LEGAL MAS IMORAL: Viviane Lima vai dar expediente em Natal e quem paga conta é o município do Assú

Como se já não bastasse a crise que existe na saúde pública do município do Assú, o prefeito ausente resolve manter o “cala boca” na ex secretária de Saúde Municipal, Viviane Lima, que já tinha sido nomeada pelo Estado, mesmo estando de férias, e a mando do Líder do Governo, George Soares, o Governo do Estado e o município, firmam um TERMO DE COOPERAÇÃO MÚTUA.

O termo cede a servidora do Assú para o Estado, que dará expediente na capital, mas quem vai pagar a conta é a população do Assú, já que sairá dos cofres do município.

A publicação é legal mas é bem imoral, pois já existe a deficiência no município de profissionais de saúde, e ainda assim, a Prefeitura prefere cumprir o desejo da ex secretária, com medo que ela coloque a boca no trombone, e gere mais dor de cabeça para o prefeito.

Agora, resta saber se o Ministério Público vai aceitar essa decisão do prefeito, de retirar um servidor de uma área já precária, e continuar a arcar com seu salário mesmo estando na capital.

IRRESPONSÁVEL: Em plena pandemia, Prefeito de Carnaubais gasta quase 700 mil com serviços não essenciais

Desde que assumiu a prefeitura de Carnaubais, Thiago Meira, apesar de ser médico vem ganhando fama como gestor irresponsável de Carnaubais, tendo em vista que a cidade e o mundo está sofrendo pela pandemia e o prefeito prefere gastar o dinheiro do povo com serviços não essenciais.

Assustadoramente, é de se constatar que os valores dos contratos e licitações não essenciais só tendem a aumentar, enquanto o básico da saúde está faltando, como máscaras para população e até medicamentos que não poderiam faltar.

As prioridades do prefeito tem sido literalmente suas prioridades e não a do povo, já que o dinheiro da população tem sido gasto com buffet e passagens aéreas no valor aproximado de 200 mil reais.

Desta vez, o prefeito estourado com o dinheiro do povo, já pagou a empresa de CARLA MICHELE DE MOURA FERREIRA, quase 700 mil por locações de automóveis e serviços (confira documento aqui). Conforme uma fonte, a farra com o dinheiro tem sido grande, e que tal comportamento levanta suspeitas já que esse valores são licitados em valores altíssimos bem perto das eleições, e o prefeito é candidato.

No final, nesse jogo político sem futuro, quem sofre e perde é a população de Carnaubais que paga impostos para o município, bancando assim a vida boa do prefeito, que não faz nada.

PATU: Vereadores aprovam aumento de salário de 100% para prefeito e vice-prefeito

Câmara Municipal de Patu — Foto: Maps/Reprodução

A Câmara Municipal de Patu, cidade do Alto Oeste do Rio Grande do Norte, votou e aprovou um projeto de lei que reajusta o salário de vereadores e secretários, além de dobrar os vencimentos para os cargos de prefeito e vice-prefeito da cidade. O projeto foi sancionado pelo prefeito Rivelino Câmara (MDB) no fim de junho.

Constitucionalmente, no último ano de mandato as câmaras municipais devem definir as remunerações para os cargos de vereadores, prefeitos e vice-prefeitos que assumirão os postos no mandato seguinte. No entanto, o reajuste de até 100% em Patu durante contexto de pandemia do coronavírus chamou a atenção de algumas autoridades.

Com a nova legislação, os vereadores, secretários, prefeito e vice-prefeito passarão a receber os seguintes salários para o mandato 2021-2024:

  • Vereador: R$ 5.200, atualmente é R$ 3.940 (aumento de 31,9%);
  • Secretário: R$ 4.500, atualmente é R$ 3.150 (aumento de 42,8%);
  • Prefeito: R$ 20.000, atualmente é R$ 10.000 (aumento de 100%);
  • Vice-prefeito: R$ 10.000, atualmente é R$ 5.000 (aumento de 100%).

A votação que aprovou o reajuste contou com a presença de seis, dos nove vereadores da cidade. A votação foi de 5 votos pelo aumento contra 1 voto contrário. Kaka de Bodim, única vereadora presente a se posicionar contrário ao aumento, reconhece a obrigatoriedade da Câmara em estabelecer os novos valores para o próximo mandato, mas considera o aumento “imoral”.

“É inadmissível em plena pandemia estarmos discutindo essa problemática. Não questionei sua legalidade. Sei que existem prazos a serem respeitados, sei que está na lei. Questiono o quanto é imoral propor isso nesse momento. Aumentar em 100% o salário do prefeito é imoral diante a realidade de dor e sofrimento causado por uma doença avassaladora”, coloca a vereadora.

Leia maisPATU: Vereadores aprovam aumento de salário de 100% para prefeito e vice-prefeito

Frente Parlamentar da ALRN promove jornada online em Defesa da Vida de Pessoas Idosas

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promove na próxima segunda-feira (06), através de videoconferência, a “Jornada em Defesa da Vida de Pessoas Idosas”. “A ideia deste encontro é debater novas ações para proteger nossos idosos e rever o que tem sido feito para a promoção da saúde e do bem-estar dessa população tão importante em nosso Estado”, explica Ubaldo Fernandes, presidente da Frente.

A Jornada acontecerá das 9h às 12h, aberta ao público e será transmitida ao vivo pela TV Assembleia, pelos canais 51.3 (TV aberta) ou 18.1 (em várias regiões do RN), pelo YouTube e pelo site da ALRN (www.al.rn.leg.br). Os interessados ainda podem participar, enviando perguntas pelo WhatsApp (84) 98848-8516.

Na oportunidade, será lançada a “Rede de Proteção e Valorização à Pessoa Idosa do Rio Grande do Norte”, com objetivo de garantir o direito da pessoa idosa a viver em paz e com dignidade. “Esta Rede trabalhará, de forma integrada, para fortalecer os serviços já existentes e apoiar novas iniciativas que assegurem a dignidade e a visibilidade das pessoas idosas do Estado”, ressalta o parlamentar.

Participarão como convidados Maria Socorro de Morais, primeira Secretária Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa; Suely Magna Nobre Felipe, promotora do Ministério Público do Rio Grande do Norte; Terezinha Peixoto Cabral, representante da Associação do MP; Deborah Cartagenes, presidente da Comissão Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa do Conselho Federal da OAB; Crismedio da Costa Neto, gerontólogo e ativista do Intercâmbio 60+; senador Paulo Paim (PT/RS); deputada federal Tereza Nelma (PSDB/AL) e o deputado federal Roberto de Lucena (PV/SP).

Nove mil voluntários em 12 centros vão participar de testes de vacina chinesa no Brasil

A potencial vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac será testada no Brasil em 12 centros de pesquisa de seis estados brasileiros, disse ontem o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), acrescentando que o início dos ensaios clínicos no país depende da aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Os estudos serão liderados pelo Instituto Butantan, vinculado ao governo paulista. A instituição assinou acordo com a companhia chinesa que inclui, além dos testes, a transferência de tecnologia para a produção da vacina no Brasil, caso se mostre eficaz.

— Já foram definidos os 12 centros de pesquisa que farão os testes da vacina contra o coronavírus aqui no Brasil. E obviamente isso não será feito apenas em São Paulo — disse João Doria. — Os testes, coordenados e liderados pelo Instituto Butantan, serão realizados com 9 mil voluntários em centros de pesquisa de seis estados brasileiros.

Os testes ocorrerão, além do Distrito Federal, em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Paraná. O governador de São Paulo reiterou que aguarda para esta semana um aval da Anvisa.

A agência disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que seu corpo técnico está em contato com o Butantan e com a Sinovac desde o anúncio da parceria, em 11 de junho, “para analisar e sanar questões técnicas envolvidas na autorização do estudo clínico”.

Informou ainda que, embora o processo esteja em estágio “avançado”, não há previsão para que a análise da agência reguladora seja concluída, “mas a expectativa é que isso ocorra logo”. “O tema está recebendo prioridade máxima, assim como todos os estudos e produtos relacionados ao enfrentamento da Covid-19”, acrescentou a Anvisa.

Leia maisNove mil voluntários em 12 centros vão participar de testes de vacina chinesa no Brasil

Com quatro emendas encartadas, Comissão Especial aprova PEC da Previdência

Com quatro emendas encartadas ao projeto original pelo relator da matéria, deputado Raimundo Fernandes (PSDB), a Comissão Especial da Reforma da Previdência Social do Estado aprovou o relatório a ser encaminhado à votação final no Plenário da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (1°) pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR).

Além do que foi aprovado em seu relatório, duas outras emendas dos deputados Albert Dickson (Pros) e Dr. Bernardo (Avante) vão ser levadas ao plenário como destaque. “Temos que ir em frente, olhando para o Rio Grande do Norte. Nós temos responsabilidade muito grande com o nosso Estado e não podemos fazer demagogia. O que resolve é a realidade, porque a nossa responsabilidade imensa é com o futuro do nosso Estado”, disse o relator da matéria, deputado Raimundo Fernandes.

Antes da discussão e votação do relatório, o presidente da Comissão, deputado George Soares (PL) fez um histórico do trabalho da Comissão, que tinha feito a sua última reunião em 16 de março, mas que o trabalho do relator estava em prosseguimento. O deputado lembrou que a Lei Federal estabelece um prazo até 31 de julho para que os Estados e o Distrito Federal façam suas reformas previdência. “Se o prazo não for cumprido os Estados e Distrito Federal não receberão os repasses do governo Federal”, enfatizou.

O relatório será publicado nesta quinta-feira (2) no Diário Oficial Eletrônico e encaminhado para ser colocado na Ordem do Dia para a votação final em Plenário. Participaram da reunião os deputados George Soares, Raimundo Fernandes, Souza Neto (PSB) Albert Dickson e Dr. Bernardo.

ALVO ACERTADO: Coroné George Soares “abate” PT de Assú e Fátima Bezerra se rende


A governadora Fátima Bezerra se rende ao “coroné” George Soares, e exonera o petista assuense das antigas, Francisco. A demissão foi um recado ao partido, de que não existe democracia, e sim ordens a ser seguidas, por isso, o PT continuará mesmo a contra gosto, na base aliada do prefeito Gustavo Soares.

Com essa decisão antidemocrática e vergonhosa, para uma pessoa que já foi tão bem votada na cidade do Assú, Fátima Bezerra acaba de criar a própria cova, pois não existe ninguém que seja aliado por obrigação.

O coroné e deputado boquinha George Soares, mostra ao PT do Assú, que o partido não tem voz e nem vez, e vai ter que engolir essa decisão da governadora. Mas ele esquece que o voto é secreto, e nisso, não tem governadora nem coroné que mande.

A insatisfação da ala petista contra o governo de Gustavo Soares e a forma autoritária do deputado George é antiga, e com essa imposição, vai ter muita gente até repensando se vale a pena estar num partido que se rende aos caprichos de um parlamentar e fica contra o povo.

O que se comenta, é que vai haver um racha no PT de Assú, e isso vai ser apenas um reflexo de abandono do partido que pode acontecer no estado nas eleições de 2022.

Nelter só aceita que reforma da previdência estadual seja pautada após retorno das sessões presenciais da Assembleia Legislativa

Após reunião com deputados da bancada oposicionista ao Governo do Estado, nesta quarta-feira (1º), o deputado Nelter Queiroz (MDB) se pronunciou publicamente sobre articulação que pretende pautar a votação da reforma da previdência dos servidores do Estado do Rio Grande do Norte durante as sessões virtuais da Assembleia Legislativa.

“Minha posição é de não aceitar a que a votação da reforma da previdência estadual seja realizada durante as sessões online da Assembleia Legislativa”, disse Queiroz, frisando que este projeto é muito sério e vai enfrentar resistências e dificuldades em meio a sociedade.

O parlamentar entende que a complexidade do projeto exige amplo e profundo debate, de forma presencial, de todos os 24 deputados na Assembleia Legislativa, inclusive, com a participação de representantes das diversas categorias de servidores públicos estaduais atingidos pela matéria.

Congresso é pressionado a retirar domésticos da lista de serviços essenciais

 

Parlamentares, movimentos sociais, entidades profissionais, figuras públicas e ativistas irão enviar nesta quarta-feira (1º) uma carta ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), solicitando que paute o projeto que impede que o serviço doméstico seja considerado atividade essencial durante a pandemia da covid-19 (PL 2477/2020).

O projeto foi apresentado pela bancada do Psol na Câmara em maio deste ano. Em junho, foi solicitada a urgência para tramitação da matéria, mas ela ainda não foi aprovada. “As trabalhadoras que não foram dispensadas de seus empregos têm exercido, além das tarefas domésticas de sempre, cuidados também com as famílias dos empregadores, se expondo ao risco de contaminação pelo coronavírus”, dizem os autores na justificativa do projeto (veja a íntegra).

Algumas capitais, como Belém (PA), chegaram a incluir a categoria de trabalhadoras domésticas no rol de serviços e atividades essenciais. Sob pressão do Ministério Público do Trabalho e de entidades de defesa da população negra, a prefeitura da capital paraense recuou da decisão.

Na carta, signatários destacam que a pandemia do novo coronavírus aprofundou as desigualdades socioeconômicas e étnico-raciais, aumentando a vulnerabilidade das mulheres negras, que representam quase 70% do total de trabalhadoras domésticas no país, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2019.

Leia maisCongresso é pressionado a retirar domésticos da lista de serviços essenciais

Deputados debatem sobre COVID-19, saneamento e reordenamento territorial

No horário destinado aos deputados na sessão ordinária por Sistema de Deliberação Remota (SDR) da Assembleia Legislativa, realizada nesta quarta-feira (01), foram tratadas questões como as ações de combate ao novo coronavírus, a privatização das águas, a reabertura dos templos religiosos e igrejas e uma política de desenvolvimento territorial para o Rio Grande do Norte.

O deputado estadual Vivaldo Costa (PSD) falou da situação da pandemia e resolveu comparar os números da doença em Natal e em Caicó para enfatizar que a diferença requer atenção dos especialistas. Segundo ele, a capital do Rio Grande do Norte tem até hoje 9.722 casos da COVID-19, onde morreram 417 pessoas. Em cada grupo de 100 pessoas, morreram 4,3%. Já em Caicó, foram notificados 426 casos e morreram 3 pessoas, ou seja, um percentual de 0,7%. Portanto, em Natal morreram 6 vezes mais pessoas do que em Caicó. “Isso merece uma análise dos especialistas, para verificar porque isso acontece. Tem muitas variantes para se pesquisar”, indicou o parlamentar.

No mesmo sentido, ele mencionou o programa Pacto pela Vida, instituído pela governadora do RN, Fátima Bezerra. “Ela fez uma parceria com todos os prefeitos do Seridó. Agora é importante saber como é que as prefeituras estão fazendo parte desse pacto, quanto elas estão gastando por mês. Se o resultado está bom, é bom que continue cada vez melhor, para que possamos salvar mais vidas”, disse.

Por fim, aproveitou para alertar que o diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, mencionou que todos os países que abriram a economia sem controle se arrependeram porque logo em seguida houve aumento do número de casos. “É preciso que a população entenda, que receba esclarecimentos de que tem que ter muito cuidado. É preciso que as pessoas entendam que agora sim precisa ficar em casa”, completou.

Leia maisDeputados debatem sobre COVID-19, saneamento e reordenamento territorial

Movimentação intensa no primeiro dia de reabertura do comércio de Mossoró

O primeiro dia de retomada das atividades econômicas, nesta quarta-feira, 1º de julho, começou com intensa movimentação no centro comercial de Mossoró.

Áreas como a Coronel Gurgel, Vicente Saboia, Augusto Severo, Santos Dumont e no entorno do Mercado Público Central – “Manoel Teobaldo dos Santos”, a movimentação é bem intensa.

As pessoas, porém, têm respeitado exigências feitas pelo plano de retomada da economia, como o uso de máscara e de álcool em gel, principalmente.

Quanto ao distanciamento, a aproximação de pessoas é verificada apenas nas filas de agências bancárias e casas lotéricas, como já vinha acontecendo.

*De Fato

Doação de EPIs da ALRN reabastece Hospital Municipal e 16 UBS em Touros

Colaborar com a luta contra o novo coronavírus tem sido uma constante da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, que além de várias ações legislativas e fiscalizatórias, tem doado Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) aos municípios do Estado. Nesta quarta-feira (01), a população de Touros foi beneficiada com mais uma ação da Casa do Povo. Em Touros a doação foi de 5 mil litros de álcool 70% e mais 1.500 máscaras cirúrgicas. De acordo com o secretário de saúde do município, Higor Rodrigo da Silva, a doação traz segurança no fornecimento para o Hospital Municipal Ministro Paulo de Almeida Machado e nas 16 Unidades Básicas de Saúde.

“Esse é um esforço que cada um de nós, deputados, estamos fazendo para colaborar com essa batalha contra o novo coronavírus. A entrega desses equipamentos representa mais segurança para a população assistida e principalmente para os profissionais de saúde que estão na linha de frente”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), em nome de todos os deputados e equipe de servidores do legislativo envolvida nas doações.

“Não temos nem palavras para agradecer essa doação”, enfatizou Higor Rodrigo da Silva, secretário Municipal de Saúde, salientando que a situação neste período de pandemia é uma das piores que já ocorreu em Touros. “Com essa ajuda vamos ficar tranquilos por seis meses, em relação ao estoque desses produtos”, agradeceu o secretário.

Em Touros já são 295 casos confirmados e 8 vítimas fatais da Covid-19. O Hospital Municipal de Touros que já contou com cerca de 40% dos profissionais afastados por contaminação terá agora um reforço de EPIs com as doações feitas pela Assembleia Legislativa.

“O material doado pela Assembleia é importante para os pacientes, mas essencial para os profissionais de saúde que estão na linha de frente e que, além de prestar um bom serviço, ainda precisam estar protegidos. Estamos todos muito gratos”, agradeceu Joseanete Araújo, diretora do Hospital.

TAPA NA CARA DOS VEREADORES: Valderedo Bertoldo tem maior chamego por Yuri Feldman como candidato a vereador

A imagem pode conter: 5 pessoas

O prefeito da cidade de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, que de forma especial sempre foi muito próximo de Yuri Feldman, não vem escondendo de ninguém o chamego que tem pelo jovem para o elegê-lo como vereador na cidade. O nome de Yuri apoiado por Valderedo, desponta como um forte candidato a vereador pelo partido do prefeito.

Comenta-se nos bastidores, que Valderedo confidencia a amigos e correligionários que esta decepcionado com os vereadores de sua base, que não sabem retribuir com gratidão o que sempre foi ofertado pelo prefeito.

A decisão do prefeito Valderedo pela preferência de Yuri, é um verdadeiro tapa na cara dos vereadores da cidade, e principalmente os de sua base de governo, já que ter preferência por apenas um só candidato a vereador é um total desprestígio a todos os outros.

Bolsonaro critica texto sobre fake news e diz: ‘Tem que ter liberdade’

Projeto foi aprovado no Senado na noite de terça

O presidente Jair Bolsonaro criticou a aprovação do projeto contra fake news no Senado Federal na noite de terça-feira (30) e afirmou que é preciso “ter liberdade” nas redes sociais.

Bolsonaro disse a apoiadores, na manhã desta quarta-feira (1º), em frente ao Palácio do Alvorada, que os senadores devem ter cometido erros na hora da votação virtual e que o texto não deve ser aprovado pelos deputados quando chegar na Câmara.

“Eu falei com senador que votou favorável. Ele falou que, como estava na [sessão] virtual, ele se equivocou. Assim deve ter acontecido com outros. Acho que, na Câmara, vai ser difícil de ser aprovado. Se for, cabe a nós a possibilidade de veto. Acho que não vai vingar esse projeto não”, explicou.

Bolsonaro também afirmou que é muito criticado na internet, mas “nunca reclamou”. “Tem que ter liberdade. Ninguém mais do que eu é criticado na internet. Eu nunca reclamei. No meu Facebook, quando o cara faz baixaria, eu bloqueio. Direito meu”, encerrou.

R7

Mesário Voluntário já pode se inscrever para as Eleições de 2020

Mesários das Eleições 2018 começam a ser treinados em Santa Catarina

Participar de uma eleição como mesário voluntário é a chance que muitos brasileiros têm de se envolver diretamente no processo democrático de escolha dos novos representantes do país. A participação voluntária no processo eleitoral é permitida, obedecendo aos requisitos exigidos no Código Eleitoral (Lei nº 4.737/1965).

Benefícios

Aqueles que trabalham como mesário voluntário têm direito às seguintes vantagens:

  • Dois dias de folga, seja no serviço público ou privado, para cada dia trabalhado nas eleições;
  • Para alunos de Instituições de Ensino Superior conveniadas, as horas trabalhadas contam como atividade extracurricular;

  • Isenção da taxa de inscrição nos concursos públicos promovidos pelo Governo do RN (Lei nº 9643/2012), pelo Município de Natal (Lei nº 6336/2012) e pelo Município de Parnamirim (Lei nº 1.687/2014),

  • Certificado dos serviços prestados à Justiça Eleitoral, para inclusão em currículo profissional e prioridade em critério de desempate em concurso público.

  • Ter acesso a convênios feitos pelo TRE-RN junto à universidades potiguares.

As inscrições podem ser feitas no site tre-rn.jus.br ou pelo email do seu cartório eleitoral. Os telefones estão no site do TRE-RN (clique aqui)

Leia maisMesário Voluntário já pode se inscrever para as Eleições de 2020

IFRN abre processo seletivo com 220 vagas para cursos de graduação

IFRN oferece cursos de qualificação online e gratuitos durante ...

A Pró-Reitoria de Ensino do IFRN, através da Coordenação de Acesso Discente, publicou nesta segunda, 29 de junho, o Edital nº 16/2020. O documento trata do processo seletivo para os cursos superiores de graduação, via Sistema de Seleção Unificada (SiSU) e se referem ao 2º semestre de 2020. Ao todo são 160 vagas (veja tabela abaixo). As inscrições – efetuadas exclusivamente pela internet, por meio do Portal SiSU – estarão abertas no período de 7 de julho de 2020 até as 23 horas e 59 minutos do dia 10 de julho de 2020.

Classificação

Após a homologação da inscrição, o cálculo da nota final do candidato utilizará as notas obtidas nas avaliações de cada uma das áreas de conhecimento do ENEM 2019 (Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; e Redação), não sendo atribuídos pesos diferenciados. Exceção dada ao curso de Engenharia Civil ofertado pelo campus Natal-Central, o qual adotará os seguintes pesos: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (2,0); Matemática e suas Tecnologias (3,0); Ciências Humanas e suas Tecnologias (1,0); Ciências da Natureza e suas Tecnologias (1,0); e Redação (1,5). O processo seletivo do SiSU referente à segunda edição de 2020, será constituído de 1 (uma) única chamada regular a ser divulgada no dia 14 de julho de 2020.

Vagas

As vagas para o Edital nº 16/2020 estão dispostas da seguinte maneira:

  • ​Licenciaturas
Curso Campus Nº de vagas
Matemática Mossoró 20
  • ​Engenharias
Curso Campus Nº de vagas
Engenharia Civil Natal-Central 40
  • ​Tecnologias
Curso Campus Nº de vagas
Gestão Ambiental Mossoró 20
Gestão Pública Natal-Central 40
Logística São Gonçalo do Amarante 20
Marketing Natal-Zona Norte 40
Redes de Computadores Natal-Central 40

Matrículas

Com a divulgação da Lista de Aprovados Geral/Ampla Concorrência e nas Listas de Aprovados Diferenciadas, dentro do número de vagas disponíveis por campus/curso/turno, deverão optar por UMA das formas disponíveis de matrícula: presencial, na Diretoria Acadêmica responsável pelo curso OU online, entre os dias 16 e 21 de julho de 2020. O candidato que optar por pela modalidade de matrícula presencial, deverá entrar em contato com o campus de origem do curso e efetuar o prévio agendamento de data e horário para seu comparecimento ao mesmo.

Já para a MATRÍCULA ONLINE, deverá ser feito o cadastro e após realizado o preenchimento dos dados solicitados, o candidato deverá fazer o upload da documentação listada no edital. A realização da matrícula online pelo candidato irá até as 11 horas e 59 minutos do dia 21 de julho de 2020. Os detalhes para ambas as formas de matrícula também estão no Edital nº 16/2020 – Proen/IFRN.

Acesse

Edital nº 16/2020

Portal SiSU

Matrículas online – entre 16 e 21 de julho de 2020

Reprovação de Bolsonaro na crise é alta mesmo entre os que recebem auxílio

MaisPB • Governo Bolsonaro prorroga auxílio emergencial

A reprovação do desempenho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na crise do novo coronavírus é elevada mesmo entre os brasileiros que recebem o auxílio emergencial, de acordo com pesquisa Datafolha.

A atuação de Bolsonaro é rejeitada por quase metade dos entrevistados, independentemente de terem recebido o benefício ou nem terem solicitado o pagamento.

De acordo com os dados do Datafolha, entre os que pediram e já receberam pelo menos uma parcela do auxílio financeiro, 49% consideram o trabalho do presidente na crise da Covid-19 ruim ou péssimo.

Para a população que não fez o pedido do benefício, a atuação é considerada ruim ou péssima por 51%. No grupo que recebeu o auxílio, 26% avaliam o desempenho como ótimo ou bom, e 24%, como regular.

Cenário similar foi verificado entre os que nem sequer pediram o benefício: 27% classificaram como ótimo ou bom, e 22%, como regular.

Leia maisReprovação de Bolsonaro na crise é alta mesmo entre os que recebem auxílio

Comissão da ALRN aprova serviços em braile em estabelecimentos comerciais

A Comissão de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Interior (CDCMAI) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, presidida pelo deputado Ubaldo Fernandes (PL), reuniu-se nesta terça-feira (30) para apreciar cinco projetos de lei dos parlamentares estaduais. Estiveram presentes, além do presidente da Comissão, os deputados Kleber Rodrigues (PL) e Sandro Pimentel (PSOL).

Sob parecer do deputado Sandro Pimentel, foi aprovado projeto de lei de autoria da deputada Isolda Dantas (PT), sobre a obrigação de fixação das informações contidas em produtos e serviços em braile, em supermercados, padarias, restaurantes, farmácias, hotéis e outros estabelecimentos comerciais similares no Estado do Rio Grande do Norte. O referido projeto recebeu um substitutivo na Comissão de Constituição e Justiça.

“É uma iniciativa importante. Sabemos que tem um setor da sociedade que fica excluído porque não consegue ter oferecimento dos serviços em braile e esse projeto tenta corrigir essa distorção”, mencionou Sandro Pimentel.

Outro projeto apreciado pela comissão foi de autoria do deputado Francisco do PT que obriga as concessionárias de telefonia fixa e celular a cancelarem a multa de fidelidade para o usuário que comprovar que perdeu o vínculo empregatício após a adesão do contrato. O parecer foi pela aprovação com apresentação de substitutivo sugerido.

De iniciativa do deputado Albert Dickson (PROS), foi deliberado sobre projeto de lei que trata da vedação da aplicação de multa por quebra de fidelidade nos serviços de tv por assinatura, telefonia, internet e serviços assemelhados, enquanto perdurar a pandemia do Coronavírus (Covid-19). O voto foi pela admissibilidade da matéria, mas com apresentação de substitutivo.

No mesmo sentido, o projeto de lei de propositura do deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB), que trata do fornecimento por hospitais, clínicas e congêneres, de miniprontuários aos pacientes foi aprovado na comissão.

Também de propositura do deputado Gustavo Carvalho (PSDB) foi apreciado o PL sobre a emissão de ruídos sonoros provenientes de aparelhos de som portáteis ou instalados em veículos automotores estacionados no âmbito do Estado do Rio Grande do Norte, mas o deputado Sandro Pimentel pediu vistas da propositura para entender melhor o que ela prevê.

BNDES aprova financiamento de R$ 208 milhões para parque eólico

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou hoje (30) a aprovação de financiamento no valor de R$ 208 milhões para a implantação do parque eólico Ventos de Santa Martina 14, nos municípios de Caiçara do Rio do Vento e Riachuelo, no Rio Grande do Norte. Segundo a instituição, o apoio financeiro estimula a diversificação da matriz energética brasileira através de fonte limpa e renovável.

O parque eólico pertence ao grupo Casa dos Ventos, considerado um dos maiores investidores no desenvolvimento de projetos eólicos no Brasil, e será um dos oito parques localizados no Complexo Eólico Rio do Vento, atualmente em construção. O grupo desenvolve também projetos de geração solar nos estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Bahia.

O financiamento será concedido à sociedade de propósito específico (SPE) Ventos de Santa Sofia Energias Renováveis S.A. e tem perspectiva de geração de mais de 200 postos de trabalho durante e após a conclusão do projeto, considerando apenas o parque eólico financiado. Estima-se que 1.500 postos de trabalho serão criados durante a implantação de todo o complexo que se estende por três municípios do estado, com capacidade total instalada de 504 megawatts (MW).

O BNDES financiará as obras de implantação e a aquisição de equipamentos nacionais. A previsão é que o parque eólico Ventos de Santa Martina 14 entre em operação comercial daqui a um ano, incorporando 63 megawatts à capacidade total do complexo.
Outros projetos

No último mês de março, o BNDES assinou contrato com a Engie Brasil no valor de R$ 2,7 bilhões. Os recursos serão empregados para implantação de um complexo eólico, na Bahia. O Conjunto Eólico Campo Largo – Fase 2, a ser instalado nos municípios baianos de Umburanas e Sento Sé, vai gerar energia suficiente para atender 850 mil domicílios.

Nelter quer saber onde foram adquiridas e qual valor pago nas máscaras doadas pelo Governo do RN durante pandemia

O deputado estadual Nelter Queiroz (MDB), que estava afastado de suas atividades parlamentares em decorrência da COVID-19, voltou a participar das sessões remotas da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte nesta terça-feira (30).

Durante a sessão, o parlamentar oficializou pedido de informações ao Governo do Rio Grande do Norte sobre 2,2 milhões de máscaras de proteção que foram doadas à população neste momento de pandemia. Os valores pagos e o local que as máscaras foram compradas são as principais indagações de Queiroz.

“Comprou onde e qual foi o valor pago”, indagou o deputado por diversas vezes durante seu pronunciamento. A preocupação de Nelter Queiroz se dá pela dificuldade vivida pelo empresariado têxtil potiguar, principalmente o da região seridó, que investiu na confecção de máscaras e não contou com apoio e parceria do Governo do Estado para aquisição destas.

Ainda em seu pronunciamento, o parlamentar cobrou mais transparência da governadora Fátima Bezerra (PT), principalmente no tocante aos recursos gastos no combate à COVID-19 e criticou a participação do Estado do Rio Grande do Norte no Consórcio Nordeste.

COVID-19 NO VALE: Assú com 423 casos e a região já soma mais de mil

Nos últimos 4 anos, a gestão do prefeito Gustavo Soares tem sido um tormento para a população. Pois é um prefeito ausente, e com isso, deixa solto a administração que é um exemplo de incompetência e ineficácia, e está parecendo que infectou toda a região do Vale do Açu, pois nunca se viu uma safra de gestores tão ruim.

A falta de competência se agravou com as respostas e ações tardias em meio a pandemia, mesmo os municípios recebendo recursos do Governo Federal para que utilizassem em ações de combate ao COVID-19, e assim, garantissem que a população pudesse ter a prevenção e caso infectada, tivesse o tratamento que é necessário sem precisar se deslocar para outras cidades.

Os prefeitos do Vale são bons no blábláblá, mas na prática não fazem nada, pois não se planejam para que juntos, invistam recursos em conjunto para melhorar a saúde, garantindo uma estrutura mínima para cuidar de doentes na região, que sofre com a insuficiência de profissionais e a falta de estrutura.

A cidade do Assú já tem 423 infectados com o novo corona vírus, e 15 mortes, e com isso, segue na liderança do descaso com a saúde pública na região, que já soma mais de 1.000 no total.

É claro e evidente que todo esse descaso do poder público, causa indignação, já que os recursos públicos são desviados da finalidade essencial e utilizados para outros setores e assim, falta dinheiro para o que é indispensável.

Infelizmente, esse é o retrato da saúde na região do Vale, gestores que promovem festas, mas negligenciam a saúde. Além disso, fazem contratos milionários com agência de viagens, postos de gasolina, aluguel de carros, ASG para escolas que estão fechadas, e por aí vai, o tamanho da irresponsabilidade desses gestores.

Se o Vale do Açu não for atrás dos órgãos fiscalizadores para cobrar e exigir a prestação de contas das Prefeituras, a região vai “sofrer na pele”.

DESPREOCUPADO: Prefeito de Ipanguaçu saí as ruas em plena pandemia

O prefeito de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, estratégico em sua forma de conduzir campanha, já começou a sair na rua, conversando com moradores e aliados, e segundo comentários, já tem até pedido voto, ou seja, está antecipando a propaganda eleitoral, o que é proibido na legislação vigente.

Além disso, outro burburinho na cidade, é que ele já escolheu seu candidato oficial na disputa por uma vaga na Câmara, que é o seu amigo e aliado, Yuri Feldman. E essa atitude do prefeito tem irritado demais aliados, pois ele ainda tem a caneta na mão e pode acabar favorecendo Yuri ao invés de garantir uma disputa justa entre todos os que integram sua base de aliados.

O mais interessante, é que o prefeito pede para que o povo fique em casa, mas vai as ruas para fazer visita a moradores, contrariando as normas de recomendações nessa pandemia, e o pior, ferindo a legislação eleitoral, já que ainda não começou a campanha propriamente dita.

Em reunião virtual, líderes da ALRN questionam ofícios não respondidos pelo Executivo

O tom de reclamação entre os deputados estaduais – que são também líderes dos blocos e/ ou partidos – em relação aos ofícios não respondidos pelo Executivo foi o tema da reunião nesta terça-feira (30) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Os parlamentares que integram a base governista e bancada de oposição debateram os motivos dos ofícios encaminhados nos últimos meses não terem sido respondidos pelos secretários estaduais, nem pelo Governo do Estado. “Há um descaso em relação aos questionamentos que fizemos”, destaca o deputado Kelps Lima (SDD). O líder do Governo na Assembleia, o deputado George Soares (PL) ressaltou a preocupação da chefe do Executivo no cumprimento das solicitações feitas pelo Legislativo. “A governadora pessoalmente determinou que a equipe dos secretários respondesse a todos os ofícios com brevidade”, comentou o deputado.

Os pedidos de informações listados pelos líderes correspondem aos dados que estão em pauta na Casa como a investigação em relação ao contrato da Arena das Dunas; a aquisição dos respiradores pelo Consórcio Nordeste no período de pandemia do coronavírus; além de questionamentos em relação aos dados de lotação de UTIS na rede pública de saúde; da retomada de aulas na pauta da Educação e ainda a preocupação com os números da economia e o bem-estar da população do Rio Grande do Norte.

Citando o regimento interno da Assembleia, o presidente da ALRN Ezequiel Ferreira (PSDB) lembrou a todos que os encaminhamentos do Legislativo como ofícios, tramitação de processos e requerimentos devem ser direcionados ao email secleg@al.rn.leg.br.

O incômodo foi destaque de maneira unânime em todos os discursos dos parlamentares que participaram da reunião de líderes: Gustavo Carvalho (PSDB); George Soares (PL); Dr. Bernardo (Avante); Getúlio Rêgo (DEM); Kelps Lima (SDD); Ubaldo Fernandes (PL) e o presidente da Casa, Ezequiel Ferreira (PSDB).

A deliberação de projetos que titulam distritos industriais com a denominação do empresário potiguar Nevaldo Rocha, o projeto de incentivo à carcinicultura e dois decretos municipais de calamidade pública dos municípios de Jaçanã e Viçosa também foram motivo de debate entre os líderes.

Após a reunião de líderes, os deputados iniciaram a sessão ordinária no Legislativo Potiguar.

Assembleia prorroga suspensão de atividades presenciais até 31 de julho

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte decidiu prorrogar por mais 30 dias, o decreto que suspende todas as atividades presenciais, legislativas e administrativas do Poder Legislativo do Estado. A decisão transfere para 31 de julho de 2020 a retomada dos trabalhos presenciais na sede do Parlamento.

“As autoridades em saúde e sanitárias afirmam ainda não ser possível a retomada das atividades presenciais em ambientes fechados e considerando o número de casos de infecção pelo novo coronavírus no Rio Grande do Norte prorrogamos o decreto, estendendo o teletrabalho”, justifica o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

Assim como o Tribunal de Justiça, o Tribunal de Contas do Estado, o Ministério Público, além da Defensoria e demais órgãos estaduais, a prorrogação do decreto é uma realidade.

A continuidade da suspensão das atividades presenciais na Assembleia Legislativa se dá com seguimento das atividades parlamentares e administrativas da Casa de maneira remota, com sessões ordinárias, reuniões de lideranças e Comissões Temáticas.

De acordo com o decreto de prorrogação, a Mesa Diretora da Assembleia segue avaliando as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e das demais autoridades sanitárias e de saúde. O decreto citado será publicado na edição desta quarta-feira (01.07) no Diário Oficial Eletrônico.

COMPARANDO: Macau sai na frente de Assú e já vai inaugurar Hospital de Campanha para população

A cidade de Macau saiu na frente, e já vai inaugurar dia 01 de Julho, o Hospital de Campanha para atender população da cidade e da região, com 20 leitos, e enquanto isso, o deputado George Soares e os seus prefeitos aliados do Vale do Açu, ficam no velho blábláblá e que não sai do lugar.

A politicagem dos prefeitos do Vale do Açu e do deputado George Soares é de causar dó, pois só quem sofre é a população, que é obrigada a ouvir os mesmos discursos e com as velhas desculpas, e ter que se acostumar com gestões que nada trazem de benefícios para o povo.

Mas para um bom entendedor, basta analisar porque a cidade de Macau, que é menor que Assú e a região bem menor que a do Vale, conseguiu implantar esse hospital, enquanto a saúde da região do Vale anda a passos de tartaruga.

Retomada gradual das atividades econômicas no RN iniciam a partir de 1º de julho

Comércio terá retomada gradual no RN — Foto: Pedro Vitorino/Cedida

O Governo do Rio Grande do Norte publicou, nesta segunda-feira (29), em edição extraordinária do Diário Oficial do Estado (DOE), a Portaria Conjunta Nº 007/2020 – GAC/SESAP/SESEC que trata da primeira fase do cronograma para a retomada gradual responsável das atividades econômicas no estado, em acordo com o decreto estadual nº 29.742 de 4 de junho de 2020.

A reabertura iniciará, de forma gradativa, a partir desta quarta-feira, 1º de julho, conforme anunciado pela governadora Fátima Bezerra durante videoconferência, realizada nesta segunda-feira (29), com empresários e entidades representativa do setor produtivo do estado.

A nova publicação, altera a Portaria nº 006/2020, e destaca que as atividades liberadas por legislação estadual anterior à edição do Decreto Estadual nº 29.742, de 04 de junho de 2020, não se sujeitarão ao cronograma de que trata a Portaria e, serão aplicados, no que for necessário, os protocolos de biossegurança.

Além disso, ressalta que a liberação de atividades ocorrerá de forma técnica e responsável, observado o protocolo geral com os critérios de avaliação definidos pelas autoridades de saúde e que, se verificada tendência de crescimento dos indicadores após a liberação das atividades, poderão ser adotados, a qualquer tempo, se necessário, o restabelecimento ou o adiamento das fases, bem como o recrudescimento das medidas.

Os estabelecimentos e serviços autorizados a funcionar na Fase 1 deverão cumprir uma série de protocolos específicos, listados na portaria, a fim de impedir a propagação do novo coronavírus (Covid-19) e assegurar a saúde dos clientes e trabalhadores. O descumprimento das medidas pode acarretar em interdição, aplicação de multa e demais sanções legais.

RETOMADA GRADUAL DAS ATIVIDADES

Leia maisRetomada gradual das atividades econômicas no RN iniciam a partir de 1º de julho

Operação do MP do Rio prende líderes do Escritório do Crime

Caso Marielle: Operação atinge em cheio o Escritório do Crime ...

O Ministério Público do Rio deflagrou hoje operação contra denunciados por integrar a milícia conhecida como Escritório do Crime. Foram presos hoje Leonardo Gouvêa da Silva (vulgo ‘MAD’) e de Leandro Gouvêa da Silva (vulgo ‘Tonhão’). Também foram denunciados, da mesma organização, João Luiz da Silva (‘Gago’) e Anderson de Souza Oliveira (‘Mugão’).

A organização está envolvida com o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL).

De acordo com o MP-RJ, os dois ex-PMs hoje têm ligação com o miliciano Adriano da Nóbrega, morto em fevereiro na Bahia.

Já Nóbrega é ligado a Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, acusado de ser operador do esquema de rachadinha do antigo gabinete de Flávio na Alerj.

Segundo o MP do Rio, a mãe de Adriano da Nóbrega, também ex-assessora de Flávio, repassou R$ 400 mil a Queiroz. De acordo com as investigações, o dinheiro é devolução de parte do salário que a ex-assessora recebia da Alerj.

 

Covid-19: MPRN e MPF/RN cobram regulação de leitos em Natal

Ceará deve precisar de mil leitos de UTI em três meses para tratar ...
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e o Ministério Público Federal no RN (MPF/RN) expediram nova recomendação para que a Prefeitura de Natal cumpra o sistema regulatório de leitos estabelecido no estado, por meio da plataforma Regula-RN. A não atualização do sistema pela capital potiguar dificulta o fluxo de admissão de pacientes para tratamento da Covid-19.
De acordo com a recomendação, a Prefeitura, Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e diretorias das unidades de saúde de Natal devem atualizar, na plataforma RegulaRN, as informações sobre número de leitos disponíveis para Covid-19 e os bloqueados, classificando-os em UTI, Semi-intensivo e Enfermaria/retaguarda, assim como a quantidade de respiradores em funcionamento, quebrados e em manutenção. A recomendação foi expedida na sexta-feira (26).
O sistema regulatório foi adotado com sucesso pela Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap) e demais municípios, a partir de recomendação encaminhada a todos em 22 de abril. O Ministério Público destaca que, ao burlar a regulação, os gestores municipais incorrem em ato de improbidade administrativa, por ofensa aos princípios da isonomia e impessoalidade (art. 11 da Lei 8.429/92). A conduta também pode gerar violações eleitorais, como a vedação ao favorecimento particular em ano eleitoral (art. 73 da Lei 9.504/97) e abuso do poder político (Lei Complementar 64/90).
MPF e MP/RN requisitaram uma resposta da capital à recomendação no prazo de cinco dias.
Regula-RN – A plataforma digital permite a melhor utilização dos leitos disponíveis para o combate à pandemia do novo coronavírus no estado. O objetivo é garantir a atualização correta das informações, assegurando não só a melhor distribuição possível dos pacientes, bem como gerando números que possam ajudar na atuação dos gestores, com transparência e eficiência.
A Regula-RN foi desenvolvida em parceria do LAIS/UFRN e Sesap/RN com o MPF e MP/RN. Somado a outro sistema, o “LeitosCovidRN”, permite a organização de informações sobre quantidade e localização dos leitos; status dos pacientes (suspeitos, positivos, descartados, curados e óbitos); e presença de dispositivos de ventilação mecânica – os respiradores – para o enfrentamento da Covid-19.
MPRN

BOTIJA NA PREFEITURA: Prefeito de São Rafael contrata empresa de Natal por quase 700 mil

A prioridade na gestão do falso moralista, Reno Marinho, é de causar arrepios, pois ele enche a boca para criticar o Estado que não disponibiliza atendimento de saúde para população, e ele, torra quase R$ 700 mil com empresa para prestar serviços continuados de dedetização, desinsetização, desratização e descupinização com o fornecimento de mão de obra, todos os insumos, materiais, equipamentos e ferramentas necessários, a serem executados nas áreas internas e externas dos prédios públicos do município de são Rafael/RN (confira documento aqui).

O que se comenta, é que o prefeito Reno Marinho, andou ouvindo seu pai, Ribinha, que o fez acreditar que tem uma “BOTIJA” na Prefeitura, e que coincidentemente, só foi aberta no ano de campanha eleitoral, e o pipoco de dinheiro é grande e estranho, já que o prefeito não investe na saúde, mas investe em gastos com valores exorbitantes, que daria para equipar a saúde do município, e deixar a população mais tranquila com o município ofertando serviços de saúde básicos e que não precisaria haver deslocamento para outras cidades.

Mas ao invés de investir em ações efetivas importantes, a Prefeitura de São Rafael, prefere fazer a festança com dinheiro público em coisa não essencial, e deixar a população carente sem nenhuma assistência, já que o Estado já entrou em colapso, e hoje em dia, ou o município investe e garante a vida de sua população, ou vai ter que dormir toda noite, lembrando das pessoas que perderem as vidas pela negligência do gestor.

 

Programa de suspensão de contrato e redução de jornada será estendido

O programa que prevê a suspensão de contrato de trabalho ou a redução de jornada em troca da manutenção do emprego será prorrogado, de acordo com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco. Segundo o governo, o Benefício Emergencial (BEm) preservou 11,7 milhões de postos de trabalho durante a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com Bianco, a suspensão de contrato deverá ser prorrogada por mais dois meses. A redução de jornada deverá ser estendida em um mês. O presidente Jair Bolsonaro deve editar, nos próximos dias, um decreto com a renovação do BEm depois de sancionar a Medida Provisória 936, que criou o programa.

O texto da MP previa a possibilidade de edição do decreto. Bianco explicou que, para o trabalhador, a prorrogação não será automática. Será necessário que empregador e empregado fechem um novo acordo. Ele explicou ainda que a renovação exige a manutenção do emprego pelo mesmo tempo do acordo.

Atualmente, o BEm prevê a suspensão do contrato de trabalho por até dois meses e a redução de jornada por até três meses. Com a prorrogação, os dois benefícios vigorariam por quatro meses. Dessa forma, o empregador que usar o mecanismo pelo tempo total não poderá demitir nos quatro meses seguintes ao fim da vigência do acordo.

Segundo Bianco, as empresas com acordos de suspensão de contratos de dois meses prestes a encerrar podem fechar um novo acordo de mais um mês de redução de jornada, antes que a prorrogação perca a validade. “Aquelas [empresas] com os contratos de suspensão se encerrando ainda têm um mês remanescente de redução de jornada a ser utilizada. No entanto, ainda teremos nos próximos dias o decreto de prorrogação”, explicou.

Mais cedo, o Ministério da Economia divulgou que os acordos de redução de jornada e de suspensão de contratos haviam preservado 11.698.243 empregos até a última sexta-feira (26). O governo desembolsará R$ 17,4 bilhões para complementar a renda desses trabalhadores com uma parcela do seguro-desemprego a que teriam direito se fossem demitidos.

O secretário de Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Dalcolmo, informou que o fechamento de acordos de suspensão de contrato caiu em relação ao início do programa, em abril. Para ele, isso indica reação no mercado de trabalho e que a fase mais aguda da crise econômica parece ter passado.

Leia maisPrograma de suspensão de contrato e redução de jornada será estendido

Após posse adiada, Bolsonaro afirma que Decotelli não quer ser ‘problema’

O presidente Jair Bolsonaro e o seu terceiro ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli da Silva

O presidente Jair Bolsonaro disse que novo ministro da Educação, Carlos Decotelli, não quer ser “um problema”, mas defendeu sua “capacidade” para ocupar o cargo. A mensagem foi publicada na noite desta segunda-feira na sua página no Facebook.

“Desde quando anunciei o nome do Professor Decotelli para o Ministério da Educação só recebi mensagens de trabalho e honradez. Por inadequações curriculares o professor vem enfrentando todas as formas de deslegitimação para o Ministério. O Sr. Decotelli não pretende ser um problema para a sua pasta (Governo), bem como, está ciente de seu equívoco. Todos aqueles que conviveram com ele comprovam sua capacidade para construir uma Educação inclusiva e de oportunidades para todos”, disse Bolsonaro.

Entrevista: ‘Não tenho nem preparação para fazer discussão ideológica, minha função é técnica”, diz novo ministro da Educação

Leia maisApós posse adiada, Bolsonaro afirma que Decotelli não quer ser ‘problema’

Hospital de Campanha de Macau será inaugurado nessa quarta-feira

Coelho Fatos e Notícias: MACAU: Túlio Lemos agradece apoio da ...

No último Sábado (27), o Prefeito Tulio Lemos visitou o hospital de campanha que está sendo preparado para atendimento aos pacientes com Covid-19. O hospital contará com 20 leitos que atenderá pacientes de Macau e região.

A inauguração do hospital acontecerá nesta quarta-feira (01) de Julho. A expectativa do Prefeito de Macau é grande, para que a população do município seja atendida com total atenção e cuidado.

Líder do Centrão, Marcos Pereira muda de ideia e agora apoia adiar eleição

Deputado(a) Federal Marcos Pereira - Portal da Câmara dos Deputados

Antes resistente a adiar as eleições, um dos principais líderes do Centrão, o presidente do Republicanos, deputado Marcos Pereira (SP), mudou de posição. Segundo ele, após conversar com médicos e com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, ele se convenceu de que levar a votação nos mais de 5 mil municípios do País de outubro para novembro é o melhor a se fazer neste momento.

A mudança de postura de Pereira ocorre logo após os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), discutirem contrapartidas para que o adiamento seja aprovado. Entre elas, a prorrogação do auxílio a prefeitos e a retomada da propaganda partidária no rádio e na TV, extinto em 2017.

“A beleza da democracia é a capacidade que temos de convencer e ser convencidos pelo diálogo. Eu fui convencido de que o adiamento das eleições para novembro é a melhor decisão a ser tomada. Estamos construindo esse consenso necessário”, disse Pereira ao Estadão/Broadcast Político.

Leia maisLíder do Centrão, Marcos Pereira muda de ideia e agora apoia adiar eleição

Atletas de Macau poderão receber ajuda financeira e cestas básicas

Em reunião realizada na manhã deste domingo (28), o secretário de Esporte Breno Silva e o prefeito de Macau, Tulio Lemos, discutiram formas de como ajudar os atletas macauenses que estão sem atividade no momento e passando por dificuldades financeiras.

Inicialmente, o secretário solicitou ao prefeito a distribuição de cestas básicas aos atletas que estão em situação de vulnerabilidade social. O dinheiro para custear os gêneros alimentícios poderá vir do Fundo do Esporte, que dispõe de recursos para promover atividades nas variadas modalidades esportivas.

O Fundo foi criado por uma lei do Executivo e destina 1,5 por cento dos Royalties para o esporte. Diante da pandemia, o repasse foi suspenso para que os recursos fossem destinados ao combate à Covid 19. Porém, o Fundo do Esporte já havia recebido algumas parcelas e hoje tem um saldo em conta de cerca de 50 mil reais.
O prefeito acrescentou que, além das cestas básicas, os atletas também poderão receber individualmente 150 reais para custear outras despesas pessoais.

O prefeito Tulio Lemos salientou que esses benefícios aos atletas macauenses só poderão ser concretizados se a proposta passar pelo Conselho do Esporte, criado na atual gestão municipal, cuja função é administrar os recursos recebidos do Executivo.

Caso o Conselho aprove a distribuição de cestas básicas e o repasse de 150 reais por atleta, serão beneficiados desportistas de Futsal masculino e feminino, futebol de campo, jiu-jítsu, taekwondo e outras modalidades que estavam atuando no esporte macauense.

Janaina: “Eduardo quer derrubar o pai”

Janaina Paschoal sobre briga no PSL: 'Essa confusão toda é ...

Janaina Paschoal afirmou que Eduardo Bolsonaro “quer derrubar” Jair Bolsonaro para se lançar candidato ao Planalto em 2022.

“Cheguei a conversar sobre isso com o ministro [Gustavo] Bebianno antes dele falecer. Passa na minha cabeça, e é louco, sei que é, que Eduardo quer derrubar o pai para poder se apresentar como alternativa em 22, com o discurso do golpe”, disse a deputada estadual do PSL-SP em entrevista à Marie Claire.

“A lei eleitoral impede que o filho se candidate. Mas, se o pai não estiver no cargo, pode. Pense: o discurso do golpe é um baita discurso para o PT. Esse discurso também está sendo usado pelos bolsonaristas desde o início do governo. É um discurso que tende a uma candidatura em 22 que vai se mostrar como golpeada também. Um drama. Será que esse menino não está ajudando nesse processo de derrubada do pai? ‘Olha aí, cercearam meu pai, que quase morreu pelo país’, e aí ele aparece mais jovem, mais forte, numa versão atualizada do pai destruído pelo golpe? Eu ouso, né?”, prosseguiu Janaina.

Trabalhadores da Salinor receberão ivermectina e poderão fazer teste da Covid-19

Integrante da CIPA e liderança do segmento salineiro em Macau, Francisco Lima solicitou ao prefeito Tulio Lemos a distribuição da ivermectina a todos os trabalhadores da Salinor, maior empresa de sal do Estado e também a realização de testes rápidos para os que estejam sintomáticos para a Covid 19. A reunião ocorreu na manhã deste domingo (28).

A ivermectina é um medicamento sem contraindicação, que atua no tratamento dos sintomas do Coronavírus e eleva a imunidade do organismo.

O prefeito Tulio Lemos foi sensível ao apelo dos trabalhadores e enfatizou:”A indústria é um segmento considerado essencial e o sal é matéria prima para uma infinidade de produtos, desde o setor alimentício, passando pela pecuária, até a indústria química, na produção de remédios. Por isso, precisamos proteger os trabalhadores que continuam em sua atividade para produzir um insumo vital para a vida de todos nós. Vou determinar que a secretaria de Saúde proceda a entrega do medicamento e realize a testagem dentro dos critérios exigidos.”

O prefeito de Macau também falou da atitude da liderança salineira: “Quero parabenizar o gesto do operário Francisco Lima, pela preocupação com a saúde e a vida de seus colegas de trabalho.”

Francisco Lima agradeceu em nome dos trabalhadores da Salinor:”Quero agradecer ao prefeito Tulio Lemos pela sensibilidade em atender nosso pleito. Essa atitude é muito importante e pode até salvar vidas pela prevenção que todos os trabalhadores terão.”

A secretaria de Saúde de Macau vai viabilizar a entrega da ivermectina nesta semana. A realização de testes rápidos seguirá o protocolo das autoridades em saúde e será feito somente para aqueles que preencherem os critérios exigidos.

DINHEIRO AO VENTO: Prefeitura de Assú recebe mais de 54 milhões e a saúde continua na pior

Se não fosse a pandemia do novo corona vírus, talvez a falta de ações efetivas na saúde da Prefeitura do Assú, que tem como prefeito de direito, o ausente Gustavo Soares, e como prefeitos de fato, Ronaldo e George Soares, passasse despercebidas.

Mas com essa crise que tem assolado o mundo, a cidade do Assú virou alvo de questionamentos que martelam na cabeça da população, e um mau exemplo da pior gestão já vista. A gestão do filhote de jacaré é marcada pela incompetência, falta de planejamento de ações, parcerias com setores púbicos e privados, universidades e outras entidades, em fornecer um sistema de saúde básico. Pois, foi deixado de lado nos últimos 4 anos, desde que o prefeito eleito passa mais tempo ausente do que cuidando do município.

A falta de ações até seria compreendida, se não tivesse recursos, mas em 4 anos, a Prefeitura já soma a quantia milionária de mais 54 milhões recebidos para aplicar na saúde e na Assistência.

O blog do VT tem batido nessa tecla, porque gestão eficiente é primordial, e quando falta isso, o que o cidadão deve fazer? Ao ver seu dinheiro jogado no ralo, por um trio de políticos que quando vão as rádios, não explicam pra onde foi parar esse dinheiro, causa náusea e nojo, pela falta de respeito com o cargo que exercem, e pelo fato de que barganham com a vida das pessoas.

A população quer saber, dados detalhados de onde foi aplicado, quanto foi gasto com pessoal, com medicamentos, com melhorias no atendimento básico, em equipamentos com excelência nos resultados de exames, e o mais preocupante, o que foi feito com os recursos do COVID-19, que era para ter sido utilizado para garantir que o novo corona vírus não se alastrasse de forma assustadora pela cidade, que tem em 26 de junho, 321 casos confirmados e 14 mortes.

O que todos sabem, é que Gustavo e George Soares, tem trabalhado para acabar com a saúde pública na cidade. Parece que o intuito do filhote de jacaré é deixar que as pessoas adoeçam e não tenha condições financeiras de ir para Hospitais particulares, fiquem amontoados em filas nos corredores dos hospitais públicos, e depois de muita angústia e dor, sejam pegos de surpresa com a “caridade” do mandato de deputado e prefeito. A lógica da caridade da maioria dos políticos é assim, acontece uma ligação de um assessor deles pro Estado, informando que o paciente que já está no no limite, e dessa forma, seja passado na frente da fila de espera do SUS, e assim, eles garantam a submissão e obediência dessa família, em garantir o voto no dia da eleição.

Problemas como super lotação nos hospitais, falta de médicos e estrutura necessária para atendimento dos pacientes não são recentes, e constantemente pessoas são flagradas em situação de abandono e descaso da gestão de Gustavo Soares.

O cidadão tem que cobrar, insistir na cobrança, denunciar e monitorar, pois nada feito com o dinheiro público que é do povo é algum favor, é obrigação!

O deputado George e o prefeito Gustavo são funcionários do povo, que é quem paga seus salários e ainda garantem o luxo e a mordomia em que vivem, e o pior, ainda garantem a mordomia de todos seus familiares que não dão uma barra num prego de sabão.

Veja aqui todos os recebimentos da Prefeitura do Assu.

Políticos com patrimônio milionário têm auxílio emergencial liberado pela Caixa

Políticos com patrimônio milionário têm auxílio emergencial ...

Políticos com patrimônio milionário fazem parte da lista de beneficiários do auxílio emergencial, pago pela Caixa Econômica Federal. Levantamento feito pelo GLOBO com base em dados do Ministério da Cidadania e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) identificou que candidatos a cargos públicos nas eleições de 2016 e 2018, cujas declarações de bens ultrapassam R$ 1 milhão, estão recebendo ajuda do governo.

O cruzamento de dados encontrou 136 casos de candidatos com mais de R$ 1 milhão em bens que constam da lista de beneficiários. São pessoas que, mesmo declarando patrimônio elevado ao TSE, tiveram cadastro aprovado e começaram a receber a segunda parcela.

Na lista, estão postulantes a cargos de prefeito, vice-prefeito, vereador e deputado estadual e federal.

Problemas no cruzamento de dados para o pagamento do auxílio e nos critérios definidos têm feito com que pessoas das classes A e B, que não seriam o público-alvo da política, figurem entre os beneficiados.

O ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Bruno Dantas, já havia admitido que milhões de filhos da classe média estavam recebendo o benefício indevidamente. Criminosos também receberam o benefício.

Há casos em que o nome da pessoa foi incluída no cadastro por outra pessoa, sem seu conhecimento, mas há também muitos indícios de fraudes, que estão em investigação por órgãos de controle.

Leia maisPolíticos com patrimônio milionário têm auxílio emergencial liberado pela Caixa

MULHER FORTE: Zezé Lopes pode disputar por uma vaga na Câmara de Vereadores em Ipanguaçu

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo

Pelo bom trabalho que realiza na área de saúde, Maria José Lopes, mais conhecida como Zezé, que é irmã do vereador Josimar Lopes, tem ganhado destaque no meio político de Ipanguaçu, pela aceitação popular ao seu nome como uma opção para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal.

Zezé está sempre presente na comunidade de Pataxó, e se tornou um nome forte nos últimos meses, que segundo circula nos bastidores, a família não descarta a possibilidade de que ela seja candidata pelo PSDB.

As mulheres tem ganhado um papel importante na política nos últimos anos, e isso fortalece quem atua na área de saúde, por estar mais próximo da população, e consequentemente, passa mais confiança, de que se eleita, possa trabalhar mais pelo povo.

Amigos próximos de Zezé, tem incentivado esse desejo de vê – la assumir um cargo público, e desenvolver um trabalho sério na Câmara, principalmente porque os parlamentares de hoje, a maioria é mais fraco do que caldo de batata, e só aparece na zona rural em época de eleição.

Polícia prende cinco pessoas suspeitas de integrar quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos no RN

Material apreendido pela polícia — Foto: Douglas Lemos/Inter TV Cabugi

Cinco pessoas foram presas neste domingo (28) suspeitas de integrar uma quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos no Rio Grande do Norte. A quadrilha foi alvo da operação “Mãos Malditas” da Divisão Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deicor) da Polícia Civil.

O grupo criminoso, formado por três homens e duas mulheres, foi levado para a sede da Deicor. Foram apreendidos cerca de R$ 50 mil em dinheiro, drogas, celulares, relógios e ferramentas que seriam utilizadas nos arrombamentos. Segundo os agentes, de fevereiro até junho, os suspeitos participaram de pelo menos sete ações criminosas no RN.

Ainda de acordo com a Deicor, a quadrilha é responsável pelo arrombamento de um caixa eletrônico, que fica dentro de uma farmácia, na Zona Leste de Natal, que ocorreu horas antes da prisão, na madrugada do domingo (28).

G1 RN

BUCHO CHEIO: Prefeito de São Rafael vai gastar quase 700 mil com locação de veículos e serviços automotores

De bucho cheio, só esbanjando riqueza, o prefeito do município de São Rafael, Reno Marinho, continua com um discurso moralista, que fala, fala, mas não faz nada. E o mais interessante, é que os gastos do prefeito só aparecem em plena pandemia.

O prefeito Reno Marinho contratou duas empresas para torrar quase 700 mil com locação de veículos e serviços automotores. A empresa que faz locação dos veículos com nome empresarial de IONARA P R MARINHEIRO, vai faturar aproximadamente 213 mil reais e a que realiza serviços automotores com nome de J B DE FARIAS LOPES, que vai receber 442 mil reais. Além disso, o mais interessante é que a empresa que realiza serviços de automotores, consta que seu endereço é de Mossoró.

No fim das contas, ninguém explica o porque de tanto gasto de dinheiro com esses serviços, tendo em vista, que ocorreu uma redução significativa de deslocamento de pessoas, que consequentemente atinge a rodagem dos veículos. Mas parece que Reno Marinho quer supostamente, a todo custo só gastar, independentemente do momento em que vivemos. Porém, com uma gestão em que prioriza serviços relacionados a automotores, não quer saber quem vai sofrer com a falta de saúde.

Acesse o documento aqui

Vôlei: Sesi aposta em campeão olímpico e abre espaço para nova geração

Presença constante nas finais dos torneios de vôlei no Brasil e até mesmo na América do Sul desde 2009, quando foi criada, a equipe masculina do Sesi parte para uma temporada no mínimo diferente.

William, Éder, Lucas Loh, Alan e Sidão, além do técnico Rubinho. Esses são apenas alguns dos nomes de peso que não tiveram os contratos renovados e deixaram a equipe. Assim, o Sesi deu a largada para a temporada 2020/2021 nessa semana com um plantel recheado de caras novas, com muitos atletas ainda juvenis.

A principal referência dentro da quadra vai ser o campeão mundial e medalhista olímpico Murilo Endres, que aceitou uma redução salarial para permanecer na equipe. Permanecendo no time, ele terá também a oportunidade de passar por uma experiência diferente. Vai jogar junto com o sobrinho, Eric Endres, de 20 anos. O garoto é filho do campeão olímpico Gustavo Endres.

“É fantástico tê-lo aqui. Está acontecendo algo parecido com aquilo que eu passei. Quando eu comecei lá no Banespa, o meu irmão Gustavo já estava lá. Entrei na base e cheguei na equipe principal. Dividi a quadra com ele muitas vezes. É bem o que está rolando agora comigo e com o Eric. Na última temporada, ele não conseguiu entrar em um jogo, mas nessa temporada isso vai acontecer e será especial demais” comentou à Agência Brasil o atual líbero e ex-ponteiro.

O jovem Eric vai começar pela primeira vez na carreira uma Superliga no elenco principal e justamente na posição em que o tio fez muito sucesso, sendo considerado o melhor jogador do mundo em 2010. “Quando eu comecei a jogar, lá em Canoas (RS), ainda mirim, eles me colocaram como central por causa da minha altura. E, além de ser a posição do meu pai, eu achava muito chato ser central. Não gostava. Depois, já quando estava no infantil, eu comecei a treinar passe. E daí apareceu a chance em um jogo que a equipe estava sem ponteiro. Entrei, fui muito bem e não saí mais” disse o atleta gaúcho.

“O Murilo é fundamental no crescimento do Eric. Toda experiência que ele teve como ponteiro. Passe, defesa, ataque, bloqueio, saque. Ele fazia tudo muito bem. Hoje ele é líbero.Mas como ponteiro, o Murilo fez história e o Eric se espelha demais nele. Vê muitos vídeos e tudo. Estar nessa Superliga vai ser uma baita oportunidade para o meu filho. Jogar e conviver com grandes atletas vai ajudar no desenvolvimento dele como atleta e como pessoa”, falou o pai, Gustavo Endres, campeão olímpico em 2004 e prata em 2008.

Leia maisVôlei: Sesi aposta em campeão olímpico e abre espaço para nova geração

DEPUTADO FROUXO: George Soares corre do confronto com Lucianny Guerra sobre saúde de Assú


A população do Vale do Açu tem visto cada situação nessa gestão do fantoche de prefeito, Gustavo Soares, que é comandada pelo deputado George Soares e seu pai, Ronaldo Soares, que é de causar dó.

A última cena “cômica” foi protagonizada num programa de rádio, com o deputado George Soares, que de forma desrespeitosa e covarde, debochou dos questionamentos da ex secretária de saúde do Assú, Lucianny Guerra, e se recusou a “perder tempo” em responder as perguntas.

Mas a recusa em responder as perguntas, é porque ele não tem o que dizer, o que explicar a população do Assú, que ele e seu irmão fazem a politicagem sebosa com os recursos públicos, não investem em saúde, e gostam mesmo, é de ver assuenses em corredores de hospitais, se humilhando por “uma” caridade do mandato dele, e assim, ele pode brincar de Deus e usar seus privilégios de deputado para passar alguém na frente da fila do SUS, e barganhar isso pelo voto.

As três perguntas foram:

Porque Assú não criou um protocolo próprio com os excelentes médicos efetivos de Assú, e adquiriu o esquema de tratamento( medicamentos) para a fase inicial, fase inflamatória e desta forma não chegar na fase aguda?
Se os exames tem um custo tão barato, porque o Município de Assú não adquiriu os exames pra fazer uma testagem em massa, principalmente no centro da cidade e também não testam as famílias com paciente suspeito. Ex. Ipanguaçu comprou, Natal, Mossoró e Macau. Assú tá pior do que Tartaruga.
Quantas tomografias o Município está disponibilizando para os pacientes com complicação pulmonar devido ao covid 19 o prefeito teve de imediato o exame e a população como fica?

A verdade na gestão dos Soares, é que eles não se importam com vidas e nem se morrem, o que eles querem é barganhar cargos de políticos para garantir a boa vida e o luxo de seus familiares, irmãos, madrasta, cunhadas, e por aí vai.

E é bom destacar, que pra quem conhece o deputado George Soares, sabe de toda sua aversão a mulheres com perfil de comando, é do instinto dele que aprendeu com seu pai, de não dar vez e nem voz a mulheres, por isso, nunca permitiram que Rizza Montenegro, que é sua mãe e ex esposa do pai, realizasse o sonho de vida dela, que é disputar a Prefeitura do Assú.

Com esse perfil medíocre e vergonhoso, o deputado George Soares, tenta desqualificar perguntas pertinentes de Lucianny Guerra, que nos últimos meses, tem comandado ao lado do ex prefeito Ivan Júnior, a oposição séria na cidade, com questionamentos fortes sobre o porquê da falta de investimentos na saúde, e pelo alto índice de casos do COVID-19.

O parlamentar tenta ainda, através de seus lambaios, denegrir a imagem de Lucianny, que ganhou o respeito do povo, e tem contribuído para aumentar ainda mais, a rejeição da gestão do prefeito Gustavo Soares perante a opinião pública na cidade.

Fiocruz capacita profissionais sobre o novo coronavírus

Fundação Oswaldo Cruz, FIOCRUZ

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) está com as inscrições abertas para o curso Covid-19: manejo da infecção causada pelo novo coronavírus. Oferecido na modalidade a distância, o curso, que já conta com mais de 40 mil inscritos, é gratuito e aberto a todos os profissionais envolvidos na linha de frente do atendimento da covid-19.

As inscrições estão abertas no site do Campus Virtual Fiocruz. “Atuamos sempre com o compromisso de salvar vidas e fortalecer o SUS, para que tenhamos a capacidade de enfrentar esse e outros desafios relacionados à saúde da população brasileira”, afirmou, em nota, a vice-presidente de Educação, Informação e Comunicação, Cristiani Vieira Machado.

Segundo a Fiocruz, em um cenário com mudanças frequentes no conhecimento sobre o novo coronavírus, a capacitação é uma ferramenta importante na formação dos trabalhadores para a sua prática nos serviços de saúde. “Esse é um diferencial importante do curso, que é ser elaborado junto a pesquisadores e gestores diretamente envolvidos nas ações de vigilância e assistência e que estão considerando o atual cenário”, disse a coordenadora-geral do curso e do Campus Virtual Fiocruz, Ana Furniel.

Formulado com uma linguagem simples e em formato dinâmico e interativo para facilitar o aprendizado, o conteúdo apresenta estratégias para conter a curva epidêmica da doença. A capacitação é composta de três módulos independentes: um sobre conceitos básicos e dois sobre o manejo clínico da doença.
Saúde mental

Leia maisFiocruz capacita profissionais sobre o novo coronavírus

Apoio a democracia chega a 75% e bate recorde em meio a ameaças de Bolsonaro

O apoio do brasileiro à democracia cresceu em meio ao agravamento da crise política do governo Jair Bolsonaro, e atingiu o maior índice da série histórica do Datafolha.

Segundo o instituto, 75% dos entrevistados consideram o regime democrático o mais adequado, enquanto 10% afirmam que a ditadura é aceitável em algumas ocasiões.

Foram ouvidas 2.016 pessoas nos dias 23 e 24, por telefone. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

Em dezembro, na mais recente oportunidade em que o Datafolha fez a mesma pergunta, 62% apoiavam a democracia e um número semelhante ao de agora, 12%, a ditadura.

A migração pró-democracia ocorreu entre aqueles para quem tanto faz o regime: o contingente caiu de 22% para 12%.

No período, houve um recrudescimento da crise no Brasil, com enfrentamento direto de Bolsonaro com o Congresso e o Supremo Tribunal Federal.

Insatisfeito com decisões que o desagradaram, o presidente apoiou atos pedindo o fechamento de outros Poderes e insinuou o uso das Forças Armadas em seu favor.

O apoio atual à democracia é o maior desde 1989, quando o Datafolha começou a aferir o dado.

O maior desapreço ao regime ocorreu em outro ano turbulento, 1992, sete anos após o Brasil deixar a ditadura militar iniciada em 1964.

O país estava em crise econômica e o presidente Fernando Collor enfrentava um processo de impeachment.

Lá, em fevereiro houve o menor apoio à democracia da série, 42%. Em setembro, com Collor afastado do cargo, foi registrado o ápice da sustentação da ditadura, 23%.

O sentimento democrático cresce com o grau de instrução e com maior renda, passando de 66%, entre quem tem o ensino fundamental, a 91%, entre os com formação superior.

Leia maisApoio a democracia chega a 75% e bate recorde em meio a ameaças de Bolsonaro

Governo anuncia acordo para produção e acesso à vacina contra covid-19

Covid-19: OMS espera produção de milhões de doses de vacina neste ...

O governo federal anunciou neste sábado, 27, acordo de cooperação para desenvolvimento e acesso do Brasil à vacina para covid-19. O acordo, fechado com a Universidade de Oxford e a AstraZeneca, prevê a compra de lotes da vacina e transferência de tecnologia. “Se demonstrada eficácia, serão 100 milhões de doses à disposição da população brasileira”, afirma o Ministério da Saúde em comunicado sobre a parceria.

A vacina é desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca, sendo uma das mais promissoras no mundo. No Brasil, a tecnologia será desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A implementação do acordo ocorrerá em duas etapas. Na primeira, haverá uma encomenda em que o Brasil assume também os riscos da pesquisa. “Ou seja, será paga pela tecnologia mesmo não tendo os resultados dos ensaios clínicos finais”. E, em uma segunda fase, caso a vacina se mostre eficaz e segura, será ampliada a compra.

O ministério explica que, na fase inicial, de risco assumido, serão 30,4 milhões de doses da vacina, no valor total de US$ 127 milhões, incluídos os custos de transferência da tecnologia e do processo produtivo da Fiocruz, estimados em U$ 30 milhões. Os dois lotes a serem disponibilizados à Fiocruz, de 15,2 milhões de doses cada, deverão ser entregues em dezembro de 2020 e janeiro de 2021.

Leia maisGoverno anuncia acordo para produção e acesso à vacina contra covid-19

Ceasa-RN passa a limitar a entrada de pessoas para compras

Ceasa do RN — Foto: Pedro Vitorino

A entrada de pessoas na Central de Abastecimento do Rio Grande do Norte (Ceasa-RN) será limitada a partir de segunda-feira (29). De acordo com a administração, só será permitida a entrada de uma pessoa por família.

A medida, de acordo com a administração, faz parte do enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Em supermercados e farmácias a entrada de pessoas está limitada a uma por família desde março.

Ainda de acordo com a administração da Ceasa, uma equipe de fiscalização estará na portaria monitorando e orientando sobre a nova medida.

De acordo com o último boletim epidemiológico, o Rio Grande do Norte tem 23.731 casos confirmados e 889 mortes por coronavírus.

G1RN

Prefeitura de Ipanguaçu esconde informações no portal de transparência e impede a população de saber o que tá acontecendo

A lei da transparência que exige a publicidade de todos os atos praticados pelos gestores públicos já existe há alguns anos no Brasil, mas nem todos gostam ou são simpatizantes da lei, como é o caso do prefeito Valderedo Bertoldo, de Ipanguaçu.

O portal da transparência que é uma ferramenta eficaz no combate a corrupção também é uma oportunidade para os cidadãos dos municípios acompanharem o destino e como está sendo empregado os valores oriundos dos impostos pagos pelo povo.

O prefeito Valderedo Bertoldo que responde a diversos processos e tem mais entrada no fórum que os servidores – está pensando até em fazer direito já que gasta milhares de reais com advogados por mês para defende-lo – não está nem aí para o portal de transparência da prefeitura (já que muitos dos processos que responde serem oriundos das consultas ao portal) sendo totalmente irresponsável com a lei por não conceder acesso a população.

O Blog do VT vem denunciar o desrespeito com a população, para que a transparência absoluta seja ofertada e a população tenha total liberdade para consultar as informações dos atos de Valderedo a frente da prefeitura.

ESQUECENDO O COVID-19: Prefeitura de Assú vai torrar 2 milhões em iluminação e esquece a saúde

Em plena pandemia que assola o mundo, deixando milhões de mortos no mundo, e mais de milhares no Brasil. A Prefeitura do Assú, através do super secretário Nuilson Pinto, o Pavão, que é o indicado para estrear o novo grande feito da administração, que é torrar 2 milhões em iluminação pública.

Enquanto a Prefeitura ilumina a cidade e prioriza essa área, o novo corona vírus se alastra pela cidade de forma assustadora, e a população não vê um centavo para os leitos de UTI, equipar melhor as unidades de saúde, com fornecimento regular de EPI e medicamentos, materiais de higiene nas unidades, e ações no combate ao COVID-19.

Parece mentira, mas a atual administração deve estar achando que a iluminação vai impedir a propagação do novo corona vírus. Pois, um tantão de dinheiro desse daria para montar vários leitos de UTI.

A realidade, é que o investimento na iluminação chega a ser absurdo, imoral e até ilegal, pois não vai salvar vidas nesse momento.

O que causa estranheza, é que a cidade já tinha iluminação, então esse investimento poderia ter sido feito em um momento mais adequado, e não no momento em que vivemos, sem UTI na região e o atendimento de saúde precário na cidade.

Momento triste que a cidade do Assú vive, Em que vidas correm risco e famílias estão angustiadas com o crescimento do vírus.

Saque-aniversário já pode ser usado como garantia em empréstimos

O saque-aniversário, modalidade de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), poderá ser usado como pagamento ou garantia de empréstimos. A partir desta sexta-feira (26), os bancos podem operar essa linha de crédito.

Segundo o Ministério da Economia, o trabalhador que estiver com a modalidade de saque-aniversário vigente poderá conceder autorização às instituições com as quais contrate ou pretenda contratar a alienação ou cessão fiduciária do seu saque anual para que acessem as informações cadastrais e financeiras de sua conta vinculada relativas a valores do saque-aniversário.

A totalidade do saldo poderá ser dada em garantia, o que permite ao trabalhador conseguir o máximo de financiamento com base no saque-aniversário a que tem direito. Quanto às taxas de juros, será usado o teto do consignado no serviço público.

Essa modalidade de garantia (cessão ou alienação fiduciária em operações de crédito) foi autorizada pela Resolução 958, de 24 de abril de 2020, do Conselho Curador do FGTS. No dia 27 de maio deste ano, saiu no Diário Oficial da União a Circular nº 909 do Ministério da Economia, que torna pública a versão 1 do Manual de Orientação às Instituições Financeiras pertencentes ao Sistema Financeiro Nacional, produzido pela Caixa Econômica Federal, agente operador do FGTS.

Esse manual estabelece as regras e os procedimentos necessários para que as instituições possam contratar operações (http://www.caixa.gov.br/site/paginas/downloads.aspx, pasta FGTS – Manuais e Cartilhas Operacionais).
Como retirar

Leia maisSaque-aniversário já pode ser usado como garantia em empréstimos

Equipamentos de proteção individual são entregues em Apodi no combate à covid-19

O enfrentamento ao coronavírus no Rio Grande do Norte recebeu reforço nesta sexta-feira (26) com entrega de doações de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) ao município de Apodi com 8 mil litros de álcool 70% e 2 mil máscaras cirúrgicas.

Pelo contingente populacional, Apodi se configura como um dos mais afetados pela Covid-19 e a doação de álcool e máscaras é direcionada para os profissionais de saúde nas 11 Unidades Básicas de Saúde, no Centro de Especialidade Odontológica (CEO), no Centro de Obstetrícia Albaniza Diógenes e no Hospital Regional Hélio Morais Marinho. De acordo com a equipe de saúde, a doação representa, pelo menos, seis meses de estoque de álcool.

O secretário de saúde de Apodi, Luiz Sabino ressaltou a importância da doação no combate à Covid-19 no município. “Somente com esses EPIs conseguiremos barrar o aumento dos casos de coronavírus. Somos um dos municípios do Estado que mais realizou testes e por isso a nossa necessidade de material é muito grande. Sem dúvidas um ótimo reforço”, reafirmou.

De acordo com o último boletim divulgado, nesta quinta-feira (25), pela Secretaria Municipal de Saúde, até agora foram notificados 2.252 casos, confirmadas 704 infecções e registrados 10 óbitos causados pela Covid-19 em Apodi.

A doação ao município faz parte da ação da que contempla 141 mil litros de álcool líquido 70% e 25 mil unidades de máscaras cirúrgicas, que serão usadas no combate ao coronavírus. Já foram beneficiados com as doações, os municípios de Mossoró, Assu, Areia Branca, Angicos, Currais Novos, Pau dos Ferros, Santa Cruz, Apodi e Natal (Hospital Municipal de Campanha e Hospital Giselda Trigueiro).

Maia sugere prorrogação de auxílio emergencial por dois meses

Presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia, concede entrevista coletiva sobre a atividade legislativa durante a crise causada pelo coronavírus

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu a prorrogação por mais dois meses do auxílio emergencial no valor de R$ 600 enquanto o governo e o Parlamento discutem a adoção de uma renda mínima permanente. Segundo ele, uma das soluções é a unificação dos atuais programas sociais e de proteção ao emprego.

“Temos que começar esse debate rápido, temos muitos trabalhos de professores e acadêmicos, economistas, deputados. Temos recursos em vários ministérios, têm programas de proteção ao emprego que estão mal focalizados, debates sobre a renda. O importante é que se renovem os R$ 600 por dois meses e nesse período se possa construir um texto com foco e gerando uma condição melhor para os que precisam de uma renda”, disse.

Redução de salários
Maia comentou decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que considerou inconstitucional artigo da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que previa a redução de jornada e de salários de servidores públicos quando os gastos com despesas de pessoal ultrapassar o teto previsto em lei. Segundo ele, o STF, ao proibir uma medida intermediária em caso de perda de arrecadação ( a redução dos salários e da jornada), estabeleceu uma medida mais drástica que é a demissão de servidores.

“É melhor cortar parte do salário do que demitir. Tem uma PEC no Senado que pode enfrentar esse problema, e depois, a Câmara vai se debruçar e constitucionalizar esse artigo para que os governadores tenham condições de reduzir salários e não demitir o servidor”, explicou Maia.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Hospital Giselda Trigueiro é mais um dos beneficiados com doação da AL

Nesta sexta-feira (26), foi a vez do Hospital Giselda Trigueiro, em Natal, receber a doação realizada pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Ao todo, foram entregues 10 mil litros de álcool 70% e 2 mil máscaras para o Hospital.

Esses materiais serão usados pelos profissionais que estão na linha de frente do combate ao vírus. A doação é uma das ações que vem sendo realizadas pela Casa Legislativa na prevenção e combate ao Coronavírus no Rio Grande do Norte. A doação dos EPI´s para os municípios faz parte de uma ação da Assembleia Legislativa. São 141 mil litros de álcool 70% e 25 mil unidades de máscaras cirúrgicas, usadas no combate ao Coronavírus.

Doação da Assembleia vai garantir estoque de álcool 70% por um ano em Santa Cruz

A rotina dos profissionais de saúde e segurança pública tem sido intensa em virtude da pandemia que se instalou em todo o mundo. Pensando em proporcionar um pouco mais de segurança e permitir que esses profissionais exerçam as suas funções de forma segura, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte está doando Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) às Unidades de saúde e segurança dos municípios. Nesta sexta-feira (26) o benefício contemplou a cidade de Santa Cruz, localizada na região Trairi do Estado.

O caminhão levando 5 mil litros de álcool 70% e 2 mil máscaras cirúrgicas aportou no Hospital Regional Aluízio Bezerra, onde foi recebido pela diretora Maria do Rosário de Carvalho.

“A Assembleia Legislativa age como representante real do povo que vive um momento difícil. Essa doação demonstra total cuidado da Casa do Povo com a sociedade. Só para se ter uma ideia, essa doação vai garantir o estoque de álcool do Hospital por mais de um ano”, disse Maria do Rosário de Carvalho.

A Secretaria de Saúde do município, Milena Sanneza de Lima Bulhões Ferreira, destacou a importância da doação. “É preciso destacar que o custeio dos serviços de saúde aumentou consideravelmente e essa doação nos traz uma tranquilidade enquanto município. O recurso que seria utilizado para essa compra, já vai ser direcionado para outras necessidades”, frisou.

A alegria dos profissionais de saúde que acompanharam a chegada dos EPIs era visível. “Muito bom saber que os deputados estaduais se preocupam com a nossa segurança. Com essa doação poderemos exercer a nossa missão, que é salvar vidas, cuidando também da nossa”, disse Ana Maria Costa, enfermeira.

O material entregue pela Assembleia ao município de Santa Cruz será distribuído nas Unidades Básicas de Saúde, Hospital Regional e a todos os serviços de saúde de Santa Cruz e garante o estoque de álcool nas Unidades por um ano, beneficiando os mais de 40 mil habitantes do município, além da população da região Trairi.

De acordo com o último boletim, divulgado na quinta-feira (25), pela Secretaria Municipal de Saúde, já foram registrados 236 casos suspeitos, 208 confirmados e 06 óbitos causados pela Covid-19.

Maioria dos brasileiros considera Bolsonaro pouco inteligente, aponta Datafolha

A maioria da população considera o presidente Jair Bolsonaro pouco inteligente e tem avaliação negativa sobre outras características pessoais dele, segundo pesquisa do Datafolha.

De acordo com pesquisa do instituto feita terça (23) e quarta-feira (24), 54% dos entrevistados dizem que ele é “pouco inteligente”, ante 40% que o consideram “muito inteligente”. Não souberam responder 6%.

A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O Datafolha ouviu 2.016 pessoas de todo o país por telefone, modelo que evita o contato pessoal entre pesquisadores e entrevistados e exige questionários mais rápidos.

Os números mostram uma inversão das taxas em relação à ocasião anterior em que essa pergunta foi feita, em abril do ano passado, quando o presidente estava apenas em seu quarto mês de mandato.

Naquela pesquisa, 58% disseram achar o presidente muito inteligente, ante 39% com avaliação oposta.

A percepção da inteligência do ocupante da Presidência pelo eleitorado foi pesquisada em mandatos anteriores pelo instituto. Os outros dois presidentes eleitos antes de Bolsonaro, os petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, não tiveram maioria questionando sua inteligência.

Leia maisMaioria dos brasileiros considera Bolsonaro pouco inteligente, aponta Datafolha

Presidente Bolsonaro: auxílio deve ter novas parcelas de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (25) que o auxílio emergencial vai pagar um adicional de R$ 1,2 mil, que serão divididos em três parcelas.

“Vamos partir para uma adequação. Deve ser, estamos estudando, R$ 500, R$ 400 e R$ 300”, afirmou o presidente durante sua live semanal nas redes sociais. Ele estava ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, que também confirmou que a terceira parcela do auxílio emergencial, no valor de R$ 600, começa a ser paga no sábado (27).

Ao todo, o programa atende a cerca de 60 milhões de pessoas, e é destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, como forma de fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

“Estávamos em R$ 600, o auxílio, e à medida que a economia começa a se recuperar, e começa a andar novamente, as pessoas vão devagar se habituando [com a redução do valor]”, afirmou Guedes.

Bolsonaro também disse que espera que a economia possa ser retomada e defendeu a reabertura das atividades comerciais. “A gente apela aos governadores e prefeitos, com a responsabilidade que é pertinente de cada um, que comecem a abrir o mercado, abrir para funcionar”, afirmou. Balanço mais recente do Ministério da Saúde registra um total de 1.228.114 de pessoas infectadas e quase 55 mil óbitos provocados pela covid-19.

Diretoria Geral e setores administrativos da Assembleia Legislativa ressaltam avanços do teletrabalho

O foco no incremento da eficiência e da efetividade dos serviços prestados à sociedade é regra básica do trabalho remoto. Para o Diretor Geral da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Augusto Carlos Viveiros, o sistema de teletrabalho desenhado desde 2015 e adotado pela Casa Legislativa em razão da pandemia do novo coronavírus tem tido resultados positivos em razão da produção satisfatória na atividade laboral. “O sistema de teletrabalho já é uma realidade no Legislativo Estadual e a aplicação durante a pandemia está aprovada por índices de produtividade no trabalho dos servidores”, comenta Viveiros.

O processo de implantação foi estruturado como meta do Planejamento Estratégico desde 2015. “No início da gestão do presidente Ezequiel Ferreira, em fevereiro de 2015 atuamos na implantação do sistema moderno de trabalho, mas precisávamos antes avançar com sistemas digitais que garantissem a produtividade e comprovassem a eficácia do formato de trabalho. Aos poucos, sempre em busca de uma gestão moderna, a Assembleia Legislativa implantou novos formatos de atuação laboral reafirmados pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) em 2017 como modelo estrutural. Na época, entendemos que ainda não tínhamos condição de supervisionar os números e que ainda não era a hora, por uma série de motivos. E hoje, três anos depois, estamos vivenciando a experiência exitosa do modelo aplicado no teletrabalho”, salientou Augusto Carlos Viveiros.

Historicamente, no serviço público brasileiro, a partir da criação do processo eletrônico judicial iniciou a modernização do trabalho permitindo o trato dos procedimentos à distância, com carga horária e índices alterados, correlacionados com eficiência. “Por isso, legislativos de todo o país adotam modelos de teletrabalho em áreas consideradas possíveis de atuação remota, sem obrigatoriedade de atividade presencial”, destaca o coordenador de Gestão de Pessoas, Thyago Cortez.

O avanço dos sistemas digitais e a ampliação do acompanhamento da atividade legislativa – através do processo eletrônico – atestam o bom rendimento do teletrabalho. A modalidade é uma realidade na iniciativa privada e em esferas do Poder Público. No Brasil, o teletrabalho tem desempenho comprovado no Legislativo dos estados de Mato Grosso, Espírito Santo, Ceará, Amazonas, Rio Grande do Norte, Goiás, entre outros.

O teletrabalho visa aumentar a produtividade e incentivar a ampliação das atividades desempenhadas pelos servidores; além de motivar o comprometimento nas atividades laborais e contribuir para a redução do consumo de água, esgoto, energia elétrica, papel e de outros bens e serviços. “O aprimoramento da gestão de pessoas é um dos macrodesafios desta Casa – desenhado pelo Planejamento Estratégicos desde 2015 – com novas metas e ações para os servidores”, comenta a diretora Administrativa, Dulcinéia Brandão.

Leia maisDiretoria Geral e setores administrativos da Assembleia Legislativa ressaltam avanços do teletrabalho

Com pressão do Congresso, governo quer dobrar recursos para Bolsa Família

O Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo Federal - Estudo ...

Preocupado em criar uma marca própria de apelo social e, ao mesmo tempo, suplantar programas de governos anteriores, o Palácio do Planalto trabalha para dobrar o orçamento atual do Bolsa Família – de R$ 32 bilhões – e, a partir daí, tirar do papel sua própria versão do programa de transferência de renda – o chamado “Renda Brasil”.

Não haverá, porém, a injeção de dinheiro novo: o governo vai buscar recursos que estão “carimbados” em outros programas. A equipe econômica já mapeou cerca de R$ 20 bilhões em benefícios que poderiam ser revisados para abrir espaço no orçamento do Renda Brasil, que sucederá o Bolsa Família. Essa lista inclui, por exemplo, R$ 17 bilhões do abono salarial (espécie de 14.º salário pago a trabalhadores formais que ganham até dois salários mínimos) e R$ 2 bilhões que podem ser obtidos com a reformulação do seguro-defeso, pago a pescadores artesanais no período em que a atividade é proibida (e que hoje custa ao todo R$ 4 bilhões).

O programa Farmácia Popular também deve ser revisto; ele concede benefícios na aquisição de medicamentos, independentemente da renda do beneficiário. O governo também está fazendo um “pente-fino” em gastos diversos e, segundo uma fonte, com “pequenas alterações” seria possível garantir em cada uma delas de R$ 1 bilhão a R$ 1,5 bilhão em recursos.

Leia maisCom pressão do Congresso, governo quer dobrar recursos para Bolsa Família

Padre Fábio de Melo desabafa sobre pandemia: “Indignação diária”

Padre Fábio de Melo

Convidado do programa Saia Justa, exibido pelo canal GNT nessa quarta-feira (24/06), o padre Fábio de Melo desabafou sobre a pandemia de coronavírus e revelou que já se sentiu esgotado devido ao isolamento social.

“Estamos vendo coisas acontecendo em que dizemos: ‘Não é possível, não existe fundo. A gente acha que já chegamos ao fundo, mas tem um pouquinho mais para cavar. É uma indignação diária”, declarou o religioso.

A apresentadora, Astrid Fontenelle, se mostrou chateada com o afrouxamento do isolamento, ao que o padre concordou: “É muito surpreendente”.

Também no programa, a cantora Gaby Amarantos comentou as palavras de Fábio. “Como o padre falou, parece que o fundo não chega. As pessoas relaxaram totalmente e o caos na Saúde continua”, disse.

Metrópoles

Ferramenta da AL disponibiliza à população vídeos da produção legislativa

A população do Rio Grande do Norte ganhou mais uma ferramenta para acompanhar os trabalhos da Assembleia Legislativa. A partir desta semana, estará no ar o “Legis Vídeos”, desenvolvido pela equipe de Tecnologia da Informação da Casa e que disponibilizará todos os vídeos de sessões, audiências, pronunciamentos e demais atividades realizadas no Parlamento. O foco é dar ainda mais transparência ao trabalho desenvolvido pelos deputados estaduais.

“A administração pública voltada para o cidadão é caracterizada pela busca constante de ferramentas de excelência com o objetivo de ampliar a proximidade com a população. Na Assembleia, essa nova ferramenta vai ajudar o Parlamento a prestar contas com o povo sobre o seu trabalho, viabilizando, de forma simples e rápida, o acompanhamento por parte da população das atividades do Legislativo”, explicou o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

O Legis Vídeo é um acesso digital que armazena e disponibiliza todas as sessões ordinárias, extraordinárias, solenes, audiências públicas, frentes parlamentares e reuniões de comissões. A ferramenta também conta com um recurso de edição, que permite ao internauta separar e fazer o download somente do trecho que tiver interesse. Além disso, a busca também é facilitada e intuitiva, sendo de fácil acesso a qualquer usuário.

De acordo com o diretor de Gestão Tecnológica da Assembleia, Mário Sérgio Gurgel, no primeiro momento serão liberados todos os vídeos referentes às sessões ordinárias e de todas as comissões do período de pandemia, realizados de forma remota. Em um segundo momento, a expectativa é disponibilizar não apenas o acervo das sessões remotas, mas todo o acervo legislativo anterior, dos últimos dois anos. Ele afirma que os vídeos serão disponibilizados em até 24 horas após a sessão.

“Outras casas legislativas já se interessaram em receber o sistema sob forma de cessão. Você pode pausar, recortar e distribuir para as mídias sociais. O próprio sistema já se encarrega de cortar e enviar para onde o usuário tiver interesse. Acreditamos que seja de um interesse imenso, principalmente nessa época de pandemia, em que os deputados estão trabalhando bastante, mesmo que de forma remota”, explicou Mário Sérgio.

Para utilizar a ferramenta, basta o internauta acessar o site oficial da Assembleia Legislativa (www.al.rn.gov.br) e clicar no ícone disponibilizado para direcionar ao Legis Vídeo.

Brasil assume primeiro lugar em número de recuperados de covid-19

O Brasil ultrapassou os Estados Unidos e se tornou o país com maior número de pessoas recuperadas de covid-19 no mundo, informa a Universidade Johns Hopkins, que tem monitorado a pandemia do novo coronavírus em parceria com órgãos equivalentes ao Ministério da Saúde em todos os países.

O painel da Johns Hopkins mostra, no momento da reportagem, que o Brasil contabiliza 660.469 pacientes recuperados, enquanto os Estados Unidos somam 656.161. A Rússia está em terceiro lugar e registra 374.557 pessoas que foram contaminadas, mas não apresentam mais sintomas da doença.

Lançado em 22 de janeiro de 2020, o painel dinâmico mantido pela universidade recebe dados médicos de todos os 188 países signatários da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de vários centros secundários de atendimento médico.

Os números são atualizados constantemente. “A disponibilidade de dados epidemiológicos precisos e robustos em uma epidemia é um guia importante para decisões sobre saúde pública. O arquivamento consistente de informações é importante para entender a transmissibilidade, o risco de alastramento geográfico, as rotas de transmissão e os fatores de risco”, afirma o artigo científico que explica o funcionamento da ferramenta, publicado na revista médico-científica britânica The Lancet.

Leia maisBrasil assume primeiro lugar em número de recuperados de covid-19

Jornalista noticia viagem de Styvenson a SP paga pelo Senado

O senador potiguar Styvenson Valentim (Podemos/RN), que há alguns dias disse que sentia obrigado a explicar o que ‘era correto’ e ‘o que não era’ quando sua irmã recebeu o auxílio emergencial do Governo Federal, agora se nega a explicar passagens aéreas para São Paulo com custos pagos pelo Senado Federal.

A viagem que ocorreu durante um fim de semana de novembro do ano passado, teve um custo de R$ 1.501,11 pagos com dinheiro público, pelo Senado Federal, foi questionada pelo jornalista Dinarte Assunção, editor do Blog do Dina.

Styvenson embarcou em Brasília com destino à São Paulo na manhã da sexta-feira, 8 de novembro, e voltou para a capital Federal na noite do domingo seguinte, dia 10. A agenda do parlamentar na capital paulista é desconhecida e as razões da viagem não foram informadas ao comunicador, que entrou em contato com a assessoria do Capitão questionando sobre o assunto.

O parlamentar pode utilizar a cota parlamentar para cobrir seus gastos, inclusive de emissão de passagens aéreas, desde que tenham alguma relação com o exercício do mandato. O que há comprovação nesse caso específico, visto que Styvenson se negou a informar as razões de sua viagem paga com dinheiro público.

Informações do Blog do Dina

RN atinge pico da pandemia de Covid-19, diz Secretaria Estadual de Saúde

Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN — Foto: Governo do RN/Reprodução

O Rio Grande do Norte atingiu o pico da pandemia de Covid-19 nesta quinta-feira (25), segundo garantiu Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). A ocupação de leitos está em 96%.

“Analisando o cenário epidemiológico, a gente consegue evidenciar que estamos sim no pico da pandemia aqui no estado”

Em outras palavras, isso significa dizer que o estado chegou ao pior estágio da doença e a tendência é de que a curva dos casos confirmados e de óbitos por coronavírus se estabilize e comece a cair em seguida. No entanto, é necessário passar pelo pico para saber se ele, de fato, foi atingido.

Por esse motivo, a Sesap afirma que irá observar o comportamento da doença pelos próximos 10 dias. O panorama anunciado nesta quinta-feira (25) pela pasta é baseado no cenário atual (casos, mortes e taxa de transmissibilidade), que reflete o período de uma a duas semanas atrás, o que é chamado de “delay” epidemiológico.

“Vale salientar que existem diferenças de região para região, são muitas variáveis, mas isso é o que temos hoje. Os dados de hoje informam o que aconteceu há sete, dez, doze dias atrás. O que nós esperamos é que o número de casos e mortes continue alto, mas não crescente de forma exponencial, e depois a curva comece a cair”, explica Alessandra Lucchesi.

O quadro do Rio Grande do Norte mostra que a doença cresceu rapidamente ao longo das últimas semanas, o que para a Sesap é o principal indicativo de que a pandemia tenha atingido o seu pior momento. Na quarta-feira (24), o estado registrou 64 mortes em 24 horas.

Leia maisRN atinge pico da pandemia de Covid-19, diz Secretaria Estadual de Saúde

Ferramenta da Assembleia disponibiliza à população vídeos da produção Legislativa

A população do Rio Grande do Norte ganhou mais uma ferramenta para acompanhar os trabalhos da Assembleia Legislativa. A partir desta semana, estará no ar o “Legis Vídeos”, desenvolvido pela equipe de Tecnologia da Informação da Casa e que disponibilizará todos os vídeos de sessões, audiências, pronunciamentos e demais atividades realizadas no Parlamento. O foco é dar ainda mais transparência ao trabalho desenvolvido pelos deputados estaduais.

“A administração pública voltada para o cidadão é caracterizada pela busca constante de ferramentas de excelência com o objetivo de ampliar a proximidade com a população. Na Assembleia, essa nova ferramenta vai ajudar o Parlamento a prestar contas com o povo sobre o seu trabalho, viabilizando, de forma simples e rápida, o acompanhamento por parte da população das atividades do Legislativo”, explicou o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

O Legis Vídeo é um acesso digital que armazena e disponibiliza todas as sessões ordinárias, extraordinárias, solenes, audiências públicas, frentes parlamentares e reuniões de comissões. A ferramenta também conta com um recurso de edição, que permite ao internauta separar e fazer o download somente do trecho que tiver interesse. Além disso, a busca também é facilitada e intuitiva, sendo de fácil acesso a qualquer usuário.

De acordo com o diretor de Gestão Tecnológica da Assembleia, Mário Sérgio Gurgel, no primeiro momento serão liberados todos os vídeos referentes às sessões ordinárias e de todas as comissões do período de pandemia, realizados de forma remota. Em um segundo momento, a expectativa é disponibilizar não apenas o acervo das sessões remotas, mas todo o acervo legislativo anterior, dos últimos dois anos. Ele afirma que os vídeos serão disponibilizados em até 24 horas após a sessão.

Leia maisFerramenta da Assembleia disponibiliza à população vídeos da produção Legislativa

FRACASSO: Secretário de Gustavo Soares reconhece que sua administração vai de mal à pior

Essa semana em Assú, aconteceu uma reunião do Conselho Municipal de Saúde, em que estavam presentes o secretário Clebson Corsino e a prefeita interina Sandra Alves, e o comenta – se que o bafafá após essa reunião foi grande.

Em um determinado momento, todos ficaram estarrecidos com uma declaração do super secretário Clebson, que reconheceu o total descaso da gestão do prefeito de “férias” Gustavo Soares, e que a gestão está muito desgastada diante da opinião pública, especialmente a saúde, que piorou com essa pandemia, e a má vontade do deputado boquinha George Soares, em não fazer ação efetiva para beneficiar a população, fazendo apenas a politicagem sebosa em que está acostumado.

O prefeito “doutor” tem deixado a desejar em todos os setores da sua gestão, mas o que “doutor” não deveria ter deixado desabar, era a saúde, afinal, ele é médico. Mas mesmo assim, o “doutor” fracassou, mostrando sua ineficiência em gerir a Prefeitura Municipal do Assú.

Não é à toa que a reclamação que ecoa a toda hora na cidade de Assú, é sobre o básico que falta na saúde, desde a falta de atendimento nas unidades básicas de saúde, como equipamentos de proteção e cuidado para servidores da saúde, medicamentos para a população.

O prefeito “doutor”, já entrou para história, como incompetente e ineficiente, e está com os dias contados, pois dia 31 de dezembro de 2020, essa tortura para cidade do Assú acaba, já que para a população, ele só continua no cargo se não houver eleição.

Governo já pagou quase R$ 88 bilhões de auxílio emergencial

Em balanço, o Ministério da Cidadania informou que o governo federal já creditou R$ 87,8 bilhões para os beneficiários do auxílio emergencial, que somam 64,1 milhões de pessoas. A terceira parcela do benefício só começou a ser paga aos integrantes do Bolsa Família que se inscreveram para receber o auxílio – cerca de 19 milhões de pessoas. Esse grupo continua recebendo em um calendário de pagamentos que termina no próximo dia 30.

Já o calendário de pagamento para os demais grupos ainda não foi informado pela Caixa Econômica Federal, responsável pela operacionalização do programa.

Aprovado em abril, o auxílio é um benefício no valor de R$ 600 (que pode chegar a R$ 1.200 para mulheres chefes de família) destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Até agora, cerca de R$ 40 milhões foram devolvidos aos cofres púbicos por pessoas que receberam o benefício, mas que não preenchiam os requisitos exigidos pela legislação. O Ministério da Cidadania disponibilizou uma página na internet com o passo a passo para a devolução.

Em outra ação, o Ministério da Cidadania e a Defensoria Pública da União fizeram parceria para ajudar a quem precisa contestar o resultado do pedido do auxílio emergencial sem necessidade de abrir um processo judicial. Do total de 124,18 milhões de solicitações do auxílio emergencial, 64,14 milhões foram considerados elegíveis e 41,59 milhões foram apontados como inelegíveis, por não atenderem aos critérios do programa.

Saiba o que fazer quando tiver o pedido negado. Existem ainda 16,69 milhões de inscrições classificadas de inconclusivas, que é quando faltam informações para o processamento integral do pedido. Quem estiver nessa situação deve refazer o cadastro por meio do site ou aplicativo do programa.

Ezequiel debate políticas públicas com ministro Rogério Marinho e Governadora

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira (PSDB), participou no início da noite desta quarta-feira (24), de uma reunião com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e com a governadora do RN, Fátima Bezerra (PT), tendo como pauta principal a definição de eixos para destravar o crescimento econômico do Estado com foco em mobilidade urbana, saneamento, recursos hídricos e moradia. A reunião ocorreu na governadoria.

“Destacamos políticas públicas de infraestrutura urbana e de promoção do desenvolvimento regional e produtivo juntos aos municípios e seus principais gargalos. Para a Grande Natal a melhoria da mobilidade urbana, saneamento básico e moradia. E, para o interior benfeitorias para o nosso sistema hídrico”, enfatizou Ezequiel Ferreira.

As notícias que o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, trouxe do Governo Federal para o RN são as melhores, destacou Ezequiel Ferreira. “Investimento em obras de infraestrutura importantes para a retomada da nossa economia. Rogério nos afirmou em reunião a garantia do aporte financeiro imediato de R$ 80 milhões para Oiticica e mais R$ 170 milhões para a conclusão da obra o mais rápido possível”, detalhou.

A infraestrutura de Passagem das Traíras também receberá recursos do Governo Federal. O prazo de conclusão é até o fim do ano, sendo investido lá R$ 16 milhões. “E, para completar a lista das boas notícias: a tão esperada conclusão das obras de Transposição do Rio São Francisco para que as águas cheguem em até um ano ao nosso Rio Grande do Norte”, disse.

Durante a reunião, o ministro do Desenvolvimento Regional, o potiguar Rogério Marinho, explicou que vem cumprindo extensa agenda na região Nordeste esta semana. Hoje ele iniciou o dia na Paraíba, com visita à Barragem Santa Rosa dos Padres, na comunidade Santa Rosa, em Brejo do Cruz (PB). Depois, esteve na Barragem das Traíras, em São José do Seridó (RN), onde visitou as obras de recuperação do empreendimento.

Rogério Marinho também esteve no canteiro de obras da Barragem de Oiticica, na zona rural de Jucurutu (RN). Lá, visitou as obras da barragem e almoçou com autoridades e lideranças políticas. O ministro disse que fez um sobrevoo na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves e, em Parnamirim, participou da entrega de uma estação de trem da CBTU no Centro da cidade. Na oportunidade, ele anunciou a liberação de recursos na ordem de R$ 75,7 milhões para a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), em Natal.

Amanhã, quinta (25), às 7h30, em Natal, o ministro vai visitar as obras de enrocamento em Ponta Negra; de saneamento, em Nossa Senhora da Apresentação; de drenagem, no bairro Planalto e de um túnel na Avenida Prudente de Morais. O prefeito Álvaro Dias vai acompanhar as visitas. No fim da manhã, Rogério Marinho segue em voo da FAB para Fortaleza (CE), para seguir com sua agenda pela região Nordeste.

Em função da pandemia, Macau, de forma inovadora e democrática, regulamenta atividade econômica na cidade

Após diversas medidas de prevenção e combate a pandemia na área da saúde, como a aquisição de respiradores fixos e transitórios para o Hospital Antônio Ferraz, desinfecção de equipamentos públicos e de saúde, barreira sanitária na entrada da cidade, ações de conscientização, orientação e assistência à população, em especial aos mais vulneráveis, deu-se mais um passo concreto e necessário na luta contra a COVID-19 com a regulamentação do funcionamento do comércio, como explica o prefeito Túlio Lemos: “a nossa responsabilidade se torna cada vez maior quando temos que decidir sobre a sobrevivência da população, seja pelo lado da saúde ou da economia. Entre o desemprego e a garantia da vida, para garantir o total isolamento, optamos pela flexibilização e restrições do funcionamento do comércio com a divisão de responsabilidades e envolvimento de todos no combate ao Novo Coronavírus”.

A exemplo das medidas já adotadas no Estado do Rio Grande do Norte, em Macau, de forma inovadora e participativa, foi editado e publicado o Decreto 2.458, de 21 de maio de 2020, que trata sobre a suspensão e regulamentação das atividades econômicas no município.

O intuito do Decreto é reduzir a propagação do vírus, como também mitigar os impactos econômicos decorrentes do fechamento total das atividades comerciais. Para o empresário Joseval Fernandes (Val Confecções, Shopping do Povo e Shopping 15), “nós comerciantes e todos os funcionários temos que agradecer ao prefeito Túlio Lemos pela sua sensibilidade em flexibilizar o funcionamento do comércio. Agora, todos nós temos também a obrigação e colaborar para que essa pandemia não progrida no nosso município”.

Leia maisEm função da pandemia, Macau, de forma inovadora e democrática, regulamenta atividade econômica na cidade

Presidente da Embratur ataca peça com Jesus gay em live com Damares

Presidente da Embratur ataca peça com Jesus gay em live com ...

Num debate pela internet hoje com Damares Alves, o presidente da Embratur, Gilson Machado, resolveu criticar uma peça teatral apresentada em 2018, em Pernambuco, em que Jesus é retratado como homossexual.

“Eu não tenho nada contra quem usa seu orifício rugoso infralombar para fazer sexo. Mas querer impor a sexualidade a uma grande maioria de cristãos e querer desvirtuar a forma que Jesus Cristo veio à Terra? Está escrito na Bíblia: Jesus Cristo nasceu, cresceu, foi crucificado e ressuscitou em forma de homem”, afirmou.

Faltou explicar direito o que isso tem a ver com o trabalho da Embratur. Antes, Damares falava sobre a pedofilia.

O antagonista

STF impede que Estados e municípios endividados cortem salário de servidores

Supremo Tribunal Federal

Por 7 a 4, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (24)  impedir que Estados e municípios endividados reduzam o salário de servidores públicos como forma de ajuste das contas públicas. O sinal vermelho do Supremo à aplicação dessa medida frustra governadores e prefeitos, que esperavam poder usar esse instrumento para reequilibrar as finanças. A situação ficou ainda mais dramática com os efeitos provocados pela pandemia do novo coronavírus.

Enquanto os servidores públicos foram “blindados” pela Suprema Corte, uma medida provisória do governo Bolsonaro permitiu que funcionários da iniciativa privada com redução de jornada tivessem o salário cortado em até 70%. Segundo o governo, cerca de 11,5 milhões de pessoas já tiveram o salário reduzido ou o contrato de trabalho suspenso.

A discussão no Supremo foi concluída hoje com a retomada do julgamento sobre a validade da Lei da Responsabilidade Fiscal (LRF), sancionada pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso em 2000. O julgamento da ação, que chegou ao Supremo naquele mesmo ano, levou 20 anos, sendo concluída em plena pandemia da covid-19. Para a maioria dos ministros do STF, a redução de salário de servidor público afronta a Constituição por violar o princípio da irredutibilidade dos vencimentos.

Leia maisSTF impede que Estados e municípios endividados cortem salário de servidores

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: