas.

Na Câmara, a votação ocorreu de forma simbólica, sob críticas dos deputados contrários, que conseguiram numa segunda etapa forçar uma votação nominal em plenário, o que permitiu a identificação de quem apoiou ou rejeitou o projeto: 233 deputados foram favoráveis, 209 contra e três se abstiveram. Quem era favorável passou a cobrar que os contrários abrissem mão da verba, por coerência.

Três dos quatro parlamentares que votaram contra e mais receberam dinheiro do Fundo Eleitoral até agora disputam cargos majoritários neste ano. O deputado Daniel Vilela (MDB), destinatário de R$ 3 milhões, é candidato a governador de Goiás. Colega de bancada dele, o deputado Mauro Mariani (MDB) recebeu R$ 2,5 milhões para concorrer ao governo de Santa Catarina. Em oposição a ele no Estado, o deputado Esperidião Amin (PP-SC) disputa o Senado com R$ 2,383 milhões. A única mulher no topo da lista é a deputada pelo Paraná Christiane Yared (PR). Ela teve direito a R$ 2,4 milhões repassados pelo partido para tentar a reeleição. Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

Leia maisContrários ao ‘fundão’ eleitoral recebem R$ 150 milhões para custear a campanha

Coordenador da Lava Jato critica Gilmar Mendes por soltar Beto Richa

Procurador chama liberação de

O coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal (MPF), Deltan Dallagnol, criticou a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes de conceder um habeas corpus de ofício ao ex-governador do Paraná Beto Richa.

Para Deltan Dallagnol , a decisão do ministro foi um “atropelo procedimental”. “Li a decisão. HC de ofício sem livre e prévia distribuição viola o juiz natural. Atropelo procedimental, como foi a decisão de Toffoli suspendendo o caso de Mantega liminarmente, sem aguardar as informações do juiz, quando não havia perigo de demora demonstrado”, escreveu o procurador em seu perfil no Twitter.

Beto Richa deixou a prisão no início da madrugada deste sábado (15), após a decisão de Gilmar Mendes , no início da noite de sexta-feira (14). Na saída da carceragam, Richa disse à imprensa que está “de cabeça erguida” e que continua respondendo todas as acusações “sem a menor dificuldade”.

Na decisão, o ministro disse que a decretação da prisão foi inconstitucional e violou a decisão da Corte sobre a condução coercitiva.  Além disso, disse que as prisões temporárias só podem ocorrer quando forem imprescindíveis para as investigações. “Vedou a condução coercitiva, agora a temporária e ainda antevê que não estarão presentes os requisitos da preventiva? É possível isso?”, questionou Deltan Dallagnol em outro post na rede social.

‘Populismo deve servir às pessoas e não incitar o ódio’, diz Papa Francisco

Papa Francisco

Papa Francisco recomendou um populismo do tipo cristão, depois de ser atacado por políticos italianos por defender os imigrantes. A uma multidão de cerca de 100 mil pessoas reunidas para uma missa ao ar livre, Francisco afirmou neste sábado que “o único populismo possível” é o do modelo cristão, que “ouve e serve ao povo, sem gritar, acusar e incitar brigas”.

O papa falou em Palermo, capital da Sicília, neste sábado. Centenas de milhares de imigrantes resgatados no mar Mediterrâneo nos últimos anos foram levados para os portos da ilha. Francisco defendeu com firmeza os direitos dos imigrantes.

O novo governo populista da Itália tem tentado desencorajar a chegada de mais imigrantes ao país. O ministro do Interior italiano, Matteo Salvini, insiste que as pessoas que forem resgatadas no mar de barcos de traficantes não terão permissão de entrada na Itália. A posição de Salvini sobre a imigração contrasta com os pedidos de solidariedade de Francisco, mas pesquisas de opinião indicam que sua popularidade está aumentando.

Leia mais‘Populismo deve servir às pessoas e não incitar o ódio’, diz Papa Francisco

Caminhada no Vale mostra força da união de Ivan Junior e Benes

Os candidatos Ivan Junior e Benes cumpriram agenda nesta sexta –feira, 14, na região do Vale do Açu, iniciando com entrevista na FM 89, e em seguida, se reunindo com o empresário Genival e o ramo ceramista, que são geradores de emprego e renda, fomentando uma parte importante da economia do estado na região, e precisa ter mais atenção ao setor a fim de investimentos e políticas públicas voltadas para aumentar a produção e a oferta de empregos.

A tarde, Ivan Junior 55444 e Benes Leocádio 3666, caminharam ao lado de amigos na Rua Bernardo Vieira em Assu, levando a mensagem da importância de fortalecer o Vale do Açu e  a região Central, com candidatos da terra, que foram prefeitos, conhecem os problemas, moram e sempre estão presentes na região, e vão ser parceiros de trabalho em prol da região e do Rio Grande do Norte.
 

A dobradinha da união pelo trabalho com duas regiões que se completam, foi bem recebida pelo povo, marcando a caminhada com emoção, abraços e muito carinho, como gesto de apoio a essa união, e reconhecimento ao trabalho que eles exerceram como detentores de mandatos, homens públicos e de bem.

Nelter realiza grande carreata em Caicó e faz mobilização política em Cruzeta

Esta sexta-feira (14) ficará marcada na história política de Caicó. Na oportunidade, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB), ao lado de lideranças políticas locais, realizou a maior carreata desta campanha no município.

“Junto com o prefeito Marcos do Manhoso, com o ex-prefeito Roberto Germano, com os vereadores Zaqueu Fernandes, Diogo Silva e pastor Erinaldo; com o ex-vereador Rubão Germano, além de outras lideranças, percorremos vários bairros caicoenses onde recebemos diversas demonstrações de carinho da população”, destacou.

Após o evento em Caicó, Nelter Queiroz participou de carreata e comício no município de Cruzeta ao lado do ex-prefeito Nena Dantas e dos vereadores Dudú, Gaby, Cipriano, Téo e Maria de Lourde; além de outras lideranças locais. O deputado federal e candidato à reeleição, Beto Rosado (PP), também esteve presente na movimentação.

SÃO VICENTE

Neste sábado (15), a caravana 15222 chegará ao município de São Vicente. Na oportunidade, haverá uma grande carreata pelas ruas do município. A concentração iniciará a partir das 18h30min em frente à residência do ex-prefeito Joci Lins.

Fábio garante que continuará sendo o Federal de Assú

Durante entrevista na Rádio Princesa FM, o deputado federal Fábio Faria, que é o campeão de emendas para a cidade de Assú, garantiu que continuará sendo o deputado que mais trabalha pelo município.

Já são mais de R$ 13 milhões destinados e ele antecipou que nas emendas de 2018 e 2019 já serão colocados mais R$ 10 milhões para pavimentação.

“Assú vota em quem trabalha. Eu tenho orgulho do que tenho feito pelo município e por isso posso vir hoje aqui, olhar nos olhos de todos, prestar contas do meu mandato e pedir para que continuem votando em mim, porque eu continuarei honrando o voto de cada um e vou trabalhar ainda mais por Assú. Só pra vcs terem uma ideia, com exceção da Av. Prinicipal, todas as ruas de Assú foram calçadas ou pavimentadas com recursos que eu trouxe.

O segundo colocado em emendas pra Assú foi o deputado Nélio Dias (já falecido) que trouxe R$ 5,5 milhões (menos da metade do que eu já consegui) e o terceiro colocado da bancada trouxe menos de R$ 1 milhão. Ou seja, não tem comparação e Assú sabe o carinho que tenho por esta cidade”, disse.

Respondendo, também a perguntas dos ouvintes, o deputado se mostrou confiante de que continuará a ser o campeão de votos na cidade, onde conta com diversos apoiadores, entre eles do ex-vereador Odelmo e da sua filha, vereadora Beatriz Rodrigues.

Zenaide acusada de promover farra com dinheiro público

Zenaide , irmã de João Maia, tem o apoio de George Soares em Assú

Confirmadas as denuncias de malversação de dinheiro público, – farra de cargos comissionados -, terá descido pelo ralo o discurso de moralidade da deputada Zenaide Maia Calado (PHS), candidata a senadora da República, na chapa encabeçada pela senadora Fátima Bezerra (PT).

Segundo a denúncia do jornal Agora RN, também portal de notícias, a deputada contratou pelo menos cinco funcionários fantasmas, incluindo, uma enfermeira que presta serviços a domicílio, no valor superior a 15 mil reais.

Os supostos Gasparzinhos, – os fantasminhas camaradas -, são: 1) Vanessa  Ribeiro, esposa do vereador Moabe Soares, de Serra do Mel; 2) Leda Maria Bezerra de Mendonça Freire, irmã do prefeito Luiz Jairo, de Upanema; 3) Iracyara da Silva Nascimento Prudêncio, tesoureira do PHS e mulher do presidente do PHS, partido de Zenaide; 4) Raíssa Gabrielly do Nascimento, enfermeira que mora em Parnamirim e que presta serviços de saúde a domicílio;  e 5) Danilo Aníbal Heráclito Maia, funcionário de uma empresa de combustíveis.

Em seu discurso de campanha, a candidata Zenaide Maia Calado prega oportunidades iguais para todos, fim da corrupção, mais saúde, mais educação e mais  segurança. As informações são do jornalista Alexandre Cavalcanti, do blog Pinga Fogo/Nominuto.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: