Produtora de Los Angeles procura diretor do filme sobre Flodelis para comercializar obra no exterior

Flordelis: filme contou com Cris Vianna, Bruna Marquezine, entre outros

A história de Flordelis já virou motivo de interesse internacional. Uma produtora de Los Angeles, nos Estados Unidos, procurou o diretor Marco Antônio Ferraz para comprar os direitos do filme “Flordelis — Basta uma palavra para mudar”, dirigido por ele e lançado em 2009 nos cinemas. A intenção da produtora é comercializar o longa no exterior.

Segundo uma fonte do EXTRA, no entanto, as negociações podem não avançar, já que a própria Flordelis teria que ser consultada e aprovar a cessão dos direitos da obra. Além disso, o filme é um episódio que os envolvidos querem esquecer.

“Flordelis — Basta uma palavra para mudar” teve sua estreia há 11 anos com a presença de quase todo o elenco, que costurava as cenas interpretando os filhos adotados pela hoje deputada federal. O pastor Anderson do Carmo, casado com Flordelis, foi o produtor executivo.

Extra Globo

Ministra Damares Alves agiu para impedir aborto de criança de 10 anos

Embora tenha mantido silêncio público quanto ao aborto legal realizado pela menina capixaba de dez anos que engravidou após estupro, até sua conclusão, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, agiu nos bastidores para impedir que a criança fosse submetida ao procedimento.

A operação coordenada pela ministra tinha como objetivo transferir a criança de São Mateus (ES), onde vivia, para um hospital em Jacareí (SP), onde aguardaria a evolução da gestação e teria o bebê, apesar do risco para a vida da menina.

Para tanto, Damares enviou à cidade capixaba representantes do ministério e aliados políticos que tentaram retardar a interrupção da gravidez e, em uma série de reuniões, pressionaram os responsáveis por conduzir os procedimentos, inclusive oferecendo benfeitorias ao conselho tutelar local.

Leia maisMinistra Damares Alves agiu para impedir aborto de criança de 10 anos

Dinheiro vai praticamente sumir em cinco anos, diz CEO da Mastercard

BC imprimirá cédulas de R$ 200. Sim, terá expansão monetária

O dinheiro em papel vai praticamente sumir nos próximos cinco anos por causa da digitalização dos meios de pagamento e das novas tecnologias. A previsão é do CEO da Mastercard no Brasil e Cone Sul, João Pedro Paro Neto, em entrevista ao CNN Líderes.

Ele admite que o uso do papel moeda aumentou durante a pandemia do novo coronavírus, mas atribui o pico ao pagamento do auxílio emergencial para ajudar a população mais pobre. Por conta do maior uso do dinheiro, o Banco Central lançou recentemente uma nota de R$ 200.

“Foi um movimento pontual, não mudou a tendência”, disse Neto. Ele afirmou ainda que a tendência é crescer no Brasil os pagamentos por aproximação, que ainda engatinham em relação a outros países, e também por aplicativos.

Leia maisDinheiro vai praticamente sumir em cinco anos, diz CEO da Mastercard

Prefeito do Assú vai torrar mais de R$ 1 milhão até 31/dez com ex sócio de George para estrutura de festa em pandemia

O prefeito do Assú, Gustavo Soares, em plena pandemia, quer mesmo é torrar o dinheiro do povo com a KN de Medeiros, cujo dono é ex sócio do seu irmão e deputado George Soares, e essa lambança custará ao cidadão que não tem medicamentos nas unidades de saúde e onde também faltam profissionais, mais de R$ 1 milhão de reais com serviços de estrutura para festa, como locação, manutenção, instalação, operação técnica, montagem e desmontagem de tendas, palcos, camarim, pavilhão, geradores, cercamentos, grades, telão, torres de vigilância e banheiros químicos.

O que mais chama a atenção e que vai interessar ao Ministério Público e quem sabe até a PF, é que em plena pandemia, onde as famílias choram seus mortos pela Covid e sofre com os mais de 1500 infectados em Assú, o prefeito celebra contrato de um pregão de 2019, com um valor milionário de quase R$ 1 milhão e 200 mil reais e que durará até 31 de dezembro de 2020.

 

O que a população quer saber, é qual a finalidade de publicar um contrato milionário se não tem a intenção de executar o serviço? E onde serão utilizados esses serviços em plena pandemia? Já que festas não podem ser realizadas e muito menos eventos que promovam aglomerações.

 

É no minimo um contrato muito suspeito, em que o proprietário da empresa beneficiada é ex sócio do deputado irmão do prefeito, e que participa ativamente tanto da eleição pra deputado, como da campanha pra prefeito em Assú.
09:40

Nelter Queiroz denunciará Governo do Estado caso não iniciem os serviços de recuperação das RN 118 e 016

O deputado estadual Nelter Queiroz, causou nas redes sociais esse fim de semana, em que percorreu cidades pelo interior e ficou indignado com o péssimo estados das rodovias estaduais, todas esburacadas e que tem causado diversos acidentes.
O parlamentar afirmou que denunciará o Governo do Estado ao Ministério Público, caso não iniciem os serviços de recuperação das RN em todo o estado, principalmente na RN 118, que além de ligar Jucurutu a Caicó, interliga as regiões do Seridó, Vale do Açu e Oeste, e na RN 016 que liga Assú a Carnaubais.
Nelter exige que as obras iniciem o mais rápido possível e ao lado de Ivan Júnior, informam que irão pedir ao Ministério Público para monitorar e fiscalizar a execução dessas obras, que andam a passos de tartaruga e maltratam a população, que já  sofre com a queda na economia do estaso e ainda tem que lidar com o descaso do Governo Estadual e Municipal.

Coronavírus: Tomba pede que o eleitor não deixe votar em 15 de novembro e destaca trabalho do TSE para garantir a segurança das eleições

Destacando que a Justiça Eleitoral está adotando rígidos protocolos de saúde para garantir a segurança das eleições 2020 diante da pandemia da Covid 19, o deputado estadual Tomba Farias (PSDB), que encerou nesta terça-feira sua participação nas convenções municipais, está fazendo um apelo para que o eleitor não deixe de comparecer às urnas de 15 de novembro, por medo ou receio de contrair o novo Coronavírus. Para o parlamentar, quando o eleitor abre mão do direito ao voto, favorece aos maus políticos e fragiliza o processo democrático.

O deputado lembra que os eleitores vão votar num momento em que o avanço da covid-19 estaria perdendo força. “Quem se abstém de votar não pode reclamar da atuação dos candidatos que forem eleitos”, explica.

Segundo o parlamentar, o Tribunal Superior Eleitoral, está cumprindo o seu papel de garantir a segurança de eleitores e mesários. “Os eleitores só poderão para entrar nos locais de votação se estiverem usando máscaras faciais e deverão higienizar as mãos com álcool em gel antes e depois de votar. A distância de um metro entre as demais pessoas também deverá ser mantida. O TSE recomenda ainda que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação”, revela Tomba.

Tomba Farias enfatiza que no Brasil a Justiça Eleitoral já arrecadou um total 9 milhões de máscaras descartáveis, 100 mil litros de álcool em gel para os mesários, 2,1 milhões de marcadores de distanciamento no chão, 1,8 milhões de viseiras plásticas e 1 milhão de litros de álcool em gel para os eleitores.

“O eleitor que se abstém cria dificuldade para tornar o sistema mais eficaz”, lembra.

FONTE: Assessoria de imprensa do deputado Tomba Farias

Veja que candidato tem a maior aliança em cada capital do Brasil

Os candidatos a prefeito que representam a situação conseguiram formar as coligações de maior densidade partidária para a disputa da eleição municipal deste ano em 15 das 26 capitais do país. O levantamento do GLOBO, que inclui prefeitos que tentam a reeleição e candidatos apoiados pelo atual mandatário, considerou o número de deputados federais eleitos por cada partido em 2018 para calcular o peso da aliança. O critério é o principal fator seguido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ao distribuir fatias do fundo de financiamento de campanha e o tempo de propaganda em rádio e TV. (Veja o infográfico)

Para especialistas e dirigentes partidários, a atenção despertada por gestores locais em meio ao combate à pandemia do coronavírus e ao fim das coligações em chapas de vereadores ampliaram a histórica tendência de maior apoio partidário aos titulares das administrações municipais. Dos 13 prefeitos que tentam a reeleição neste ano, dez conseguiram agrupar a maior aliança em suas cidades.

Já nas outras 13 capitais onde o prefeito não pode tentar a reeleição, cinco viram o nome apontado como sucessor formar a coligação de maior peso. Estão nesse caso os três candidatos que montaram as maiores alianças no país: Bruno Reis (DEM), em Salvador, José Sarto Nogueira (PDT), em Fortaleza, e João Campos (PSB), em Recife. Os três buscam o primeiro mandato à frente dessas capitais e representam projetos fundamentais para as pretensões de suas siglas no plano nacional.

Extra Globo

SÃO RAFAEL: Partido Republicanos homologa candidatura de José de Arimatéia e Luiz Cunha para disputar prefeitura

Na última quarta-feira, a cidade de São Rafael foi tomada por uma onda de gente, vestindo vermelho, anunciando apoio ao pré-candidato a prefeito, Zé de Arimatéia, conhecido como Zé do Povo, e ao seu lado, Luiz Cunha.

Além dos apoiadores da campanha de José de Arimatéia, estiveram presentes o deputado estadual Nelter Queiroz e o deputado federal, Benes Leocádio, fortalecendo a chapa que nasceu da vontade do povo.

José de Arimatéia afirmou que está pronto para lutar em favor do povo e fazer a cidade de São Rafael melhor de novo, já que a população sofre com os desmandos e a negligência do atual prefeito.

DESAFIO ACEITO: Cleiton da policlínica é pré-candidato a vereador para representar Natal

Na última quarta-feira (16), o pré-candidato a vereador pelo partido PTB de Natal, Cleiton Silva, homologou sua candidatura, e diz que aceita o desafio de representar Natal nas eleições desse ano.

Cleiton Silva, que é conhecido como “Cleiton da Policlínica de Neópolis”, já foi líder comunitário, sendo reconhecido pelos relevantes serviços prestados ao bairro, vem crescendo nas pesquisas para vereador da Câmara Municipal de Natal.

Na última pesquisa realizada pelo instituto Seta, Cleiton foi o primeiro colocado do partido PTB e poderá ser a grande surpresa para a renovação no legislativo da nossa capital. A cidade de Natal já vem há tempos renovando diversas cadeiras no âmbito legislativo, devido a falta de comprometimento dos vereadores, e Cleiton inspira novas esperança para o povo potiguar, com intuito de fazer a diferença para a cidade do Natal.

Em audiência, Ezequiel Ferreira discute obras e investimentos no RN com ministro Rogério Marinho

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), se reuniu nesta sexta-feira (18) com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho. Na pauta da audiência, a continuidade de obras importantes para o Estado.

“O RN tem uma série de projetos estruturantes com obras em andamento que são fundamentais para o desenvolvimento do nosso Estado. Além da retomada de obras habitacionais paralisadas, também falamos de ações hídricas como a Barragem de Oiticica, que dará segurança no abastecimento de água e a interligação das bacias do Seridó, que vai garantir o abastecimento da população”, disse Ezequiel.

Outro assunto do encontro foi o investimento de R$ 50 milhões em geração de emprego por meio das facções têxteis que integram o Pró-Sertão. O programa representa hoje 3.720 empregos diretos gerados no RN com 124 oficinas de costura distribuídas por 46 municípios.

Mais uma pauta importante na audiência foi o projeto das obras de implantação do perímetro irrigado Santa Cruz, em Apodi. “Conversamos sobre o canal que trará a Transposição das águas do São Francisco para o nosso Estado, e ações de infraestrutura para alavancar o desenvolvimento dos municípios da Grande Natal, Agreste, Seridó, Mato Grande, Central, Potengi, Trairi, Região Salineira e Costa Branca, além do Alto, Médio e Oeste Potiguar”, finalizou Ezequiel.

Vivaldo Costa requer providências para aumentar efetivo de policiais penais

O deputado Vivaldo Costa (PSDB), depois de ouvir o Colegiado de Líderes na Assembleia Legislativa, apresentou requerimento à Mesa Diretora da Casa, solicitando a abertura de curso de formação para aumentar o efetivo da Polícia Penal do Estado. O requerimento foi encaminhado à governadora Fátima Bezerra (PT), com cópia para o secretário de Administração Penitenciária (SEAP), Pedro Florêncio Filho.

“Com a recente saída dos policiais militares das guaritas dos presídios estaduais, é imprescindível que o Governo do Rio Grande do Norte aumente o efetivo da Polícia Penal, com vistas ao cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre o Poder Executivo e o Ministério Público”, justificou Vivaldo. De acordo com o parlamentar, os militares que deixaram as guaritas têm que ser substituídos até 31 de dezembro, como determina o TAC.

Para Vivaldo, a SEAP deve providenciar a mudança gradativa para que os policiais penais assumam a responsabilidade pela guarda externa das unidades prisionais na atividade de vigilância em guaritas. “Essa substituição deverá ser cumprida nos próximos três anos, sendo pelo menos um sétimo do número atual a cada semestre”, cobrou Vivaldo, lembrando que o Ministério Público Estadual destaca no Termo assinado, a necessidade de criação de novos cargos de policiais penais, até que se alcance a proporção de um agente para cada grupo de cinco apenados.

Ubaldo propõe programa de acolhimento aos familiares das vítimas da Covid-19

A pandemia do coronavírus dá sinais de controle no Rio Grande do Norte, mas os efeitos desta crise humanitária tem forte impacto, especialmente, entre as vítimas e familiares que perderam entes por causa da doença. Um projeto de lei do deputado Ubaldo Fernandes (PL) tramita na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e pretende criar o Programa de Humanização e Acolhimento aos Familiares das Vítimas da Covid-19.

“Nosso objetivo é contemplar as políticas públicas de apoio e acolhimento aos familiares daqueles que perderam a vida em decorrência do coronavírus, garantindo assistência psicológica decorrente do luto”, explica o parlamentar.

Para Ubaldo,“se esta matéria for aprovada, o Poder Público terá mecanismos para promover assistência psicológica aos familiares das vítimas que enfrentam a adversidade do luto de seu ente, combatendo, assim, eventuais transtornos de cunho psicológico e psiquiátrico”.

No Rio Grande do Norte, o número de infectados confirmados pela Covid-19 ultrapassa os 66 mil casos e os óbitos passam da marca de 2.300 pessoas.

FALTA DE RESPEITO: Tesoureiro do PSB de Assú dá batido em Rafael Motta

Estava demorando para os filiados indicados pelo prefeito de Assú, Gustavo Soares e o deputado boquinha George Soares, começarem a dar chiliques nas redes sociais, e dessa vez, o tesoureiro da legenda municipal, Roberto Alves, conhecido como Bebeto, criticou o deputado federal e presidente estadual do PSB, Rafael Motta.

A critica foi feita numa postagem do pré candidato a vereador Paulinho, em que ele anuncia live com o deputado Rafael Motta.

Paulinho é do PSB mas apoiará o ex prefeito Ivan Júnior, ao lado de vários pré candidatos e quase todos os filiados, fato que tem incomodado o deputado George e sua trupe, já que eles queriam o partido com os filiados, mas que não aconteceu, e o resultado do autoritarismo de George é que ele ganhou apenas o nome do partido, porque os filiados ficaram o ex prefeito.

INQUÉRITO: Prefeito de Ipanguaçu é suspeito por liberar exame médico apenas para sua “patota” eleitoral

O atrapalhado prefeito da cidade de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, que já é alvo de diversas processos no Ministério Público, foi mais uma vez alvo de inquérito civil pela promotoria de justiça de Ipanguaçu.

O promotor Eugênio Carvalho Ribeiro, notificou o prefeito e pediu esclarecimentos sobre troca de mensagens em aplicativo que supostamente condicionava a disponibilização de exame médico que é fornecido pelo município para a pessoa que fosse da sua “patota” eleitoral.

O irresponsável prefeito Valderedo Bertoldo quer mesmo é brincar com o povo de Ipanguaçu, e isso não é de hoje, no final das contas, quem paga o preço é a população, por causa das preferências do prefeito Valderedo, carregados de um “falso-bem”.

Presidente da ALRN cobra melhorias em diversas áreas para cidade do Trairi

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), apresentou uma série de requerimentos solicitando melhorias em diversas áreas para a região Trairi potiguar, mais especificamente para o município de Coronel Ezequiel. As medidas vão desde o abastecimento de água até o acesso à cidade.

Em requerimento encaminhado à Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) e ao Governo, o deputado pede a realização de um estudo de viabilidade técnica para iniciar a extensão no sistema da rede de distribuição de água para a Comunidade de Cachoeira, que fica localizada na zona Rural do município de Coronel Ezequiel. De acordo com o deputado, o fornecimento está comprometido e prejudica aproximadamente 100 famílias.

“São moradores que estão sem receber água, tendo que recorrer à compra de carros-pipas. Durante muitos anos, os investimentos em adutoras se voltaram apenas para as sedes dos municípios, deixando as zonas rurais sem água. A Caern tem corrigido esta distorção, garantindo que a água, que é um bem essencial, chegue a todos, seja no campo ou nas cidades. Portanto, com o objetivo de inserir neste projeto a Comunidade de Cachoeira, é que solicito a realização da extensão da rede de distribuição de água”, justificou o parlamentar.

Para a área de segurança, Ezequiel solicitou ao Governo que proceda o aumento do efetivo da Polícia Militar e a reforma do prédio onde funciona a delegacia do município. Segundo o deputado, o prédio está em situação “constrangedora”. “A situação da única delegacia do município está precária, apresentando rachaduras nas paredes e deterioração da parte hidráulica e elétrica. A reforma abrange reparos em banheiros, obras de manutenção, pintura, entre outras intervenções”, explicou o deputado.

Sobre o efetivo da PM, o deputado diz que as estatísticas em Coronel Ezequiel revelam um aumento significativo no número de vítimas de crimes. Ele destacou a situação da Zona Rural, que tem pouco mais de três mil habitantes, onde o fluxo de drogas é associado a outros crimes de preocupante extensão regional.

“A população de Coronel Ezequiel está sendo atormentada por uma verdadeira sequência de assaltos. Bandidos andam tranquilamente nas ruas, pois o policiamento na região é falho, não tem como atender toda demanda do importante município da região Trairi. Com isso, os comerciantes estão sendo os mais prejudicados, pois têm que fechar seus estabelecimentos mais cedo, prejudicando o desenvolvimento econômico local. A população está presa em suas casas, e as ruas à noite estão desertas. Solicito ações ostensivas para contenção da criminalidade, como o aumento de efetivo policial, hoje reduzido”, justificou o deputado.

Leia maisPresidente da ALRN cobra melhorias em diversas áreas para cidade do Trairi

Servidores da ALRN participam de oficina sobre Planejamento Estratégico de Pessoas

A Escola da Assembleia iniciou nesta quinta-feira (17) a oficina técnica “Planejamento Estratégico de Pessoas da ALRN”. Realizada por videoconferência, reuniu os servidores da Coordenadoria de Gestão de Pessoas – COGEP e outros setores da Casa Legislativa. O objetivo é capacitar, construir e orientar, os servidores sobre o “planejamento e gestão estratégica de pessoas, baseada nas boas práticas de governança e gestão”.

“O Planejamento Estratégico de Pessoas é essencial para a nossa Casa Legislativa e vai proporcionar um fortalecimento às estratégias do documento Horizonte 2023 da ALRN. O objetivo é implementar novos processos de trabalho, otimizar a melhoria de processos, armazenar dados para tomar decisões mais assertivas e realistas, além auxiliar na definição dos objetivos estratégicos”, comentou o Coordenador de Gestão de Pessoas, Thyago Cortez.

A Oficina Técnica “Planejamento Estratégico de Pessoas da ALRN” tem a liderança de Paulinéa Araújo, que é Consultora em estratégia, gestão de projetos e processos, além de Coordenadora de Auditoria Interna da Justiça Eleitoral, e tem carga horária de 20h, divididas entre os dias 17 de setembro e 29 de outubro de 2020.

Para a Diretora Administrativa e Financeira da Assembleia Legislativa do RN, Dulcinea Brandão, “a oficina é uma oportunidade dos servidores Assembleia Legislativa adquirirem conhecimentos que servirão de base para a realização do Plano Estratégico de pessoas”.

No primeiro encontro, foram apresentados conceitos sobre Governança x Gestão, Liderança, Normatização de Órgãos de Controle, Práticas e Processos de Trabalho, além da importância da Gestão Estratégica de Pessoas para a instituição.

MACAU: Justiça manda Vereador Kekel retirar propaganda irregular da internet

O Vereador Emmanuel Clélio (kekel) tem 24 horas para remover propaganda irregular antecipada publicada por ele no Facebook.

Atendendo Representação do PSD, a Juíza Eleitoral, Andrea Cabral Antas Câmara, viu que o Vereador Kekel publicou propaganda antecipada e determinou que o Vereador e apoiador da candidatura de Zé Antônio remova a postagem no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária de R$ 1.000.

Ao fundamentar sua decisão na Representação de n. 0600055-44.2020.6.20.0030 , a magistrada destaca a conduta praticada pelo vereador: “ a referida postagem configura propaganda eleitoral de caráter antecipado, na medida em que, não apenas critica a atual gestão do município de Macau, mas apresenta pedido de voto negativo, infringindo, assim, a legislação eleitoral.”

Com a decisão, o vereador deve remover a postagem do seu perfil pessoal e compartilhada no grupo EAM.

A decisão analisou apenas o pedido liminar, em seguida o processo será julgado e se confirmada a propagada antecipada, Kekel deverá ser condenado ao pagamento de uma multa que varia de R$ 5 mil a R4 25 mil.

Marco Aurélio suspende inquérito sobre suposta interferência de Bolsonaro na PF

Marco Aurélio Mello diz que fala de Weintraub é 'imprópria' e que o  demitiria se fosse o presidente | Política | G1

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello suspendeu nesta quinta-feira (17) a tramitação do inquérito que avalia se o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal. Agora, cabe ao presidente da corte, ministro Luiz Fux, marcar o dia do julgamento no plenário.

A decisão foi tomada em um recurso da Advocacia-Geral da União (AGU), que defende que Bolsonaro tem direito de agendar o próprio depoimento ou, se quiser, apresentar manifestação por escrito. Marco Aurélio decidiu levar esse questionamento a plenário, para análise de todos os ministros.

“Cabe submeter ao Pleno o agravo formalizado, para uniformização do entendimento. Considerada a notícia da intimação para colheita do depoimento entre 21 e 23 de setembro próximos, cumpre, por cautela, suspender a sequência do procedimento, de forma a preservar o objeto do agravo interno e viabilizar manifestação do Ministério Público Federal. Determino a suspensão da tramitação do inquérito até a questão ser submetida ao Pleno”, disse Marco Aurélio em trecho da decisão.

Na semana passada, o relator do caso no Supremo, ministro Celso de Mello, determinou que Bolsonaro preste depoimento presencial. Ele justificou a decisão afirmando que a prerrogativa de prestar o depoimento por escrito somente pode ser concedida nos casos em que o presidente figure como testemunha ou vítima, mas nunca como investigado.

Leia maisMarco Aurélio suspende inquérito sobre suposta interferência de Bolsonaro na PF

Aos 89 anos, fundador da Duty Free conclui sonho de doar toda sua fortuna

Demorou, mas o empresário norte-americano, fundador da rede de lojas de aeroporto Duty Free, hoje com 89 anos, conseguiu concluir uma promessa que se fez quatro décadas atrás: doar todos os bilhões de seu patrimônio antes de morrer.

Trata-se de uma fortuna de aproximadamente US$ 8 bilhões (R$ 41 bilhões), que foi sendo distribuída aos poucos para projetos de educação, saúde, ciências e segurança social mundo afora ao longo dos últimos 40 anos.

É um patrimônio que foi levantado durante os 36 anos em que Feeney chefiou o conglomerado da Duty Free, fundada em 1960, e também depois com a venda de sua fatia na companhia, em 1996. Repassada para o grupo francês dono da marca Louis Vuitton, a operação lhe rendeu alguns bilhões a mais na conta.

Todo esse dinheiro saiu do bolso de Feeney para a sociedade principalmente por meio da Atlantic Philanthropies, fundação criada por ele em 1982 com a missão dupla de gerar retornos à comunidade e de ser o canal responsável pela promessa de zerar seu patrimônio.

Leia maisAos 89 anos, fundador da Duty Free conclui sonho de doar toda sua fortuna

ELEIÇÕES: Gustavo Soares toma partidos enquanto Ivan Júnior recebe apoio de pessoas

Algumas condutas já são bem conhecidas dos caciques da política em Assú, os “conchaves” orquestrados pelo deputado boquinha George Soares, forçando alianças com partidos, que tratam seus filiados e pré candidatos de maneira antidemocrática, obrigando-os a votar nos candidatos que o partido determina.

O “trio parada dura”, Gustavo, George e o maior “surrupiador” de dinheiro público da história de Assú, Ronaldo Soares, sabem bem como conduzir essas questões, ameaçam a desgastada governadora Fátima, e ela encurralada, vai contra todos os seus princípios, e obriga os líderes estaduais a fazer alianças forçadas, constrangendo os que fazem parte do partido, seja como candidato ou apoiador.

Por outro lado, o candidato a prefeito Ivan Júnior, tem conduzido de forma totalmente contrária aos caciques da cidade, agindo de forma democrática, sem pressão, e por naturalidade ganhando apoio dos candidatos e eleitores, mesmo quando o partido Não o apoia.

Além de ter o apoio de todo o PSB, com exceção dos que foram filiados no apagar das luzes, Ivan ganhou apoio de Lorena e de Júnior do Mendubim, que são do Solidariedade, partido que fez aliança com Gustavo e Fabiele. Fora uma ala do PT que também foi forçado pela governadora e boa parte dos filiados estão com Ivan.

O que parece no fim das contas, é que George quer mostrar que tem partidos aliados, satisfazer o ego dele de coronel, mesmo que isso signifique não ter voto nenhum.

Mês de Setembro é dedicado ao debate sobre a prevenção do suicídio

E por que precisamos falar sobre isso no ambiente de trabalho? A primeira razão é a quebra de tabus e o enfrentamento do problema. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), no mundo, a cada 40 segundos ocorre uma tentativa de suicídio, por isso e´ tão importante e necessário ter um mês inteiro dedicado à essa causa. O suicídio é uma questão de saúde pública e não podemos mais nos calar diante desse assunto tão necessário e preciso.

Os motivos e causas são multifatoriais, e´ uma questão individual e social, e´ um fenômeno complexo e uma única causa não e´ suficiente para explicar esse comportamento suicida, atualmente e´ conhecida a multicausalidadade de fatores, como fatores psicológicos, biológicos, sociais, ambientais e culturais e o trabalho também está´ incluído como uma das causas desses fatores. Falar sobre saúde mental no trabalho ainda e´ um tema tabu para muitas instituições. Porém, o Ministério do Trabalho alerta que esse tema tem que ser abordado e discutido no ambiente de trabalho.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), um ambiente de trabalho negativo pode levar a problemas de saúde física e mental de trabalhadores, além do uso abusivo de drogas e álcool, faltas e perda de produtividade.

Cuidar da sua saúde mental no ambiente de trabalho, principalmente nesse momento pandêmico, e´ perceber que quando vier sentimentos de sobrecarga, autocobranc¸a, estresse, ansiedade e cansaço, e´ necessário se desconectar, desligar, respirar, fazer pausas, descansar, respeitar e acolher seus limites para que você^ encontre o equilíbrio perdido.

O primeiro passo para ajudar ao colega de trabalho ou pessoas próximas a você^ e´ conversar e acolher de maneira gentil e empática. Reserve o tempo que for necessário para isso. Ouça efetivamente! Conseguir esse contato e ouvir e´ por si só´ maior passo para reduzir o nível de desespero desse indivíduo, mostrando que ha´ esperança e possibilidades que as coisas podem mudar para melhor. E´ entender os sentimentos da pessoa, dar mensagens verbal e na~o-verbal de aceitação e respeito, expressar respeito pelas opiniões e valores da pessoa, conversar honestamente e com autenticidade, mostrando preocupação, cuidado e afeição. E depois sugerir e/ou encaminhar para profissionais de saúde especializados, como psiquiatra e psicólogo ou no centro de valorização da vida (@cvvoficial ) ligando no 188.

Caixa inicia pagamento do Auxílio Emergencial Extensão

Fila para entrada em agência da Caixa, em Brasília.

A Caixa inicia hoje (17) o pagamento das parcelas do Auxílio Emergencial Extensão de R$ 300 para mais de 16,3 milhões de pessoas. Ao todo, serão liberados R$ 4,3 bilhões. Os primeiros a receber serão 12,6 milhões de famílias cadastradas no Programa Bolsa Família. O governo ainda não divulgou o calendário de pagamento para os beneficiários que não são cadastrados no Bolsa Família.

Instituído em abril, para conter os efeitos da pandemia sobre a população mais pobre e os trabalhadores informais, o auxílio emergencial começou com parcelas de R$ 600 a R$ 1.200 (no caso das mães chefes de família), por mês, a cada beneficiário. Inicialmente projetado para durar três meses, o auxílio foi estendido para o total de cinco parcelas. E a partir de hoje, será pago o auxílio emergencial residual no valor de R$ 300 em até quatro parcelas mensais. O auxílio emergencial residual será devido até 31 de dezembro de 2020, independentemente do número de parcelas recebidas pelo beneficiário.

Bolsa Família

O pagamento do benefício obedece ao calendário habitual do programa Bolsa Família, que segue até 30 de setembro. Os primeiros a receber são os beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) final 1.

Leia maisCaixa inicia pagamento do Auxílio Emergencial Extensão

Lugar de criança é na escola e criminosos na prisão”, diz Fábio Faria

O estupro de vulnerável consumado aumentou 62% no Rio Grande do Norte no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período do ano passado.

Proporcionalmente, esse é o maior crescimento entre os estados do Brasil.

O levantamento é do Monitor da Violência e mostra que nos primeiros seis meses do ano esse crime aconteceu 118 vezes no estado contra mulheres – no ano anterior foram 73.

Os dados chamaram a atenção do ministro das Comunicações, Fábio Faria, que vem defendendo publicamente a volta às aulas.

“Lugar de criança é na escola e criminosos na prisão”, destaca Fábio Faria.

A defesa do ministro pelo retorno das aulas faz sentido. Segundo as autoridades de segurança, o aumento da violência pode ter sido impulsionado pelo isolamento social devido à pandemia, já que os principais agressores são parentes de primeiro grau das vítimas, agora com ainda mais contato e maior tempo com as crianças isoladas.

SEM CONSIDERAÇÃO: Prefeito de Ipanguaçu não comparece a convenção de seu primo Batista Bertoldo

O prefeito da cidade de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, que está andando pela cidade de “cabisbaixo”, por causa que já espera o resultado de uma grande derrota para a chapa de Thales Marinho e Cristiane, não tem tido consideração nem com seu primo, João Batista Bertoldo.

João Batista Bertoldo, que é presidente da Câmara Municipal de Ipanguaçu, e estava até empolgado na campanha de seu primo Valderedo, agora reconhece a falta de consideração do prefeito pelo não comparecimento da convenção do seu partido PSB em Ipanguaçu.

O que se comenta é que os apoiadores do PSB estão bastante chateados com o prefeito e que alguns já estão querendo se achegar ao lado da chapa de Thales e Cristiane. Valderedo Bertoldo já é conhecido por exercer a conduta da “falta de consideração” com diversos aliados, e isso vai ter respostas nas urnas em que o povo vai ter sua liberdade de escolher o melhor para a cidade.

Corte Especial recebe denúncia contra desembargador acusado de vender decisão por R$ 50 mil

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) recebeu nesta quarta-feira (16), por maioria, a denúncia contra um desembargador estadual acusado de receber R$ 50 mil para conceder habeas corpus a um preso durante o plantão judiciário.

Por unanimidade, o colegiado manteve o afastamento do magistrado de suas funções até o encerramento da instrução criminal. Além disso, ele está proibido de acessar as dependências do tribunal e de manter contato com qualquer um de seus servidores e com os demais denunciados na ação penal.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), um ex-assessor do magistrado intermediou a negociação e o pagamento pela decisão favorável ao preso. Ainda segundo o MPF, o habeas corpus foi concedido de forma atípica, destoando da jurisprudência do tribunal estadual.

A denúncia está lastreada em gravação de conversas ambientais que mencionam a negociação, de forma fortuita, além da quebra de sigilo de dados telefônicos que demonstram intensidade da comunicação entre os denunciados; informações financeiras e mensagens de texto.

Leia maisCorte Especial recebe denúncia contra desembargador acusado de vender decisão por R$ 50 mil

Socorro a estados e municípios teve distribuição desigual e sem relação com pandemia

O programa de socorro a estados e municípios para enfrentamento da pandemia apresentou resultados desiguais entre esses entes da Federação. Enquanto algumas administrações receberam recursos mesmo sem ter tido perda de arrecadação, outras não receberam dinheiro suficiente para compensar a queda nas receitas.

Esse foi o caso de oito estados, incluindo os quatro do Sudeste, e três capitais.

Além disso, a distribuição de recursos não teve ligação com as necessidades desses locais para enfrentar a pandemia, quando se considera a relação entre transferências e locais com maior número de mortes por habitante.

As conclusões são parte de uma nota técnica da Rede de Pesquisa Solidária, que reúne pesquisadores de instituições públicas e privadas, como a Universidade de São Paulo, o Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento) e a Fundação Getúlio Vargas, com base nos Relatórios Resumidos da Execução Orçamentária para o 1º semestre de 2019 e de 2020. Os dados foram atualizados pela inflação do período.

Projeto de lei complementar aprovado em maio deste ano criou o Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus, que destinou o valor fixo de R$ 60 bilhões da União para estados e municípios de forma a compensar perdas de arrecadação, em quatro parcelas, pagas de junho a setembro. A divisão da maior parte do dinheiro foi vinculada ao tamanho da população.

Leia maisSocorro a estados e municípios teve distribuição desigual e sem relação com pandemia

ALIANÇA SEM FUTURO: George Soares ganhou PSB do Assú mas não levou os votos

Na política, as alianças geralmente representam um bom negócio, pois se leva o partido e seus votos, mas em Assú, o tão “sabido” deputado boquinha George Soares, deu um tiro que saiu pela culatra, ganhou o PSB municipal, mas não levou os votos.

O deputado Rafael Motta além de não residir em Assú, fato que garantiria pelo menos um voto na chapa Gustavo e Fabiele, não conseguiu que seus filiados na legenda municipal acompanhassem essa decisão antidemocrática e arbitrária.

Os filiados já tinham um compromisso em favor do Assú, em que o ex prefeito Ivan Júnior tem a preferência, e mesma com essa decisão do deputado Rafael Motta, que foi contra todos os filiados, eles permaneceram firmes e garantiram o registro em ata, de que poderão transitar livremente em caminhadas e comício ao lado do ex prefeito.

PSB oficializa candidatura de Hermano Morais à Prefeitura de Natal

PSB oficializa candidatura de Hermano Morais à Prefeitura de Natal — Foto: Reprodução

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) oficializou nesta quarta-feira (16) a candidatura de Hermano Morais para a Prefeitura de Natal nas Eleições 2020. A vice na chapa será a secretária estadual do partido, Tatiana Pires.

O partido também anunciou que tem 40 pleiteantes a vereador.

Perfil

O bancário Hermano Morais vai disputar a prefeitura de Natal pela segunda vez. Em 2012, ele concorreu ao cargo e ficou em segundo lugar pelo PMDB. O candidato já foi quatro vezes vereador de Natal e está no seu terceiro mandato como deputado estadual.

Hermano Morais disse que quer ser prefeito de Natal para fazer uma gestão participativa.

G1RN

Kelps Lima diz que Polícia Militar está sendo alvo de “doutrinação ideológica”

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) falou nesta quarta-feira (16), durante sessão da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, que a Polícia Militar do estado estaria sendo alvo de “doutrinação ideológica”. Segundo o parlamentar, os policiais estão recebendo orientações para não interferir em manifestações realizadas por grupos de esquerda no Estado.

“Os policiais estão sendo vítimas de doutrinação política ideológica. Foi realizada uma reunião e dito aos PMs que se houver qualquer manifestação com viés de esquerda no RN a polícia não pode interferir. A orientação que está sendo dada não tem relação com a manifestação ser pacífica ou não. Está ocorrendo ordem para que se manifestação for de partidos de esquerda ordem é não interferir”, disse o deputado.

Kelps disse que os PMs não podem aceitar este tipo de orientação e colocou o mandato a disposição para receber denúncias do tipo. “Vamos abrir investigação na Assembleia. O Estado e a PM não podem ser manipulados ideologicamente por qualquer que seja o viés. Onde houver desordem, uso de violência, interfiram sim”, completou.

Outro problema abordado pelo deputado em relação a PM foi a falta de efetivo. De acordo com o deputado, 80 PMs fazem atualmente a segurança pessoal da governadora do Estado. Enquanto isso, 52 homens cuidam do policiamento para mais de 100 mil habitantes em determinada área da zona Norte de Natal.

ARMAÇÃO FAMILIAR: Gustavo Soares pode ser substituído por Lula em Outubro na disputa pela Prefeitura do Assú


E os “soares” surpreendem a cada dia e inovam no quesito armação e enganação, agora, vazou uma conversa nos bastidores da política assuense, de que em outubro, o prefeito Gustavo anunciará a impossibilidade de ser candidato na chapa que encabeça, e será substituído pelo seu primo, Lula Soares, que passará a ser o candidato a prefeito, e manterá Fabiele Bezerra como vice.

A armação surgiu depois da desistência anunciada por Gustavo de que não seria candidato a reeleição, e diante da rejeição do grupo em achar um nome que pudesse enfrentar o ex prefeito Ivan, com isso, arquitetaram essa, Gustavo aceitou ser o candidato, mas com a condição de desistir no meio do caminho, assim, a chapa continua tendo na cabeça, um Soares.

Essa armação ensaiada nem vai pegar todo o grupo de surpresa, pois para quem analisa os fatos, já era esperado, é só observar a dedicação que Gustavo vem tendo como candidato, passa semanas fora da cidade, não vai a convenções de aliados de sua base, e deixa a vice sozinha na maior parte do tempo.

Cristiane Dantas lamenta índices do Ideb no Rio Grande do Norte

O baixo índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no RN, referente a 2019, divulgado nesta terça-feira (15), foi o tema do pronunciamento da deputada estadual Cristiane Dantas (SDD) durante sessão ordinária nesta quarta-feira (16), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

“O Estado apresenta um dos quatro piores desempenhos do País no Ensino Médio. Para se ter uma ideia, 30,1% das escolas estaduais que participaram do levantamento tiveram índice abaixo de 3,1. A soma da média das escolas é de 4.2, o que reflete a qualidade do ensino público do nosso Estado”, lamentou.

Cristiane mostrou preocupação também com esse índice para 2020. “Em 2020 a pandemia irá acarretar um prejuízo ainda maior para os alunos do ensino público”, preocupou-se.

A parlamentar alertou à Secretaria Estadual de Educação para os prejuízos que a pandemia deixará para os alunos da 3ª sério do ensino médio que farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “A Secretaria de Educação precisa montar uma estratégia, um programa que permita que os prejuízos a esses alunos sejam minimizados. Que corram atrás do prejuízo permitindo que esses alunos tenham a oportunidade de competir nessa prova tão concorrida”, cobrou.

O Ideb é um índice que vai de 0 a 10, criado em 2005 pelo Ministério da Educação para avaliar o desempenho e estipular metas para a educação brasileira. O índice é divulgado a cada dois anos e calculado com base em dois fatores: índices de aprovação/reprovação dos alunos e de abandono dos estudos, medidos no Censo Escolar; notas em provas de português e de matemática no Sistema de Avaliação da Educação Básica.

Testagem da vacina e cuidados do poder público com os animais são temas debatidos na ALRN

A pandemia, políticas de proteção animal e as condições das estradas estaduais pautaram o horário destinado aos deputados, durante a sessão ordinária desta terça-feira (16), na Assembleia Legislativa.

O primeiro deputado a usar a palavra foi Vivaldo Costa (PSD), que celebrou a ampliação do número de voluntários para a testagem da vacina de Oxford e a inclusão de Natal nas cidades autorizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Em vez de 5 mil serão testados 10 mil voluntários, trabalhadores da Saúde, pelo Centro de Pesquisas Clínicas de Natal (CPClin). Adultos acima de 18 anos, profissionais de saúde e trabalhadores que desempenham funções de alto risco no combate ao novo coronavírus. Nessa etapa também será permitida a entrada de idosos”, esclareceu o parlamentar que também é médico.

Leia maisTestagem da vacina e cuidados do poder público com os animais são temas debatidos na ALRN

Joselito Curinga oficializa candidatura a vereador e pode ser destaque na renovação do Legislativo Assuense


Joselito Curinga oficializou sua candidatura a vereador, pelo Partido Republicano no intuito de fidelizar projetos de cunho social junto aos governantes, incentivando e valorizando a qualificação profissional e consequente inserção no mercado de trabalho.

Enquanto vereador, busca propor soluções e estrategias para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos assuenses. O vereador eleito de forma democrática desempenha um papel fundamental para a harmonia do processo político, cabe a ele a responsabilidade de fiscalizar a atuação do poder executivo e propor alternativas para o desenvolvimento pleno do município onde atua, e é pensando nisso que Joselito está disputando uma vaga no legislativo da cidade de Assu, prometendo ser uma renovação que a Câmara municipal e a população almeja do cidadão que ocupa um cargo público.

Casado e residente no município, tem nível superior em Gestão de Recursos Humanos e especializado em Gestão Escolar, agregado a cursos de extensão Universitária em formação de líderes, administrou uma Instituição de renome nacional, o Senac em Assú, por 14 anos, onde desenvolveu um trabalho voltado para a educação profissionalizante, beneficiando jovens e adultos através de projetos sociais.

Nesse período, com o suporte institucional e no propósito de gerar emprego e renda à população de baixo poder aquisitivo, firmou parcerias com gestores municipais da região do Vale do Assu/RN, contribuindo para o aquecimento da economia e transformando a vida de inúmeros cidadãos.

Leia maisJoselito Curinga oficializa candidatura a vereador e pode ser destaque na renovação do Legislativo Assuense

BALDE DE ÁGUA FRIA: Prefeito do Assú não prestigia convenção do Partido Verde de apoio a sua reeleição

O partido verde (PV) de Assú, que tem como presidente da legenda no município, Marcos Miranda, resolveu fazer um grande evento para demonstrar sua empolgação no projeto de reeleição do atual prefeito da cidade Assú, Gustavo Soares, mas não contava com a falta de consideração do prefeito em não comparecer ao evento.

O evento que foi realizado ontem, contou com a presença dos apoiadores do partido, da candidata a vice-prefeita Fabiele Bezerra, mas o prefeito Gustavo, resolveu dá um banho de água fria na empolgação do PV.

O prefeito Gustavo que passou mais de uma semana ausente na cidade, voltou apenas para homologação da sua candidatura, e logo depois sumiu de novo, comprovando mais uma vez sua falta de consideração com os aliados.

Que respeito tem um candidato que sequer vai a convenção de um partido aliado? Coisas que não dá pra entender!

Operação da PF em contratos do COVID pode chegar a Assú

A Polícia Federal tem realizado em todo o país, investigações que apura irregularidades em contratos relacionados ao combate à Covid-19, e tudo indica que pode chegar na cidade do Assú, já que foram publicados diversos contratos milionários nesse período de pandemia.

Em Pernambuco, a Operação Desumano mira a contratação de Organização Social de Saúde (OSS) para gerenciamento de serviços de saúde com recursos do Ministério da Saúde, segundo a PF.

Em Assú, um dos gastos mais suspeitos, é a Prefeitura ter contratatado testes do Covid após o período critico da pandemia, fora os outros contratos celebrados, alguns supostamente sem necessidade como banheiros e tendas, dentre outros.

Mas há quem diga que será dificil a Prefeitura do Assú não ser alvo em face aos desmandos realizado sob orientação do prefeito Gustavo, já que nada fez o número de infectados diminuir na cidade, indicando que há algo de muito errado.

Operação contra Crivella causa baixa em peça-chave da campanha de Eduardo Paes

Eduardo Paes e Marcelo Faulhaber Foto: Carlos Ivan / Agência O Globo

Deflagrada na quinta-feira passada, a operação que investiga o suposto “QG da Propina”, na Riotur, atingiu em cheio o grupo político do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) e criou uma saia-justa no comitê do adversário Eduardo Paes (DEM), que tenta voltar ao cargo. Marqueteiro de Crivella na vitória de 2016, o economista Marcello Faulhaber era até a semana passada um dos principais estrategistas de Paes na atual campanha, mas, após ser alvo de mandado de busca e apreensão, foi afastado do posto-chave e teve o papel na campanha minimizado.

O Ministério Público do Rio (MP-RJ) investiga a suspeita de que o grupo político de Crivella recebeu dinheiro para direcionar licitações e regularizar pagamento de fornecedores na prefeitura. Na representação do MP-RJ à Justiça, são reproduzidas várias conversas de Faulhaber com Rafael Alves, acusado de ser um dos principais operadores do esquema. Ambos trocaram 11,2 mil mensagens por WhatsApp entre junho de 2017 e setembro de 2018 — período em que Crivella já ocupava o cargo. O marqueteiro reclamava com Alves por não ter recebido o que havia combinado por prestar consultorias para o governo e ameaçava ir ao Ministério Público contar tudo o que sabia sobre Crivella.

O papel de Faulhaber no governo Crivella não foi bem visto no entorno do prefeito. Ao economista, é atribuída a iniciativa de reduzir ao mínimo os cargos de chefia nos primeiros meses de gestão. A medida afetou a rotina da prefeitura, porque deixou postos estratégicos sem comando em áreas como financeiro e de emissão de licenças. No primeiro mês, a emissão da folha de pagamento correu o risco de atrasar , porque, até meados de janeiro, não havia quem autorizasse os pagamentos.

Leia maisOperação contra Crivella causa baixa em peça-chave da campanha de Eduardo Paes

Operação contra desvio de energia recupera 3,5 milhões de kwh no RN e mais três estados

Operação identificou roubo de energia em quatro estados. — Foto: Cosern/Divulgação

Uma operação de combate a fraudes e furtos de energia elétrica recuperou cerca de 3,5 milhões quilowatts-hora (kWh) de energia no Rio Grande do Norte, na Bahia, Pernambuco e Mato Grosso do Sul, nesta terça-feira (15). Ao todo, 12 pessoas foram levadas à delegacia. Segundo a empresa Neoenergia, controladora de companhias de energias nesses estados, foi a maior ação do tipo já realizada no Brasil.

A operação contra desvios milionários de energia elétrica mobilizou as polícias dos quatro estados, que foram a 23 endereços denunciados. A investigação foi desencadeada a partir de denúncias apresentadas pelas distribuidoras da Neoenergia.

A operação simultânea nos quatro estados teve como foco principal uma indústria do ramo de laticínio, bares, fábricas de cerâmica, comércios e propriedades rurais. Mais de 50 policiais participaram da ação e as irregularidades foram constatadas por peritos de criminalísticas. Furto de energia é crime no Brasil e a pena para o responsável pode chegar a oito anos de reclusão.

Leia maisOperação contra desvio de energia recupera 3,5 milhões de kwh no RN e mais três estados

Turma do TRT-RN mantém justa causa de gerente que utilizava crédito de clientes em proveito próprio

A Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) manteve a demissão por justa causa de uma ex-gerente da Maré Mansa Comércio de Móveis e Eletrodomésticos Ltda. que utilizava o limite do cartão de crédito dos clientes para adquirir produtos na loja e vendê-los por fora.

De acordo com a empresa, a autora do processo foi demitida por justa causa por utilizar crédito “aprovado junto às financeiras em nome de clientes para realizar a venda de produtos da empresa em seu favor e sem o consentimento do titular”.

Isso acontecia, segundo a empresa, com clientes que compravam um produto de valor elevado, como fogões, sofás e celulares, e tinham uma linha de crédito superior ao valor da compra.

Como consta no processo, a ex-gerente aproveitava esse limite a mais e acrescentava um produto de valor menor, a exemplo de ventiladores e liquidificadores, o que não era percebido pelo cliente.

De acordo com o desembargador José Barbosa Filho, relator do processo no TRT-RN, nesses casos não é comum os clientes conferirem as notas fiscais. Eles poderiam, ainda, serem “facilmente ludibriados” sob a justificativa de que os valores a mais seriam juros de financiamento.

Para o magistrado, o testemunho de colegas de trabalho confirmou “a prática do ato de improbidade pela autora, justificador da sua dispensa por justa causa, prevista no artigo 482, alínea ‘a’, da CLT”.

A decisão da Primeira Turma do TRT-RN foi por unanimidade e manteve o julgamento original da Vara do Trabalho de Goianinha.

Retorno dos trabalhos presenciais no INSS é tema de audiência pública na Assembleia Legislativa

O anúncio do retorno gradual do atendimento presencial nas Agências do Instituto de Seguridade Social (INSS), a falta de condições de trabalho e de garantias de adoção de procedimentos de biossegurança, além das condições sanitárias necessárias dos prédios e a disponibilidade de equipamentos de proteção individual (EPIs) para os servidores, pautaram uma audiência pública em formato virtual, realizada nesta segunda-feira (14), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Proposta pelo deputado estadual Sandro Pimentel (PSOL), o evento abordou o tema: “Reestruturação dos Institutos de Seguridade Social (INSS) e reabertura no processo de pandemia”.

“Um espaço importante de se tirar dúvidas, deixar sugestões. Esperamos que depois dessa, outras iniciativas aconteçam Brasil a fora e que esse tema ganhe a notoriedade que merece. Que a direção do INSS ouça os trabalhadores e trabalhadoras daquele órgão e que os direitos desses servidores à vida sejam respeitados nesse retorno dos trabalho pós pandemia”, disse Sandro.

O deputado anunciou que irá apresentar à bancada federal do RN requerimento solicitando que estes façam o mesmo na Câmara dos deputados e no Senado.

Participaram da Audiência Pública virtual Daniel Emanuel – Diretor da – Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (FENAPS); Moacir Lopes – Diretor da Secretaria de Administração e Finanças; Cicero Nogueira – Representando o Sindicato dos Trabalhadores Federais em Previdência, Saúde e Trabalho do Estado do Rio Grande do Norte (SINDPREVS); Jansen Kladno Nascimento Dias Xavier – Gerente Executivo do INSS Mossoró; Viviane Pacheco Dantas – Vice-presidente da Comissão de Seguridade Social da OAB e Thiago Souza de Andrade – Gerente Executivo substituto do INSS Natal.

INSS ameaça cortar 1,7 milhão de benefícios. Veja o que fazer se for atingido

Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) começou a notificar, no início deste mês, beneficiários identificados com algum tipo de irregularidade.

Os benefícios foram revisados administrativamente – uma espécie de pente-fino – e, após o procedimento, foi verificada a necessidade de reavaliação de documentos.

Em todo o país, 1,7 milhão de beneficiários (de todas as espécies de benefício) estão sendo notificados por meio de carta de cumprimento de exigência, segundo o INSS.

É preciso que os segurados fiquem atentos, pois, após o recebimento da carta, terão 60 dias para enviar a documentação solicitada, preferencialmente pelo Meu INSS (acesse aqui).

O segurado que foi notificado e não apresentar a documentação pelo Meu INSS ou não realizar o agendamento no prazo de 60 dias poderá ter o benefício suspenso.

E, após 30 dias da suspensão, se o beneficiário não fizer os procedimentos anteriormente citados, terá o benefício bloqueado nos termos da Lei nº 8.212, de 1991.

O que fazer

Para fazer o envio da documentação, o beneficiário precisa ter login e senha do Meu INSS (site ou aplicativo), disponível para celulares Android e iOS.

Leia maisINSS ameaça cortar 1,7 milhão de benefícios. Veja o que fazer se for atingido

Dólar recua para menor nível desde o fim de julho, cotado a R$ 5,27

dólar, dinheiro

O dólar fechou no menor patamar desde o final de julho nesta segunda-feira (14), caindo cerca de 1%, com investidores imprimindo no câmbio um começo de semana otimista nos mercados globais antes de importantes decisões de política monetária nos próximos dias.

O dólar à vista recuou 1,10%, a R$ 5,2747 para a venda, menor nível desde 31 de julho (R$ 5,2185).

A moeda oscilou entre R$ 5,3244, na máxima alcançada pela manhã (-0,16%), e R$ 5,2626 reais na mínima (-1,32%), durante a tarde.

Na B3, a bolsa de valores brasileira, o contrato de dólar de maior liquidez cedia 0,83% às 17h05, para R$ 5,2795.

O real esteve entre as moedas com melhor desempenho nesta sessão, acompanhado outras divisas emergentes sensíveis ao sentimento de risco, como o peso mexicano, que subia 1%, e o rand sul-africano (+0,6%), entre outras.

Leia maisDólar recua para menor nível desde o fim de julho, cotado a R$ 5,27

Fux volta obrigar empresas a estar em dia com Fisco para entrar em recuperação

Fux volta obrigar empresas a estar em dia com Fisco para entrar em recuperação

Antes de assumir a presidência do STF, Luiz Fux suspendeu decisão do STJ que dispensava empresas de estar em dia com o Fisco para entrar em recuperação judicial.

Com isso, volta a valer a obrigação de as companhias apresentarem certidões negativas de débitos fiscais (CND) para que seus planos de recuperação possam ser homologados.

A decisão de Fux é do dia 4, mas só foi publicada ontem. De acordo com o ministro, permitir que a recuperação siga sem a apresentação da CND deixa as empresas vulneráveis. Permitiria, por exemplo, que juízes bloqueassem bens em execuções fiscais separadas, o que prejudicaria credores, “situação que não se afigura desejável”, segundo Fux.

Ele disse ainda que a nova Lei do Contribuinte Legal permite a emissão de certidão negativa para quem se inscrever em programas de parcelamento, os famosos Refis.

Em junho, a Terceira Turma do STJ havia permitido que empresas entrassem em recuperação mesmo sem estar em dia com o Fisco. Para o colegiado, a exigência da certidão negativa era desproporcional e poderia atrapalhar empresas em dificuldade de se reerguer  – o que, de acordo com os ministros, frustraria o objetivo da lei.

O antagonista

Câmara Municipal de Mossoró aprova criação de 2 vagas e passa a ter 23 vereadores em 2021

Votação na Câmara Municipal de Mossoró — Foto: Edilberto Barros/CMM/Divulgação

Em sessão extraordinária realizada na manhã desta segunda-feira (14), a Câmara de Mossoró aprovou a criação de mais duas vagas no Legislativo do município do Oeste potiguar. Com isso, o número de vereadores da cidade vai passar de 21 para 23. A mudança deverá valer nas eleições em novembro deste ano e a Casa já terá a nova quantidade de legisladores em 2021.

Segundo a Câmara, a lei adéqua o número de vereadores à nova estimativa populacional do município, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que apontou 300.618 habitantes na segunda maior cidade potiguar.

Para valer já nas eleições de 2020, a medida deve ser publicada no Diário Oficial até a próxima quarta-feira (16). De acordo com o Legislativo, a promulgação vai ocorrer ainda nesta quarta (14).

Conforme a Constituição Federal, municípios que têm entre 300 mil e 450 mil habitantes podem ter até 23 vereadores e vereadoras. As atuais 21 vagas são baseadas na população estimada pelo IBGE até 2019: 297.378 habitantes.

Leia maisCâmara Municipal de Mossoró aprova criação de 2 vagas e passa a ter 23 vereadores em 2021

Futuro do turismo potiguar é debatido na Assembleia Legislativa

Debater o futuro do turismo, um dos principais potenciais econômicos do Rio Grande do Norte, diante dos impactos causados pela pandemia do novo Coronavírus. Esse foi o principal objetivo da audiência pública “Planejando o Turismo do RN”, que foi promovida, de forma remota, na manhã desta segunda-feira (14), pela Assembleia Legislativa, através do mandato do deputado Coronel Azevedo (PSC).

De acordo com o parlamentar, o intuito da audiência pública foi debater iniciativas que contribuam para alavancar o setor que mais emprega no Estado. “O Rio Grande do Norte se destaca dentro e fora do Brasil pelo seu potencial turístico. Por isso, é preciso planejar ações integradas para apoiar a geração de emprego e renda propiciada por essa atividade econômica. Nesse sentido, o diálogo plural é essencial para que possamos levantar ideias e colocá-las em prática o quanto antes”, argumentou o deputado.

Dando início ao debate, a representante da Setur (Secretaria de Turismo do RN), Solange Portela, fez uma apresentação de como a instituição vem trabalhando, em parceria com a Emprotur (Empresa Potiguar de Promoção Turística), desde o surgimento da pandemia.

“Este ano nós tivemos que readequar nosso planejamento, devido à Covid-19. E para que isso fosse possível a Emprotur realizou diversas pesquisas, tanto com agentes internos, como os gestores municipais, quanto com os agentes e operadores de fora do Estado, para conhecer melhor o cenário e saber quais estratégias iríamos tomar”, contou.

De acordo com Solange Portela, um dos pontos mais importantes, relatados na pesquisa por turistas e agentes de viagens, foram os cuidados com os protocolos de segurança sanitária.

“De posse dessas informações nós elaboramos um plano de retomada, que não foi feito de maneira isolada, mas com a ajuda da Fecomércio, ABIH, Abrasel – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, Sindetur – Sindicato das Empresas de Turismo do RN. E a partir disso nós levamos o plano para ser discutido no Conselho Estadual de Turismo, nos cinco conselhos regionais e nos principais destinos que têm um conselho municipal regular”, explicou.

Leia maisFuturo do turismo potiguar é debatido na Assembleia Legislativa

Setembro Cidadão: live da Assembleia Legislativa debate sobre educação em tempos de pandemia

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promoveu na manhã desta segunda-feira (14), através da Tv Assembleia, um debate em formato de live, que abordou o tema: Educação em tempos de pandemia. O encontro virtual, mediado pelo jornalista Gerson de Castro, trouxe como convidados a professora e educadora Betânia Ramalho, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e ex-secretária Estadual de Educação e o jornalista Aluísio Lacerda, chefe da Divisão do Memorial da Resistência da Assembleia Legislativa que também faz parte do Projeto Setembro Cidadão Entrevista.

A live é o resultado do apoio da assembleia Legislativa e da TV Assembleia ao Projeto Setembro Cidadão, objeto de Lei Complementar estadual nº 494/2013 dentro do Programa Brasileiro de Educação Cidadã, idealizado por Jarbas Bezerra e Lígia Limeira.

“A iniciativa do Legislativo Potiguar em apoiar esse projeto tem contribuído muito para a efetiva discussão e o aprimoramento da cidadania no nosso Estado. Eu acredito que quanto mais os cidadãos forem bem formados e se sentirem engajados, maior é a possibilidade de termos uma efetiva cidadania. Por isso, nós da TV Assembleia nos sentimos muito honrados por sermos o canal de transmissão e parceiros de produção desses eventos. Mesmo que, devido à pandemia, não possamos estar no mesmo lugar, a tecnologia nos possibilita estarmos juntos em prol da cidadania do Rio Grande do Norte”, disse o gerente executivo da TV Assembleia, Gerson de Castro.

Já no início das discussões, a professora Betânia Ramalho destacou a importância do espaço para formação do cidadão mais consciente. “Muito importante que a educação, que é um campo de formação de todos os profissionais, tenha esse meio de discussão tão importante. Ainda mais se entendermos que este é o fator mais eficiente e mais importante no desenvolvimento humano”, destacou.

Focada no tema do encontro, a convidada ressaltou os efeitos da pandemia na educação e trouxe uma reflexão importante sobre o tema. “A pandemia pegou de surpresa o planeta. Já vivíamos em uma situação alarmante, quando falamos na qualidade da educação entregue a sociedade. Essa pandemia chega em um momento que a educação já era muito ruim e que agora se aguça porque estamos há seis meses, sem escolas funcionando, onde os alunos não estão frequentando o lugar onde eles eram educados, e onde para muitos, aquele era o único espaço onde havia o verdadeiro sentido de família e formação”, disse.

Leia maisSetembro Cidadão: live da Assembleia Legislativa debate sobre educação em tempos de pandemia

Hermano requer que Governo inclua bandas de música nas ações da Lei Aldir Blanc

Depois de ouvir o Colegiado de Líderes, o deputado estadual Hermano Morais (PSB) solicitou, através de requerimento apresentado à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que a Fundação José Augusto inclua as demandas da União das Bandas de Música do RN (Unibam), nas ações estaduais de cultura a serem desenvolvidas com os recursos da Lei Aldir Blanc. O requerimento foi encaminhado à governadora Fátima Bezerra (PT) e ao presidente da FJA, Crispiniano Neto.

“As bandas de música do Estado do Rio Grande do Norte vivem com dificuldades. Os recursos que chegam são insuficientes, o que as fazem penar para subsistir”, afirmou Hermano em seu requerimento. Para o parlamentar, a falta de ajuda financeira é uma “demonstração de que o poder público não consegue visualizar a importância cultural, musical e social que as bandas oferecem, formando músicos e tirando centenas de jovens da condição de marginalidade”, reforçou Hermano.

De acordo com o deputado, as bandas vêm sobrevivendo, em sucessivos governos estaduais, que nunca criaram políticas públicas voltadas para este segmento, sem apoio ‘material, financeiro e institucional’. O deputado reforça, em seu requerimento, que as bandas de música são parte integral da história dos municípios e que formam jovens não apenas para a música, mas para a vida.

Petrobrás vai se concentrar em SP e no Rio; Estados lançam a campanha ‘fica’

Ação da Petrobras está com um desconto de 37% e é oportunidade de compra – Money Times

De saída das regiões Norte, Nordeste e Sul do País, a Petrobrás enfrenta a resistência de governos locais à venda dos seus ativos. A empresa já anunciou que vai concentrar investimentos no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde está o petróleo do pré-sal. Mas, para conseguir sair dos demais Estados, vai precisar negociar uma série de dívidas ambientais, tributárias e trabalhistas. Governadores e parlamentares não têm pressa em deixar a estatal ir embora. Além dos passivos acumulados, eles também estão atentos a uma possível queda na arrecadação e à contração do mercado de trabalho.

Ao todo, existem 164 áreas de produção de petróleo e gás da Petrobrás sendo vendidas em todo o Brasil, segundo mapeamento divulgado pela agência de notícias especializada epbr, atualizado em agosto deste ano. Desse total, 148 áreas estão localizadas fora do eixo Rio-São Paulo. A empresa também está se desfazendo de infraestrutura logística, usinas térmicas, eólicas e de biocombustíveis, fábricas de fertilizantes e terminais de importação de gás natural líquido.

Na tentativa de anteciparem possíveis problemas que surjam com os desinvestimentos, representantes dos governos e deputados de seis Estados têm se reunido virtualmente com a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Petrobrás, do Congresso, que lançou há pouco mais de um mês a campanha ‘Petrobrás, fica!’. “É um clamor para que a empresa explique por que está deixando o resto do Brasil e se concentrando no Rio e em São Paulo. O que ela vai fazer com os incentivos fiscais e passivos de anos?”, questionou o presidente da frente parlamentar, Jean Paul Prates (PT-RN).

Leia maisPetrobrás vai se concentrar em SP e no Rio; Estados lançam a campanha ‘fica’

CHAPA HOMOLOGADA: Marineide Diniz e Júnior Benevides vão disputar a prefeitura de Carnaubais

No ultimo sábado, o partido Democratas de Carnaubais oficializou a candidatura de Marineide Diniz como prefeita e vice da chapa, o ex-prefeito Júnior Benevides.

O encontro contou com a presença de diversas lideranças locais e estaduais, como o deputado estadual Coronel Azevedo, que deu apoio irrestrito a candidatura da chapa.

Diante de tanto escândalo que vive hoje a cidade de Carnaubais, envolvendo o atual prefeito Thiago Meira, a população sonha com dias melhores. A pré candidata Marineide Diniz destacou: “Estou preparada para ao lado de Júnior Benevides, devolver a prefeitura ao povo e virar uma página na história de Carnaubais. Estamos juntos nessa grande caminhada rumo a vitória”.

Bolsonaro veta perdão a dívidas de igrejas, mas sugere que Congresso derrube sua própria decisão

O presidente Jair Bolsonaro Foto: Marcos Correa / Divulgação

Atendendo à equipe econômica, o presidente Jair Bolsonaro vetou trecho da lei aprovada pelo Congresso que concedia perdão a dívidas previdenciárias e tributárias de igrejas e templos. A medida foi assinada na última sexta-feira e será publicada no Diário Oficial da União nesta segunda-feira. Após a Secretaria-Geral da Presidência comunicar o veto, Bolsonaro foi às redes sociais e defendeu que o Congresso derrube sua própria decisão. Além disso, afirmou que vai enviar uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para “uma possível solução para estabelecer o alcance adequado para a a imunidade das igrejas nas questões tributárias”.

Em nota divulgada à imprensa, a Secretaria-Geral informou que o presidente decidiu vetar a proposta porque ela apresentava “obstáculo jurídico incontornável”, que poderia implicar em crime de responsabilidade. Nas redes, Bolsonaro afirmou que a medida foi necessária “para que eu evite um quase certo processo de impeachment”. No mesmo texto, o presidente defendeu que os parlamentares derrubem sua decisão:

“Confesso, caso fosse Deputado ou Senador, por ocasião da análise do veto que deve ocorrer até outubro, votaria pela derrubada do mesmo”, escreveu.

As dívidas das igrejas totalizam R$ 889 milhões em débitos inscritos na Dívida Ativa da União. A proposta retirava templos da lista de pessoas jurídicas sobre as quais incide a Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL). Apesar de vetar esse ponto, o presidente sancionou, por outro lado, artigo que afirma que não se considera como remuneração, para efeitos previdenciários, o valor pago por entidades religiosas a pastores e ministros. O que dá brecha para que, no futuro, não seja aplicada tributação sobre essas atividades.

Leia maisBolsonaro veta perdão a dívidas de igrejas, mas sugere que Congresso derrube sua própria decisão

RJ: Rafael Alves tem ajudado nas investigações sobre as disputas do jogo do bicho

Rafael Alves compareceu ao enterro do bicheiro Alcebiades Paes Garcia em fevereiro deste ano Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo

Se por um lado o empresário Rafael Alves vem sendo bombardeado pelo Ministério Público do Rio (MP-RJ) e apontado como ‘h’omem-bomba’  na investigação do QG da propina montado na prefeitura de Crivella, por outro tem ajudado promotores em investigações que apuram as ligações de matadores de aluguel com as disputas envolvendo o jogo do bicho.

Alves é um arquivo vivo de informações sobre o mundo do samba e da contravenção por ter sido casado com Shanna Harrouche Garcia Lopes, filha do bicheiro Waldemir Paes Garcia, o Maninho. Ambos mantiveram a amizade e voltaram a morar juntos depois que Shanna foi alvo de um atentado em outubro do ano passado na Barra da Tijuca.

Leia maisRJ: Rafael Alves tem ajudado nas investigações sobre as disputas do jogo do bicho

MAR DE GENTE: Republicanos homologa candidatura de Ivan Júnior e Eurimar na disputa pela Prefeitura do Assú

O partido Republicanos realizou no início da noite deste sábado, 12, convenção para homologar Ivan Júnior como pré candidato a prefeito do Assú, com Eurimar como vice, além de demais pré candidatos a vereadores, em um evento histórico na cidade, que contou ainda com a presença dos deputados Benes Leocádio e de Nelter Queiroz, parceiros em busca de emendas e melhorias pra cidade.

Com todos de máscara e obedecendo as medidas de segurança, a população foi a convenção como forma de apoio para mostrar que quer o ex prefeito de volta ao comando da Prefeitura.

Durante o dia, o deputado Gustavo Carvalho foi almoçar com os pré candidatos e mostrou seu apoio a chapa Ivan Júnior e Eurimar. Ainda na convenção, a deputada Eudiane também participou através de vídeo por não poder comparecer a cidade, expressando seu desejo de que Assú faça a escolha certa no dia da eleição.

Em um discurso emocionante, Ivan expressou todo seu desejo de cuidar da cidade que está hoje abandonada. “Nasci, Cresci e vivo nessa cidade. Tenho orgulho de ser filho desta terra. Assú é minha casa”, afirmou o ex prefeito.

Sindicato dos Médicos do RN aciona Justiça para impedir transferência de leitos do Hospital Ruy Pereira

Sindicato dos Médicos do RN entrou na Justiça para evitar transferências de leitos do Hospital Ruy Pereira — Foto: Quézia Oliveira/Inter TV Cabugi

O Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed-RN) e a Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV-RN) acionaram a Justiça para interromper o processo de transferência de leitos e pacientes do Hospital Estadual Ruy Pereira para o Hospital da Polícia Militar, que vai receber a partir deste mês os casos cirúrgicos e de UTI – o Hospital João Machado receberá os casos clínicos.

Essa transferência acontece após decisão judicial, resultado de um acordo entre a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Ministério Público Estadual e Federal e Conselho Regional de Medicina.

Para o médico Gutenberg Gurgel, presidente da Sociedade Brasileira de Angiologia, uma das autoras da ação, os outros hospitais não têm a estrutura adequada para atender a demanda vascular e ortopédica no Estado. Com a saída dos leitos, os médicos temem pelo fechamento da unidade.

“A gente não pode pactuar com o fechamento de um hospital desse porte, que tem três salas de cirurgia disponíveis para cirurgia vascular e de repente você é encaminhado para um hospital com uma sala de cirurgia disponível para cirurgia vascular e ainda vai desmobilizar toda a equipe”, falou Gutenberg Gurgel.

Leia maisSindicato dos Médicos do RN aciona Justiça para impedir transferência de leitos do Hospital Ruy Pereira

Projeto de Kleber Rodrigues prevê teste do bracinho em crianças a partir de 3 anos

O deputado Kleber Rodrigues (PL) protocolou, na Assembleia Legislativa, um Projeto de Lei que institui a realização do teste do bracinho, para aferir a pressão arterial de crianças a partir de três anos, em consultas pediátricas da rede pública de saúde do Rio Grande do Norte.
O teste do bracinho tem como objetivos a prevenção, o rastreio e o diagnóstico de hipertensão arterial infantil; doenças renais; doenças cardíacas; além de complicações cardiológicas, renais e na retina.

“A hipertensão arterial sistêmica (HAS) é uma doença que acomete pessoas de qualquer idade. Pesquisas mostram que 5 a cada 100 crianças têm pressão arterial superior que a normal. E estudos epidemiológicos realizados no Brasil nos últimos anos têm mostrado que a prevalência de HAS em crianças e adolescentes é de 0,8% a 8,2%”, informou o parlamentar.

Kleber acrescentou que, com esses dados, fica clara a importância da incorporação da medição de pressão arterial na avaliação pediátrica de rotina. “Esse procedimento tem permitido o diagnóstico mais precoce da HAS, possibilitando seu tratamento, já que, se a doença não for controlada, ela pode prejudicar vários órgãos do corpo, como coração, rins e cérebro”, argumentou.

Após o teste, as crianças que apresentarem alteração na pressão arterial serão encaminhadas ao atendimento especializado e realização de exames complementares.

O Poder Executivo terá o prazo de noventa dias para regulamentar a referida Lei, a partir de sua entrada em vigor.

Nelter Queiroz afirma que George Soares é um deputado lagartixa

O deputado Nelter Queiroz esteve ontem na 89 Fm em Assú, e duarante entrevista, afirmou que o deputado George Soares é o típico deputado “lagartixa”, aquele que só balança a cabeça para os projetos que o Governo envia.

Nelter que é conhecido em todo o estado, por não ter papas na línguas, e principalmente por ser corajoso e não ceder a ameaças de quem quer que seja, e que critica quando tem de criticar, defendendo a qualquer custo a população do estado que o elege há 8 mandatos, relatou que ninguém manda em seu mandato, além do povo.

O parlamentar ainda destacou a subserviência de George, o deputado lagartixa que concorda com tudo que o governo do Estado faz com o povo. George é um deputado que além de largatixa é um grande demagogo e oportunista só olhando o povo ser desrespeitado, enquanto ele é beneficiado, defendendo seus cargos indicados, como seu sogro, cunhada e demais familiares, babando por qualquer benesse que a governadora possa ofertar.

Nelter ainda fez duras críticas a atual gestão, a ausência do prefeito, e o desastre que é a saúde do municipio, que recebeu mais de 10 milhões para ações de combate ao Covid e que ninguém sabe onde foi aplicado

NO CABRESTO: Prefeito Gustavo “Paraguaçu” exige a presença de cargos e servidores do Assú e Estado para reuniões em prol de sua candidatura

O prefeito do Assú, Gustavo Soares, que estava ausente há quase uma semana do município, e agindo como se não tivesse responsabilidades com o cargo ao qual foi eleito, voltou ontem a dar as caras na cidade, e ao lado do seu irmão, o deputado “boquinha” George Soares.

A dupla que seguem os ensinamentos de seu pai, o vigarista Ronaldo Soares, estão tocando o terror, já que seus aliados mais chegados, fazem ligações para os cargos comissionados e servidores com gratificação, obrigando – os a comparecerem nas reuniões em prol de sua candidatura.

Esse tipo de ameaça e numa clara alusão ao voto de cabresto, lembra bem a Sucupira, cidade governada por Odorico Paraguaçu, que fazia investidas retóricas como recurso para entreter, e suas decisões eram tomadas não porque eram as mais corretas, mas porque eram as que combinam mais com sua conveniência. Um teatro armado para enganar, ameaçar e manipular os eleitores, e que deveria ser investigado pelos órgãos competentes, pois é configurada como crime eleitoral.

Será que é só mera coincidência, Gustavo voltar a incorporar o personagem que enganou a população há quase quatro anos atrás? Na vida real, ele passou 4 anos fora e vivendo na capital às custas do seu salário de prefeito, e agora, ele volta pro personagem inicial, um médico que quer ser prefeito e cuidar do povo. Mas esquece que não fez isso durante os últimos anos.

A existência de políticos que se assemelham a Odorico, como Gustavo Soares, representa uma renúncia àquilo que é mais valiosa na democracia, a coragem de agir de acordo com a própria consciência, sem roteiros ensaiados.

Porque em Assú, Gustavo agiu em 2016 como Odorico, deitou e rolou na inocência dos humildes habitantes do lugar, inventando promessas mirabolantes que nunca cumpriu, e maquiando a gestão com a sua falta de propósito e compromisso com a cidade.

Mas a população pode se rebelar contra isso, filme, grave, printe, e envie para a justiça, gere a prova de que você não está exercendo seu direito a liberdade, e o pior, está sendo obrigado e ameaçado por receber uma vantagem que é direito por trabalhar, e que está sendo usado supostamente para chantagem por parte de um candidato a reeleição.

Ministério Público Eleitoral faz representação contra blogueiro por propaganda eleitoral irregular

O Ministério Público Eleitoral protocolou, nesta sexta-feira (11/09), uma representação na Justiça Eleitoral contra o blogueiro e pré-candidato a vereador Edésio Silva e contra a Sra. Vilma Bento por propaganda eleitoral irregular.

A ação, de n. 0600053-74.2020.6.20.0030 foi proposta pelo Promotor de Justiça Eleitoral de Macau, Dr.Mac Lennon.

A representação é um desdobramento do Procedimento Preparatório Eleitoral n, 113.2020.000841 instaurado pelo Promotor para investigar propaganda eleitoral antecipada promovida pelo Edésio e por Vilma Alexandre da Silva Bento.

No procedimento aberto pela Promotoria, Edésio e Vilma já tinham sido notificados para que parassem imediatamente de continuar transmitindo um banner contendo mensagem negativa e com pedido de voto contrário aos vereadores e Prefeito do PSD, o que, segundo o Promotor, configura em tese propaganda eleitoral antecipada.

Com o caso agora tramitando na Justiça Eleitoral, Edésio e Vilma Bento deverão ser condenados ao pagamento de uma multa que varia de R$ 5 mil a 25 mil.

SINE-RN tem 77 vagas de empregos nesta sexta-feira (11) para Natal e Região Metropolitana

SINE/RN retoma atendimento presencial para seguro-desemprego - Jornal Agora  RN

A Subsecretaria do Trabalho da Sethas-RN, através do SINE-RN, oferece hoje 77 vagas de emprego para Natal e Região Metropolitana.

Para concorrer as vagas, o(a) candidato(a) deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Neste momento devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Sine-RN não está com atendimento presencial para Vagas de Emprego.

VEJA AS OFERTAS DE VAGAS DE EMPREGO POR OCUPAÇÃO:

ATENDENTE DE BALCÃO       7

AUXILIAR ADMINISTRATIVO 1

AUXILIAR CONTÁBIL    1

AUXILIAR DE MANUTENÇÃO ELÉTRICA E HIDRÁULICA      1

CHEFE DE SERVIÇO DE LIMPEZA   1

COMPRADOR      1

CONSULTOR DE VENDAS      10

COZINHEIRO DE RESTAURANTE    1

ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES  1

ESTOFADOR DE MÓVEIS      1

MANICURE 5

MECÂNICO DE AUTO EM GERAL     1

MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE AUTOMÓVEIS, MOTOC. E VEÍCULOS SIMILARES 1

MECÂNICO DE MOTOCICLETAS     2

MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO      3

MONTADOR DE MÓVEIS E ARTEFATOS DE MADEIRA 2

MONTADOR DE VIDROS       1

MONTADOR SOLDADOR       1

OPERADOR DE RETRO-ESCAVADEIRA     2

PEDREIRO  2

PIZZAIOLO 1

POLIDOR DE AUTOMÓVEIS   1

RECEPCIONISTA ATENDENTE        1

REPRESENTANTE COMERCIAL AUTÔNOMO      20

SERRALHEIRO DE ALUMÍNIO 1

SUPERVISOR DE SEÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS       1

SUPERVISOR DE VENDAS COMERCIAL    1

TÉCNICO DE EDIFICAÇÕES   1

TÉCNICO DE REDE (TELECOMUNICAÇÕES)     1

TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO (INSTALAÇÃO)   2

VIDRACEIRO DE QUADROS E MOLDURAS (COMÉRCIO VAREJISTA)     2

Ezequiel cobra ações de saúde, segurança e habitação para o Seridó

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), protocolou quatro requerimentos para tratar de temas diversos e importantes para a população do município de Cruzeta, no Seridó potiguar. As cobranças de ações são para benefícios nas áreas de saúde, habitação, segurança e saneamento. O município tem população estimada em 7.983 habitantes e tem problemas pontuais que o parlamentar quer colaborar com a solução.

Para ajudar com as ações investigativas e coibir a criminalidade no município, Ezequiel Ferreira solicitou ao secretário de Segurança do Estado, Coronel Francisco Canindé de Araújo Silva, a recuperação geral da delegacia. Segundo o deputado, o município está bastante vulnerável quanto à segurança pública e a situação da única delegacia na cidade está precária, em péssimo estado de conservação, apresentando rachaduras nas paredes, com a parte hidráulica e elétrica deterioradas. Para Ezequiel, a reforma vai contribuir para o combate à criminalidade e garantir qualidade de vida da população.

Por outro lado, Ezequiel também encaminhou requerimento à secretária do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, Iris Maria de Oliveira, solicitando a construção de casas populares para a população da cidade. De acordo com o parlamentar, o déficit habitacional é uma realidade no município e precisa de uma atenção especial.

“A casa própria hoje constitui a principal reivindicação das famílias brasileiras, especialmente das mais carentes de recursos financeiros, e ao mesmo tempo, é dever do poder público dotar essas famílias de uma infraestrutura básica para que possam viver com o mínimo de dignidade. O município clama por uma ajuda para atender às famílias carentes que não possuem condições para arcar com as despesas de edificação de suas casas”, justificou Ezequiel Ferreira.

Outras duas ações são voltadas para as áreas de saúde e saneamento. Enquanto pede o estudo sobre a possibilidade de se viabilizar um carro fumacê para o combate ao mosquito transmissor de doenças como zika, dengue e chikungunya, o deputado também cobra um estudo para analisar a viabilidade de obras de saneamento básico na cidade. Para Ezequiel, o saneamento, além de ser uma atividade relacionada com o abastecimento de água potável, o manejo de água pluvial, a coleta e tratamento de esgoto, também é um item essencial para que sejam evitadas doenças.

“Por esses motivos, solicito que seja realizado pelo Governo, através da Caern, um estudo de viabilidade para a execução do saneamento básico no município de Cruzeta, que vai contribuir significativamente com a saúde da população da cidade”, disse o deputado.

José Dias cobra retorno das obras da Central do Cidadão de Cidade da Esperança

A retomada e conclusão das obras da Central do Cidadão no bairro de Cidade da Esperança foi o teor do requerimento protocolado pelo deputado José Dias (PSDB) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

“Essa central está prevista para atender a um público de aproximadamente 50 mil pessoas, e suas obras estão paralisadas desde 2017, sendo motivo de preocupação e angústia para os moradores da região”, destacou José Dias.

Segundo o parlamentar, para que seja concluído o empreendimento, são necessários alguns ajustes e equipamentos, como o forro do teto, a rede elétrica, a subestação e a central de ar-condicionado.

O documento será enviado ao Governo do Estado, através da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social – Sethas.

Guamaré: MPRN obtém na Justiça condenação de ex-presidente da Câmara envolvido em esquema de corrupção

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) conseguiu, na 2ª Vara da Comarca de Macau, a condenação de Emilson de Borba pelo envolvimento no esquema de desvio de dinheiro público através de fraudes em licitações na Câmara Municipal de Guamaré.
A operação 10º Mandamento, deflagrada pelo MPRN em maio de 2019, também teve o objetivo de apurar crimes contra o patrimônio público no período em que Emilson de Borba esteve à frente da Câmara de Guamaré.
O Juízo da 2ª Vara de Macau condenou o ex-gestor com culpabilidade acentuada. Para o magistrado, o parlamentar “valeu-se da sua posição de chefe do executivo municipal para praticar as condutas, violando, assim, a confiança nele depositada pelos cidadãos de Guamaré/RN e por seus pares, agindo, desta forma, com dolo intenso”. O MPRN apurou que o patrimônio de Emilson de Borba teve uma evolução patrimonial descomunal nos anos entre 2015 e 2017. O patrimônio dele era de R$ 0 em 2015, saltou para R$ 354.517,59 em 2016 e de R$ 348.000,00 em 2017.
Emilson de Borba foi condenado a uma pena definitiva de 06 anos de reclusão 120 dias multa pela prática do crime peculato (art. 312 do Código Penal), e de 02 anos e 11 meses de detenção e 130 dias multa pelo crime de fraude à licitação (art. 90 da Lei nº 8.666/1993).

Leia maisGuamaré: MPRN obtém na Justiça condenação de ex-presidente da Câmara envolvido em esquema de corrupção

Governo avalia zerar tarifa de importação de soja

Governo pode zerar tarifa de importação da soja Foto: Reuters

Sem planos de controlar diretamente a formação de preços dos alimentos e com os estoques cada vez mais baixos, o governo poderá repetir com a soja o que fez com o arroz na quarta-feira: reduzir a zero a tarifa de importação, hoje em 10%, até o fim deste ano, de uma quantidade limitada do produto que vier de países fora do Mercosul. A ideia é aumentar a oferta no mercado doméstico, o que contribuiria para reduzir o preço.

Mas, segundo especialistas, com o dólar alto, o produto importado ainda chegaria aqui com preço elevado. O cenário cambial também estimula produtores brasileiros a exportarem soja.

No caso da soja, a avaliação é que a forte concentração das exportações para o mercado chinês poderá prejudicar as indústrias de óleo de soja e derivados do produto, também usado como ração animal. Os EUA poderiam fornecer o produto ao Brasil temporariamente com o imposto menor. Hoje, já se importa soja paraguaia.

Segundo uma fonte da área econômica, a combinação entre preços elevados dos alimentos no mercado externo e real desvalorizado frente ao dólar vai estimular ainda mais as exportações do agronegócio, incluindo a soja. Com isso, o produto pode faltar ou ficar mais caro.

Leia maisGoverno avalia zerar tarifa de importação de soja

MPRN denuncia empresários de loja de suplementos por tráfico, crime contra a saúde pública e lavagem de dinheiro

MPRN denuncia empresários por tráfico, crime contra a saúde pública e  lavagem de dinheiro
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ajuizou denúncia contra proprietários de loja de suplementos localizada em Natal e com filiais em Parnamirim. Os empresários – mãe e filho – são acusados de comercializar anabolizantes, suplemento à base de psicotrópico proibido no Brasil e outras que não tinham registro junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
As investigações da Polícia Civil começaram após denúncia anônima realizada através do Disque-Denúncia dando conta de que o denunciado estava vendendo essas substâncias no seu estabelecimento comercial. Além disso, o comportamento do empresário despertou  suspeitas sobre rápido enriquecimento ilícito por ser incompatível com a atividade comercial empreendida. Então, foi instaurado inquérito policial específico para apurar esse fato.
As  suspeitas  aumentaram  quando foi verificada uma repentina expansão da rede de lojas do denunciado, a partir de 2016. Diversas filiais foram abertas em Natal e em Parnamirim. Ao mesmo tempo, o empresário publicava nas suas redes sociais um estilo de vida de um empreendedor de alto padrão: viagens para o exterior, carros importados, patrocínio de festas em boates famosas da Capital potiguar; inauguração de lojas com a presença de  celebridades nacionais.

Leia maisMPRN denuncia empresários de loja de suplementos por tráfico, crime contra a saúde pública e lavagem de dinheiro

Reitor do IFRN acata recomendação do MPF e revoga compra de notebooks

Reitoria IFRN — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

O reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do RN (IFRN), Josué de Oliveira Moreira, acatou recomendação do Ministério Público Federal (MPF) e revogou o processo de compra de 20 notebooks do modelo Macbook i5 13″. Os aparelhos seriam utilizados pela equipe de gestão. O MPF observou que há outros computadores com qualidade similar e preços menores que os R$ 12.700 previstos para esse modelo.

A recomendação, de autoria do procurador da República Kleber Martins, apontava a necessidade de o IFRN considerar um maior número de marcas e modelos disponíveis no mercado, ampliando o objeto da compra e buscando a melhor relação custo-benefício. A Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) da Procuradoria da República no RN apresentou estudo com a existência de computadores com configurações muito próximas ou mesmo superiores em diversos quesitos (para a finalidade pretendida) e a preços bem menores.

O relatório dizia que “apesar de ser um aparelho muito bom e ter uma performance ótima, a relação custo-benefício é questionável, sobretudo para uma utilização básica. Quando comparado com outros notebooks equipados com o Windows e configuração e material similares, não percebemos vantajosidade na escolha pelo equipamento da Apple para uma utilização administrativa”.

O representante do MPF destacou ainda que o IFRN, como instituição pública, precisa levar em conta os princípios constitucionais da eficiência e da economicidade, “a fim de evitar questionamentos e mesmo ações judiciais atribuindo a pecha de ilegalidade aos atos”.

G1RN

ASSÚ: Gravações com promessas de cargos pela atual gestão poderão ser investigadas pelo Ministério Público

Segundo circula nos bastidores, já está nas mãos do Ministério Público, várias gravações de possíveis negociações da atual gestão do prefeito Gustavo Soares com eleitores, em que são feitos acertos para nomeações de cargos comissionados, que podem ser configurados como compra de votos nesse período eleitoral.

O burburinho é grande, de que os órgãos fiscalizadores aguardam apenas a publicação no Diário Oficial dessas nomeações, para que iniciem as possíveis investigações e assim, coibam esse tipo de prática que além de ser ilegal, é
imoral.

FALTA TRANSPARÊNCIA: Prefeito de Jucurutu licita obra de quase 2 milhões e TCE determina paralisação

O deputado estadual, Nelter Queiroz, que sempre lutou pelo povo do RN e em especial pela sua terra natal, trouxe a público em sua rede social no Instagram, uma determinação do Tribunal de Contas do Estado do RN, em que o prefeito de Jucurutu, Valdir Medeiros, o “liso” que agora banca de “rico”, licitou uma obra de R$ 1 milhão e 600 mil reais e o TCE determinou a paralisação.

O TCE diz que a obra foi suspensa por indícios de corrupção e Nelter ainda disse: “O prefeito maldosamente iniciou a obra, pois a decisão já estava nas redes sociais”, se referindo a péssima conduta do prefeito Valdir.

A auditora do TCE, Ana Paula de Oliveira Gomes, suspeita de ter fortes indícios no valor da obra e a outra suspeita é que o dono da construtora é um vereador do partido político do prefeito de Jucurutu.

Valdir Medeiros já vem com condutas duvidosas há muito tempo e isso tem chamado atenção dos órgãos públicos fiscalizadores. Agora, vamos aguardar como vai ser o desfecho dessa história.

Comissão de Educação da ALRN aprova inclusão do pescado no Programa de Compras do Governo

A Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico e Social (CECTDES) realizou nesta quinta-feira (10), a primeira reunião presencial após a retomada dos trabalhos híbridos na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Na pauta da reunião, 21 projetos de Lei foram apreciados pelos deputados Francisco do PT, Hermano Morais (PSB) e Eudiane Macedo (Republicanos), presidente e membros da comissão.

“A comissão inaugura esse novo momento da Assembleia Legislativa, que é a volta dos trabalhos presenciais. É importante lembrar que estamos seguindo todas as orientações de biossegurança e das autoridades de saúde para estarmos aqui”, disse o presidente da Comissão, Francisco do PT, ao abrir os trabalhos.

Entre as matérias aprovadas pela Comissão, destaque para o Projeto de Lei nº139/2020, de autoria do deputado Francisco do PT que inclui um percentual mínimo na aquisição de produtos junto a pescadores artesanais e aquicultores familiares no Programa Estadual de Compras Governamentais da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Pecafes).

“A criação do Pecafes é marco fundamental para todos que fazem a agricultura familiar no Rio Grande do Norte, funcionando como um importante instrumento para o fortalecimento dessa. Contudo, acreditamos que é possível ocorrer avanços para esse setor e o aperfeiçoamento do programa. É nesse sentido que apresentamos essa proposição legislativa: melhorar aquilo que já é ótimo. E o fazemos olhando para os pescadores artesanais e aquicultores familiares”, disse o autor da matéria Francisco do PT.

Outras duas matérias que beneficiam a classe tramitaram na Comissão e foram aprovadas à unanimidade. O projeto de Lei nº 178/2020, de autoria de Francisco do PT que institui no calendário oficial do Rio Grande do Norte, o dia do pescador artesanal e do aquicultor familiar e o projeto de Lei nº 397/2019 que dispõe sobre a política estadual de desenvolvimento e apoio às atividades das mulheres marisqueiras no Rio Grande do Norte, de autoria da deputada Isolda Dantas (PT).

Leia maisComissão de Educação da ALRN aprova inclusão do pescado no Programa de Compras do Governo

Francisco do PT pede cessão de prédios da Emater para cooperativa familiar

Proporcionar utilidade a dois edifícios abandonados pelo Poder Público, no município de João Câmara, e contribuir para a melhoria da Economia Familiar da região. Esses foram os objetivos do deputado Francisco do PT ao solicitar, via requerimento, a cessão de prédios não utilizados da Emater (Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural) para uso da Cooafes (Cooperativa dos Agricultores Familiares, da Pesca Artesanal e Economia Solidária da Região do Mato Grande).

“Existem, hoje, no município de João Câmara, dois prédios da Emater que não estão sendo utilizados. São construções públicas sem finalidade alguma, e isso já faz um bom tempo. Por isso entendemos que esses edifícios serão mais bem aproveitados se forem cedidos para a Cooafes, que ficaria responsável pela manutenção das edificações e, o mais importante, lhes daria utilidade e finalidade pública”, argumentou Francisco.

Segundo o deputado, a cooperativa planeja utilizar os prédios como central de recebimento e classificação de ovos e casa de sementes crioulas.

“Também já existe projeto certificado pela Secretaria do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar relacionado ao assunto. A proposta é que os cooperados tenham um espaço para agregar valor aos ovos, podendo inserir a proteína nas compras governamentais, para melhorar a renda dos produtores. E o mesmo vai ocorrer para os que trabalham com as sementes crioulas”.

O documento foi encaminhado à Governadora do Estado, Fátima Bezerra (PT), e ao Diretor geral da Emater, César José de Oliveira, para as devidas providências.

Esquema de fraudes em vestibulares tem médicos presos e pagamentos de até R$ 120 mil

Esquema de fraudes em vestibulares tem médicos presos e pagamentos de até R$ 120 mil

Fantástico teve acesso a informações exclusivas sobre uma investigação que desvendou um grande esquema de fraude em vestibulares de medicina em todo o país. Cinco médicos e uma estudante do sétimo período de medicina foram presos nesta semana em três estados, suspeitos de integrarem uma organização criminosa. Eles recebiam dinheiro para fazer o vestibular no lugar de candidatos que pagavam pela fraude.

De acordo com a polícia, o esquema criminoso chegava a até R$ 120 mil e a busca por alunos era feita de boca em boca em cursinhos e colégios.

Essas pessoas conseguiam entrar para fazer a prova no lugar do candidato usando documentos falsos. Só que a quadrilha não contava com a segurança de algumas faculdades – em uma delas, uma das medidas era fotografar os candidatos antes de cada prova; em outra, capturar as impressões digitais.

Os alunos e pais que faziam parte do esquema também estão sendo investigados por estelionato e falsificação de documentos. Se condenados, podem pegar sete anos de prisão.

G1

 

DESISTIU DE NOVO? Gustavo Soares “desaparece” de Assú e gera incerteza em seu grupo

O prefeito do Assú, Gustavo Soares, que é um fantoche nas mãos do irmão, o deputado George Soares, está ausente há quase uma semana do município, e gera muita incerteza dentro de seu grupo, de que esse sumiço pode ser uma possível nova desistência de seu nome na disputa pela Prefeitura do Assú.

Todo mundo sabe que Gustavo não reside em Assú e que nunca se esforçou para governar do jeito certo a cidade que o elegeu em 2016, e que ele tentou cair fora mas foi forçado a dar ré e aceitar ser candidato mesmo contra a sua própria vontade, e estando com péssima avaliação perante a opinião pública e sendo o segundo colocado em pesquisas anteriormente divulgadas.

A única pesquisa em que Gustavo saiu na frente, divulgada pela SETA, não causou impacto no meio político, já que quem mora em Assú e que anda no comércio ou nas ruas, sabe que a pesquisa não condiz com a realidade, em que as pessoas criticam duramente sua ausência e uma gestão negligente, que não cuida do povo.

Agora, vamos esperar até quando o prefeito “doril” vai ficar sem prestar contas a população que paga seu salário pra governar a cidade, enquanto ele passeia e curte a vida luxuosa na capital e esquece suas obrigações.

Judiciário, Ministério Público e estatais lideram os gastos com servidores

A folha de salários de servidores e integrantes do Judiciário e do Ministério Público da União, assim como de militares e empregados de empresas públicas, estão entre as que mais cresceram entre 2010 e 2019, segundo dados do governo obtidos pelo Estadão/Broadcast. No período, o gasto com o funcionalismo do Judiciário subiu 94,2%, enquanto o do MPU mais que dobrou: a alta foi de 114%.

Em valores absolutos e sem descontar a inflação, a despesa com pessoal no Judiciário federal engordou R$ 23,18 bilhões na última década e se transformou numa das principais “torneiras” abertas de gastos dentro do governo.

Os gastos englobam os servidores ativos e inativos e também os chamados membros dos Poderes, como juízes, procuradores e parlamentares, categorias que ficaram de fora da reforma administrativa enviada pelo governo ao Congresso Nacional. Os militares, cuja despesa com pessoal deu um salto de 95% em dez anos, também escaparam da reforma do RH do setor público.

Leia maisJudiciário, Ministério Público e estatais lideram os gastos com servidores

Toffoli nega pedido de Witzel para suspender afastamento

Toffoli nega pedido de Witzel para suspender afastamento

Dias Toffoli negou o pedido de Wilson Witzel para derrubar a decisão do STJ que o afastou do cargo de governador.

“Sempre reputei pertinente, na esteira da jurisprudência editada por esta Suprema Corte a respeito do tema, a possibilidade de decretação e mesmo de prorrogação de afastamentos
desse tipo”, afirmou o ministro na decisão.

O pedido foi apresentado pela defesa logo após a decisão monocrática do ministro Benedito Gonçalves, no último dia 28 de agosto, que determinou a medida.

Na semana passada, por 14 votos a 1, a Corte Especial do STJ referendou o afastamento.

Witzel foi acusado de corrupção e lavagem de dinheiro por R$ 554 mil recebidos pelo escritório da primeira-dama, Helena Witzel, de empresas contratadas pelo estado.

Os ministros do STJ mantiveram o afastamento ao considerar que as investigações ainda estão em andamento.

O antagonista

PGR defende manutenção de foro privilegiado em mandatos cruzados

PGR defende manutenção de foro privilegiado em mandatos cruzados

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques de Medeiros, defendeu, em documento enviado ontem ao STF, a manutenção do foro privilegiado para casos de mandatos cruzados, tese que beneficia Flávio Bolsonaro na investigação sobre a rachadinha.

A questão, que hoje divide os ministros do STF, consiste em saber se uma investigação relacionada ao mandato de um deputado deve descer para a primeira instância quando ele se elege senador ou se deve permanecer no tribunal superior.

No documento enviado ao Supremo, Medeiros recorreu da decisão da ministra Rosa Weber que mandou para a primeira instância investigação aberta recentemente sobre o senador Márcio Bittar (MDB-AC), por suposto desvio da cota parlamentar quando era deputado federal.

Leia maisPGR defende manutenção de foro privilegiado em mandatos cruzados

Eudiane Macedo cobra adoção de medidas de biossegurança na educação pública

A deputada Eudiane Macedo (Republicanos) demonstrou preocupação com o anúncio do retorno das aulas presencias apenas para o ano de 2021, feito pela Prefeitura de Natal e Governo do Estado. A parlamentar destacou os efeitos colaterais da manutenção das aulas remotas e pediu a adoção dos mesmos protocolos de biossegurança que estão sendo exigidos das escolas particulares, para as instituições de ensino da rede pública.

“Eu reconheço que o Governo está tendo cautela e cuidado quando se fala do retorno às aulas. Infelizmente foi anunciado que o retorno só aconteceria a partir de 2021. É muito preocupante esse fato a partir do momento que, muitas mães são chefes de famílias e estão pedindo demissão para cuidar dos filhos. Pois nem todas as famílias têm condições, o privilégio de deixar o filho em casa para trabalhar”, observou.

Eudiane Macedo destacou a importância e necessidade do retorno das aulas também nas escolas públicas. “É falha do governo a partir do momento que, assim como as escolas privadas, deveriam estar se adequando à esse protocolo de biossegurança, desde o início da discussão de retorno das aulas”, apontou.

A deputada citou as imagens de aglomerações em diversos pontos da cidade, registradas no fim de semana passado, e questionou o motivo que leva as escolas a permanecerem fechadas. “Peço que seja implantado esse protocolo de biossegurança também dentro das escolas públicas. Temos que trabalhar com bom senso. As nossas escolas não podem só permanecer dentro das residências. Imagina a situação de uma criança, trancada dentro de uma casa pequena, um apartamento pequeno, sem possibilidade de lazer, desde o mês de março”, analisou Eudiane Macedo.

Prefeito de Natal autoriza retorno das aulas presenciais nas escolas particulares

Não estamos preparados para flexibilizar', diz prefeito de Natal sobre  medidas de isolamento social | Rio Grande do Norte | G1

O prefeito Álvaro Dias autorizou o retorno das aulas presenciais nas escolas particulares em Natal. O decreto com a liberação deve ser publicado na edição desta quinta-feira (10) do Diário Oficial do Município, e, a partir disso, as unidades estarão autorizadas a reabrir nessa mesma data seguindo protocolos sanitários. A decisão para a retomada aconteceu após um encontro do chefe do Executivo com o gestores das escolas particulares nesta quarta (9).

“As escolas particulares vêm se preparando para esse momento, estão estruturadas e elaboraram um protocolo muito rígido com o acompanhamento dos professores, que vão ter todo o cuidado com os alunos. Nós consultamos o comitê científico da prefeitura, que por unanimidade concorda que existe condições de se autorizar o retorno das escolas particulares, porque elas estão preparadas pra isso”, disse o prefeito Álvaro Dias.

Para esse retorno, no entanto, as escolas privadas vão precisar passar por um protocolo para evitar a disseminação do coronavírus e só estarão autorizadas para o retorno as que receberem um selo de biossegurança. Haverá uma fiscalização do município em relação a isso e as escolas que descumprirem as medidas podem, inclusive, ser interditadas.

Além disso, na decisão ficou acordado que as escolas particulares vão precisar continuar oferecendo o ensino virtual, através de aulas online, para os pais que optarem por não enviar seus filhos de volta à sala de aula durante esse período.

“Defendemos uma volta gradual, com um ensino híbrido, aulas presenciais e à distância. Cada família escolhe se manda seu filho ou não para a sala de aula. E aquelas que optarem por não mandar, terão à disposição as aulas virtuais”, disse Ana Flávia Azevedo, uma das representantes das escolas.

Leia maisPrefeito de Natal autoriza retorno das aulas presenciais nas escolas particulares

Deputados debatem sobre contrato das ambulâncias firmado pelo Governo do Estado

Durante a Sessão Plenária Ordinária desta quarta-feira (9), realizada de forma híbrida (presencial e remotamente), o horário destinado aos deputados teve como pautas a suspeição em torno do contrato das ambulâncias realizado pela Secretaria Estadual da Saúde; a conclusão das obras do Rio São Francisco no Rio Grande do Norte; e outros assuntos de cunho econômico, agropecuário e social.
Iniciando os discursos, de maneira remota, o deputado Vivaldo Costa (PSD) cobrou do ministro Rogério Marinho a prometida restauração da parede da Barragem de Passagem das Traíras.
“Ele esteve com a governadora naquela visita ao RN e comunicou que iria tomar à frente nas obras, fazendo através da administração direta. Mas até agora nenhuma providência foi tomada. Se o inverno começar de novo ano que vem e a obra não estiver pronta, a água vai embora novamente. E é um recurso que poderia ser muito bem aproveitado pela população do Seridó”, argumentou.
Outro assunto abordado por Vivaldo foi o suicídio, em alusão ao Setembro Amarelo. “Eu já fiz três audiências públicas nesta Casa sobre o tema, com psiquiatras, psicólogos e até pacientes. Fiz audiências também em alguns municípios do Seridó, como São José do Seridó, que tem um projeto muito importante chamado “A vida fala mais alto”. Ouvi relatos de que esse programa funciona de verdade, porque a equipe de Saúde da Família identifica as pessoas que estão com pensamentos de morte, leva para os atendimentos psicológicos, e esses pacientes são acolhidos e protegidos”, detalhou o parlamentar.

Leia maisDeputados debatem sobre contrato das ambulâncias firmado pelo Governo do Estado

Nelter Queiroz solicita recurso e convênios para Currais Novos

O deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) encaminhou requerimento ao Governo do Estado, nesta quarta-feira (9), solicitando a realização de convênios e a destinação de recursos a Currais Novos. O intuito do parlamentar é que o município possa investir em obras de infraestrutura e na saúde.

“Nosso requerimento foi destinado à governadora Fátima Bezerra. Solicitamos, principalmente, recursos para a pavimentação das ruas Vivaldo Pinheiro Sobrinho [bairro Radir Pereira], Rua José Sales Sobrinho [bairro Manoel Salustino], rua Francisca Leda Pinheiro [bairro JK], Antônio Ferreira [bairro JK], Lybert Telles [bairro JK] e Lucília Martins [bairro JK]”, destacou Queiroz.

Também constou na solicitação de Nelter o envio de recursos para a compra de ambulância e para a construção de passagem molhada na comunidade Malhada de Dentro. Os pleitos foram realizados numa parceria de Nelter com os vereadores Edmilson Souza, Ezequiel Pereira da Silva Neto e Antônio Marcos Toledo Xavier.

IPANGUAÇU: Prefeito Valderedo Bertoldo confidencia a amigos a vitória de Thales e Cristina Oliveira

O prefeito da cidade de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, que tem fama de péssimo administrador e por conduzir de forma errada licitações e demais demandas na prefeitura, já vem liderando há um bom tempo a rejeição, e o maior burburinho que se comenta, é que o prefeito não ganha mais nem eleição para líder de bairro comunitário.

Apesar dos boatos, o prefeito quis tirar a prova dos 9, fez uma pesquisa interna e descobriu que a chapa da oposição composta por Thales Marinho e Cristina Oliveira é a preferida para a população de Ipanguaçu. Com isso, o prefeito estudou estratégias para minar essa vitória quase certa da dupla que tem o apoio do ex prefeito Leonardo e sua esposa como vice.

Sem sucesso, Valderedo já confidencia a amigos, a vitória da oposição e planeja até entregar a toalha “branca”, desistindo de vez de prosseguir com o projeto de reeleição, tendo mais tempo pra cuidar de forma errada da administração da cidade, e piorando o seu quadro financeiro.

Dallagnol vai ao STF contra punição aplicada pelo Conselho Nacional do MP

 (foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O procurador Deltan Dallagnol, ex-Lava-Jato, irá recorrer junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) que determinou a aplicação da penalidade censura ao integrante do MP. A defesa irá alegar violação à liberdade de expressão e cerceamento de defesa, sob a justificativa de que Dallagnol não foi ouvido no caso antes do julgamento.

O CNMP julgou nesta terça-feira (8/9) o procurador por publicações feitas na rede social Twitter contra o senador Renan Calheiros (MDB-AL). Nelas, ele afirmou que se Renan fosse eleito para a presidência do Senado, haveria dificuldade na aprovação de reforma contra corrupção.

No julgamento, o relator do caso, Otávio Rodrigues, disse entender que o procurador havia extrapolado os limites ao fazer as críticas, tendo em vista o cargo que ocupava. “Um membro do Ministério Público Federal sentiu-se no direito de interferir no processo eleitoral do Senado. Não eram meras declarações de apreço ou desapreço.(…) Entendo que o membro violou o dever funcional de guardar decoro pessoal”, disse.

Ele foi seguido por nove colegas, formando 9 votos a 1. O único que votou favorável a Deltan foi o conselheiro Silvio Amorim. Ele entendeu que a matéria já havia sido analisada em outro procedimento já arquivado pela Corregedoria. O conselheiro afirmou, ainda, que os procuradores podem emitir opiniões sobre questões relativas ao estado.

Correios Braziliense

Estudo da “vacina de Oxford” contra o novo coronavírus é suspenso

AstraZeneca suspende testes de vacina contra a Covid-19 após reação adversa  - Jornal O Globo

O laboratório Astrazeneca interrompeu os testes da vacina produzida com a Universidade de Oxford após uma suspeita de reação adversa. A “vacina de Oxford”, como ficou conhecida, é testada no Brasil em 5 mil voluntários. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que recebeu um comunicado do laboratório sobre a interrupção do estudo, mas aguarda o envio de mais informações para se pronunciar oficialmente. A Anvisa deve se posicionar nesta quarta-feira (9/9).

A vacina de Oxford foi a primeira que teve o estudo clínico autorizado no Brasil. A Anvisa liberou os teste em junho. São 5 mil voluntários com idade entre 18 e 69 anos que estão sendo testados no país.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) também confirmou que foi informada pela Astrazeneca sobre a suspensão dos testes clínicos em fase 3 e também aguarda mais informações para emitir pronunciamento oficial. “A Fiocruz vai acompanhar os resultados das investigações sobre possível associação de efeito registrado com a vacina para se pronunciar oficialmente”, diz a nota.

Considerada uma das mais promissoras, o Ministério da Saúde liberou aproximadamente R$1,9 bilhão para a compra de 100 milhões de doses do imunizante. Além disso, existe a possibilidade da transferência da tecnologia para que o Brasil tenha capacidade de produzir a imunização internamente.

Leia maisEstudo da “vacina de Oxford” contra o novo coronavírus é suspenso

Painel eletrônico da Assembleia permite interação com Sistema do Processo Legislativo

A partir da Sessão Plenária desta terça-feira (8), o Legislativo Potiguar traz mais uma inovação que irá facilitar o andamento dos seus trabalhos. É a sessão ordinária híbrida. Ela ocorrerá de forma mista, isto é, com deputados participando diretamente do Plenário e outros remotamente. Isso é possível devido à integração do Sistema de Deliberação Remota (SDR) com o eLegis (Sistema do Processo Legislativo Eletrônico), ambos desenvolvidos pela Diretoria de Gestão Tecnológica da Casa.

Com essa novidade implementada hoje, será possível controlar, a partir de um único sistema, a presença e votação dos parlamentares que se encontram no plenário, bem como dos que estão fora da sede. Estarão disponíveis ainda as pautas das sessões, já que o painel funcionará agora em total integração com o eLegis.

Para o diretor de Gestão Tecnológica da Casa, Mário Sergio Gurgel, uma das grandes inovações do referido painel eletrônico é o seu desenvolvimento interno. “Antes nós só tínhamos o painel eletrônico, contratado de uma empresa de Minas Gerais, e sem integração com o processo legislativo. A partir do desenvolvimento interno do sistema, é importante frisar a economia que isso vai nos trazer, porque não precisaremos mais licitar o equipamento. Além disso, eu acredito que nós seremos o Legislativo brasileiro com um dos painéis mais modernos e eficientes para plenário”, destacou.

Ainda de acordo com Mário Sergio, futuras implementações estão em desenvolvimento. “Em breve será adicionada, por exemplo, a opção para os deputados solicitarem suas inscrições para se pronunciarem como oradores e nos horários das proposições, lideranças e dos deputados, tornando o processo cada vez mais digital. Outro ponto importante é que o Painel Eletrônico está sendo desenvolvido para atender todas as sessões e reuniões do processo legislativo, incluindo as reuniões de comissões, que hoje ainda não trabalham de forma eletrônica”, concluiu.

Leia maisPainel eletrônico da Assembleia permite interação com Sistema do Processo Legislativo

Deputados discutem atuação do Governo do Estado em Saúde e Educação na pandemia

Durante a 72º Sessão Plenária Ordinária, realizada na manhã desta terça-feira (8), de forma híbrida (presencial e remotamente), no horário dos deputados foram abordados temas, como a gestão do Governo do Estado em Saúde e Educação na pandemia, a celebração cívico-militar do 7 de setembro, legislações referentes à área econômica, além do retorno às aulas para o setor privado e público.

Opinando sobre a reabertura das escolas, o deputado Vivaldo Costa (PSD) iniciou seu discurso dizendo que em breve haverá vacina para a Covid-19 e, portanto, deve-se ter cautela para discutir o retorno às aulas.

“Eu vi uma estatística bem positiva de Caicó, mostrando que no último mês morreram 11 pessoas de Covid. Todas idosas. Mas na hora que a gente permite a reabertura da escola, a criança pode contaminar seus familiares, matando avós, pais, tios. Por isso precisamos ter muito cuidado e discutir esse assunto de maneira profunda”, disse.

Vivaldo falou ainda sobre a importância do Setembro Amarelo. “Nós precisamos ajudar a governadora e o secretário de saúde, para que tenhamos em todos os postos de saúde um psicólogo, a fim de orientar as pessoas sobre o suicídio e proteger as famílias desse mal tão grave da nossa sociedade”, finalizou.

Coronel Azevedo (PSC) fez menção ao Feriado da Independência, que foi celebrado de maneira diferente este ano, em virtude da pandemia.

“Sempre foi tradição que todos os anos milhares de pessoas participassem do desfile cívico-militar. Mas este ano nós tivemos um ‘7 de Setembro’ diferente. A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros não puderam participar desta festa cívica e democrática. Mas o respeito e orgulho pela nossa nação não mudaram”, iniciou.

De acordo com o deputado, no dia de ontem ele foi ao Comando Geral da PM e participou de uma cerimônia simbólica de hasteamento do pavilhão nacional, homenageando todos os profissionais que atuam na Segurança Pública do RN.

Leia maisDeputados discutem atuação do Governo do Estado em Saúde e Educação na pandemia

Idema abre processo seletivo para contratação de 189 profissionais de nível superior no RN

Contratação é para 12 meses — Foto: Divulgação

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) abriu processo seletivo para a contratação de 189 bolsistas de nível superior. Os contratos são para um período de 12 meses, com possibilidade de renovação e os salários vão de R$ 2.400 a R$ 3.400.

As inscrições seguem abertas no site da Funcitern até o dia 12 de setembro e os currículos serão avaliados com base na análise da formação acadêmica, de produção científica e das experiências profissionais que contribuam para o projeto. Segundo o Idema, os contratados vão atuar em um projeto de fortalecimento institucional de gestão ambiental e territorial.

As vagas são para: Administração (1), Direito (31), Arquitetura e Urbanismo (8), Engenharia Química (8), Ciência e Tecnologia (3), Engenharia Ambiental (8), Engenharia Civil ou Tecnólogo em Construção Civil (13), Engenharia Civil (1), Engenharia Elétrica (4), Engenharia Florestal (9), Engenharia Mecânica (3), Engenharia de Minas (1), Engenharia de Petróleo e Gás (7), Geografia (12), Graduado na área de geociências ou ciências naturais (1), Geologia (9), Agronomia ou Engenharia Agronômica (12), Gestão Ambiental (10), Ciências Biológicas (35), Ecologia (6), Aquicultura ou Engenharia de Pesca (2), Pedagogia (3), Oceanografia (1), História, Arqueologia ou Antropologia (1).

Os bolsistas que possuem graduação vão receber R$ 2.400, os com especialização R$2.700, enquanto os mestres ganham R$2.900 e os doutores R$3.400.

Segundo o diretor geral do Idema, Leon Aguiar, com essas contratações o Idema executa as atividades de Educação Ambiental, gestão das Unidades de Conservação da Natureza e auxilia no desenvolvimento de estudos e projetos ambientais para o RN.

Leia maisIdema abre processo seletivo para contratação de 189 profissionais de nível superior no RN

Assú tem quase 1.500 casos do COVID enquanto prefeito Gustavo viaja e foge da responsabilidade

Ontem, dia 07 de setembro e dia da independência, a cidade do Assú é surpreendida além da falta de respeito do prefeito eleito pelo povo em se ausentar de um ato cívico que foi o hasteamento da bandeira, é surpreendido também pelo Boletim da SESAP/Rn, na qual a cidade está com quase 1500 pessoas infectadas pelo COVID-19.

Depois de muitos dias que o “coroné boquinha” George, obriga o prefeito Gustavo a ficar mais dias na cidade do que o normal, circula nos bastidores é que o prefeito viajou com a esposa, já que faz muito tempo que não exerce o espírito turista, e mostra que de forma forçada continua sua busca pela reeleição e emprestando o CPF para seu irmão, o deputado George Soares, que nunca ganhou eleição em Assú, mas que sonha com isso desde quando entrou pra vida pública.

Desde que Gustavo assumiu a candidatura à reeleição, que sua esposa Mariana Costa, bloqueou o perfil no instagram, e só permite que o mais seleto grupo de aliados vejam suas postagens, o que o Blog do VT não entende, é porque toda essa preocupação em não tornar pública sua vida, ou será que tem algo que a população não deve saber? Fica a pergunta no ar.

E enquanto o prefeito foge da raia, a população sofre com o aumento de casos, e com o aumento na taxa de ocupação de leitos no Hospital Regional.

Kelps Lima defende reabertura das escolas da rede privada no RN

No horário destinado aos oradores durante a sessão desta terça-feira (8), o deputado Kelps Lima (SDD) defendeu o retorno das aulas presenciais nas escolas parlamentares. O deputado fez um apelo para que o governo estadual autorizasse o funcionamento, de forma opcional, para que assim os pais possam escolher a melhor forma para os seus filhos.

“Há um apelo muito forte por parte das escolas particulares pela reabertura e acredito que a governadora Fátima Bezerra já assumiu o fracasso na sua política de educação, pois mesmo após um semestre de pandemia não conseguiu reestruturar as escolas para os alunos que querem voltar”, criticou o deputado.

Kelps afirmou que o governo estadual ao anunciar que as aulas só retornarão em 2021 condenou os jovens e crianças a perderem o ano letivo. “A culpa não é absolutamente dela, porque não foi ela quem criou a pandemia, mas demonstra o despreparo e descompromisso com a educação”, afirmou.

O deputado disse ainda que o ano de 2020 foi tumultuado na Educação pública do RN, pois o reajuste do piso salarial dos professores não foi concedido na data, além de greve e agora a falta de alternativa para os estudantes.

“É minha opinião, mas acho que a governadora e o prefeito de Natal deveriam autorizar a reabertura, porque a lógica da iniciativa privada não é a mesma lógica do poder público”, disse Kelps.

Albert parabeniza Anvisa por deixar de exigir retenção de receita da ivermectina

Durante o seu pronunciamento na primeira sessão híbrida da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (8), o deputado Albert Dickson (PROS) parabenizou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por não mais exigir a retenção de receita para a ivermectina. Antes da proibição, se podia fazer prescrição simples e a Anvisa exigiu por um período que a venda fosse por receita controlada.

“Eu fui um crítico da Anvisa quando por 45 dias ela restringiu a venda da ivermectina e somos a única pessoa física do Brasil que fomos à Justiça Federal, fizemos a justificativa e o presidente Jair Bolsonaro também solicitou a liberação da hidroxicloroquina, que eu dei entrada também para que retirasse a restrição”, informou Albert Dickson.

O deputado afirmou que o período em que a Anvisa determinou que a receita fosse controlada gerou dificuldades para o brasileiro. “Quero agradecer à Anvisa e ao nosso advogado, essa decisão irá salvar muitas vidas e a ivermectina é como ´uma grande bala de prata´ contra o coronavírus e nosso Estado já se adaptou e espero que continue usando até a chegada da vacina, que deve demorar ainda uns cinco meses, afirmou o parlamentar.

O parlamentar voltou a defender o uso precoce e o uso profilático da ivermectina e citou pesquisas que teriam comprovado o seu real valor no tratamento do novo coronavírus, por bloquear a fase um da doença.

SINE-RN tem 74 vagas de empregos nesta terça -feira (08) para Natal e Região Metropolitana

SINE/RN retoma atendimento presencial para seguro-desemprego - Agora RN

A Subsecretaria do Trabalho da Sethas-RN, através do SINE-RN, oferece nesta hoje 74 vagas de emprego para Natal e Região Metropolitana.

Para concorrer as vagas, o(a) candidato(a) deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Neste momento devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Sine-RN não está com atendimento presencial para Vagas de Emprego.

VEJA AS OFERTAS DE VAGAS DE EMPREGO POR OCUPAÇÃO:

ATENDENTE DE BALCÃO – 07

AUXILIAR ADMINISTRATIVO – 01

AUXILIAR CONTÁBIL – 01

AUXILIAR DE LIMPEZA – 01

CONTROLADOR DE TRÁFEGO – 10

COZINHEIRO DE RESTAURANTE – 01

ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES – 01

ELETRICISTA INSTALADOR DE ALTA E BAIXA TENSÃO – 01

ESTOFADOR DE MÓVEIS  – 01

GERENTE DE RESTAURANTE – 01

MANICURE – 05

MECÂNICO DE AUTO EM GERAL – 01

MECÂNICO DE MANUTENÇÃO DE AUTOMÓVEIS, MOTOCICLETAS E VEÍCULOS SIMILARES – 01

MECÂNICO DE MOTOCICLETAS  – 02

MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃ0 – 02

MONTADOR DE MÓVEIS E ARTEFATOS DE MADEIRA – 02

MONTADOR DE VIDROS – 01

MONTADOR SOLDADOR – 01

OFICIAL DE MANUTENÇÃO – 01

OPERADOR DE RETROESCAVADEIRA – 02

PEDREIRO – 02

PIZZAIOLO – 02

POLIDOR DE AUTOMÓVEIS – 01

REPRESENTANTE COMERCIAL AUTÔNOMO – 20

SERRALHEIRO DE ALUMÍNIO  – 01

SUPERVISOR DE SEÇÃO DE SERVIÇOS GERAIS – 01

TÉCNICO DE REDE (TELECOMUNICAÇÕES) – 01

VENDENDOR INTERNO – 01

VIDRACEIRO DE QUADROS E MOLDURAS (COMÉRCIO VAREJISTA) – 02

Nenhum país retomou nível de atividade pré-coronavírus, aponta índice com 131 nações

Lojas Renner (LREN3) fará entregas via drive-thru para compras online

A contração recorde de 9,7% da economia brasileira no segundo trimestre não prendeu por muito tempo a atenção de analistas, mais ocupados em decifrar o ritmo atual de recuperação da atividade produtiva.

É um clichê no mercado se referir ao PIB (Produto Interno Bruto) como um retrato tirado pelo retrovisor, já que o indicador é sempre conhecido com atraso em relação ao período a que se refere.

A pandemia do coronavírus acentuou esse aspecto de águas passadas do dado.

Estatísticas divulgadas com maior frequência – como produção industrial, vendas do varejo e consumo de energia – indicam que, após registrarem quedas históricas como a brasileira, economias pelo mundo afora dão sinais de retomada.

Não está claro, porém, quanto tempo elas demorarão a atingir o nível em que estavam antes da pandemia e os prejuízos que essa demora pode acarretar.

Um indicador criado pela Luohan Academy, centro de pesquisa chinês, para medir o ritmo dessa escalada de volta mostra que, entre 131 países acompanhados diariamente, nenhum retomou o patamar de atividade anterior à eclosão da Covid-19 em seus territórios.

Leia maisNenhum país retomou nível de atividade pré-coronavírus, aponta índice com 131 nações

São Paulo interdita 31 bares e restaurantes no fim de semana

Restaurantes ficam cheios no primeiro sábado de reabertura em São Paulo -  Jornal O Globo

A prefeitura de São Paulo interditou 31 bares e restaurantes neste fim de semana, por descumprimento das regras de isolamento social determinadas para o combate à disseminação do novo coronavírus.

As equipes, que fiscalizam diariamente estabelecimentos, encontraram locais que excederam o horário permitido, além de outras irregularidades.

Desde o início da quarentena, foram interditados 1.069 estabelecimentos por descumprirem as regras vigentes. Deste total, 669 são bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias.

O valor da multa pelo descumprimento das regras é de R$ 9.231,65, aplicada a cada 250 metros quadrados.

A desinterdição dos estabelecimentos deve ser solicitada na subprefeitura da região.

Agência Brasil

Em pronunciamento, Bolsonaro ressalta narrativa sobre golpe de 1964

O presidente da República, Jair Bolsonaro, grava pronunciamento. Foto: Twitter/jairbolsonaro

O presidente da República, Jair Bolsonaro, se referiu a “Marcha da Família com Deus pela Liberdade”, que culminou no golpe militar de 1964, como um dos exemplos de luta pela liberdade no Brasil. Bolsonaro falou em rede nacional de rádio e TV às oito da noite nesta segunda-feira (7), quando se comemora o 198º aniversário da independência do país.

Bolsonaro citou, como exemplos de luta pela liberdade no país, a mobilização de “milhões de brasileiros, identificados com os anseios nacionais de preservação das instituições democráticas” nos anos 1960. Os manifestantes, segundo o presidente, “foram às ruas contra um país tomado pela radicalização ideológica, greves, desordem social e corrupção generalizada”, em um momento “quando a sombra do comunismo nos ameaçava.”

A “Marcha da Família com Deus pela Liberdade”, realizada em março de 1964 em diversas cidades do país, foi uma resposta de movimentos da igreja católica e de organizações femininas ao chamado “Comício da Central”, realizado em 13 de março daquele ano pelo então presidente João Goulart na estação Central do Brasil, no Rio de Janeiro.

O anúncio das reformas de base, e o alinhamento de Jango a setores e países considerados de esquerda e comunistas foi um dos principais propulsores do movimento, que continuou nas ruas após o golpe militar em 31 de março – quando passaram a ser chamados de “Marchas da Vitória”.

Leia maisEm pronunciamento, Bolsonaro ressalta narrativa sobre golpe de 1964

Lula diz que Bolsonaro converteu o coronavírus em ‘arma de destruição em massa’ e se coloca à ‘disposição’ do Brasil

O ex-presidente Lula divulgou nesta segunda (7) um vídeo em que lê uma carta aberta aos brasileiros. Nela, o petista afirma que o governo de Jair Bolsonaro “converteu o coronavírus em uma arma de destruição em massa” e subordinou o Brasil aos EUA “de maneira humilhante”.

Diz ainda que a nomeação de “centenas de militares” para cargos estratégicos faz parte de uma “escalada autoritária” que lembra “os tempos sombrios da ditadura”.

No pronunciamento, Lula discorre sobre variados temas, do financiamento do SUS à Amazônia, do que considera sucateamento da Petrobras ao “furor privatista” do governo, da violência da polícia contra os negros no Brasil à perseguição de “pesquisadores, professores” e artistas.

Diz que “as eleições de 2018 jogaram o Brasil em um pesadelo que parece não ter fim”. E afirma: “Nessa empreitada árdua, mas essencial, eu me coloco à disposição do povo brasileiro, especialmente dos trabalhadores e dos excluídos”.

Apesar de Lula hoje não poder se candidatar, já que foi condenado e está sem seus direitos políticos, a iniciativa está sendo interpretada como uma mensagem de que, caso a situação seja revertida na Justiça, ele concorrerá, sim, à Presidência da República em 2022.

Lula inicia a carta afirmando que “uma tristeza infinita vem apertando o meu coração”.

Leia, abaixo, a íntegra do manifesto:

Leia maisLula diz que Bolsonaro converteu o coronavírus em ‘arma de destruição em massa’ e se coloca à ‘disposição’ do Brasil

Sete de Setembro em Brasília tem aglomeração, Bolsonaro sem máscara e gritos de ‘mita’ para Michelle

No primeiro Sete de Setembro sem desfile desde a ditadura militar, uma cerimônia mais enxuta na frente do Palácio da Alvorada provocou aglomeração de apoiadores, autoridades e jornalistas nesta segunda-feira.

A parada militar do Dia da Independência foi cancelada pelo Ministério da Defesa no início de agosto, quando portaria do ministro Fernando Azevedo orientou as Forças Armadas a se absterem de participar de “quaisquer eventos comemorativos” como desfiles e paradas.

O objetivo era evitar aglomerações tanto de militares na cerimônia como de civis nas arquibancadas em meio à pandemia do novo coronavírus.

O ato de 16 minutos de duração fez as pessoas, muitas delas sem máscara, se amontoarem para chegar perto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), da primeira-dama, Michelle, e de ministros —o evento reuniu de 1.000 a 1.200 apoiadores, segundo o Palácio do Planalto, ante de 25 mil a 30 mil no ano passado, na Esplanada dos Ministérios.

Leia maisSete de Setembro em Brasília tem aglomeração, Bolsonaro sem máscara e gritos de ‘mita’ para Michelle

DESRESPEITO: Prefeito do Assú toma chá de sumiço no dia da Independência

O excelentíssimo prefeito do Assú e candidato a reeleição, Gustavo Soares, praticou hoje, mais um ato de desrespeito com a terra dos poetas, em que falta a um evento simbólico mas importante, que é o hasteamento da bandeira no dia em que celebramos a Independência do país.

O 7 de setembro é muito mais do que uma simples data, ela simboliza o início da liberdade de uma pátria, que hoje está ameaçada por políticos que praticam ainda o velho coronelismo, em que querem calar, amordaçar e perseguir a todos que divergem de seus pensamentos e opiniões.

Após iniciar a campanha de reeleição, o prefeito Gustavo até tentou residir no municipio, mas desde de sábado, que a sua vice Fabiele circula sozinha, tentando preencher o vácuo que fica quando o titular da chapa resolve tirar uns dias folga, mesmo depois de passar 3 anos e meio fora da cidade, marcando sua gestão pela ausência e descaso.

A ausência do prefeito Gustavo só serve pra mostrar que ele não quer cuidar do povo e nem os respeitam, por isso vive longe das datas importantes e que são fundamentais na construção do caráter de um cidadão. Pois que cidadão é esse que não preza sequer a liberdade do seu povo? Isso mostra também o quanto ele desdenha do povo que preservar sua liberdade.

FHC: ‘Devo reconhecer que a reeleição, historicamente, foi um erro’

Recordo-me da visita que André Malraux, na ocasião ministro da Cultura de De Gaulle, fez ao Brasil. Esteve na USP, na Rua Maria Antônia, onde funcionava a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, e expôs no “grande auditório” (que comportava não mais que umas cem pessoas) sua visão de Brasília, obra de Juscelino Kubitschek. Malraux estava extasiado, comparava o plano diretor da cidade não a um pássaro (coisa habitual na época), mas a uma cruz. Com sua verve inigualável, dizia em francês o que não estávamos acostumados a ouvir em português: fazia o elogio da obra.

Esse não era, contudo, o sentimento predominante, pois víamos Brasília mais como desperdício, que induzia à inflação, do que como um “sonho”, um símbolo.

A visão dominante era negativa, principalmente no Rio de Janeiro (que perderia a condição de capital da República), em São Paulo e daqui para o sul. O gasto era grande e os recursos, minguados.

Eu compartilhava esse sentimento negativo, e olha que um de meus bisavôs fizera parte, no Império, da “missão Cruls”, que demarcara o território da futura capital do Brasil… Brasília foi construída onde desde aquela época se previa fazer a capital do País.

Não é que Malraux tinha razão? Não que a obra deixasse de ser custosa ou mesmo impulsionadora da inflação. Mas um país também se constrói com projetos, sonhos e, quem sabe, alguns devaneios…

Juscelino fez muitas coisas, algumas más, mas não é por elas que é lembrado. Brasília, sim, ficou como sua marca.

Não o conheci. Vi-o pessoalmente uma vez, sentado, solitário, num banco no aeroporto de “sua” cidade. Aproximei-me e o saudei; pouca conversa, mas muita admiração. Ele já havia sido “cassado”. Passa o tempo e fica na memória das pessoas sua “obra”, Brasília.

Leia maisFHC: ‘Devo reconhecer que a reeleição, historicamente, foi um erro’

Um em cada quatro brasileiros resiste à ideia de tomar vacina contra a covid-19

Médica voluntária da vacina de Oxford contra a Covid-19 em SP se diz  confiante e acredita estar vivendo 'evento histórico' | São Paulo | G1

Enquanto milhões em todo o mundo torcem para a rápida aprovação de uma vacina contra a covidum em cada quatro brasileiros resistem à ideia de tomar o imunizante quando ele for registrado. É o que mostra uma pesquisa inédita da ONG Avaaz feita pelo Ibope à qual o Estadão teve acesso com exclusividade.

Mil pessoas foram entrevistadas entre os dias 27 e 29 de agosto em todas as regiões do País. Do total de participantes, 75% disseram que tomarão a vacina com certeza, 20% afirmaram que talvez tomem e 5% relataram que não receberão o imunizante de jeito nenhum – o que indica, portanto, 25% de recusa ou incerteza sobre a imunização. A margem de erro da pesquisa é de três pontos porcentuais, para mais ou para menos.

Houve maior índice de hesitantes na faixa etária dos 25 aos 34 anos (34%) e entre pessoas da religião evangélica (36%). Não houve diferença significativa das respostas segundo sexo, raça/cor, escolaridade e renda.

O Ibope também buscou saber as razões para a recusa ou desconfiança na vacina. Entre as principais estão dúvidas quanto à segurança e eficácia do imunizante e teorias da conspiração das mais diversas, como a de manipulação genética ou implantação de um chip por meio da vacina e até a hipótese de que o produto seria feito com fetos abortados.

Leia maisUm em cada quatro brasileiros resiste à ideia de tomar vacina contra a covid-19

Governo usa comunicação oficial para criticar paródia de Marcelo Adnet

A Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) criticou neste sábado (5) o humorista Marcelo Adnet por uma paródia à campanha do governo federal sobre os heróis brasileiros. Em uma sequência de tuítes, o órgão comandado por Fabio Wajngarten afirmou que “há quem prefira parodiar o bem e fazer pouco dos brasileiros”.

Apesar de não citar nominalmente o humorista da TV Globo, a Secom usou uma imagem do vídeo publicado ontem por ele e afirmou que a campanha do governo foi vítima de “reações maldosas, carregadas de desprezo por brasileiros simples, mas imensamente bondosos”.

Crítico ao governo, Marcelo Adnet costuma produzir vídeos de sátira do presidente Jair Bolsonaro. O humorista vem produzindo uma série durante a quarentena chamada “Sinta-se em Casa”, gravada de sua casa no Rio de Janeiro. No vídeo a que a Secom faz referência, Adnet ironiza a participação do secretário especial da Cultura, Mário Frias, na campanha do governo em uma espécie de Arquivo Confidencial, quadro do programa Domingão do Faustão. Também há referências a Fabrício Queiroz, o ex-assessor do filho do presidente Flávio Bolsonaro, investigado pelo crime de “rachadinha”.

Leia maisGoverno usa comunicação oficial para criticar paródia de Marcelo Adnet

Moro: “Bolsonaro deveria honrar as promessas de campanha”

Moro: “Bolsonaro deveria honrar as promessas de campanha”

Em entrevista ao Correio Braziliense, Sergio Moro voltou a afirmar que o governo Jair Bolsonaro abandonou a agenda anticorrupção, deixando de lado, por exemplo, o projeto da execução após condenação em segunda instância.

Questionado pelo jornal se o presidente foi uma decepção, Moro disse:

“Ele deveria honrar as promessas de campanha, seria o correto a ser feito. Para isso, ele deveria, por exemplo, retomar a agenda anticorrupção. Isso demanda não só operações da Polícia Federal, mas também reformas legais que melhorem a estrutura de prevenção e de repressão. É fundamental, por exemplo, retomar o projeto da execução após condenação em segunda instância. Não tenho visto o governo apoiar ou trabalhar por essas medidas.”

CARNAUBAIS: Marineide Diniz e Júnior Benevides vão lançar pré candidatura para disputar prefeitura

A vice-prefeita do município de Carnaubais, Marineide Diniz (DEM) vai lançar sua pré candidatura a prefeita, acompanhado do companheiro de chapa Júnior Benevides, no próximo sábado, dia 12.

Marineide Diniz que assumiu como prefeita por pouco tempo a prefeitura de Carnaubais, depois que o atual prefeito Thiago Meira foi afastado do cargo por suspeitas de fraudes no município, já mostrou serviço e exemplo de como um prefeito deve se portar no cargo público.

A atual gestão está se enfraquecendo, e de fato, a máscara do prefeito já caiu, e revelado quem é o Dr Thiago de verdade, suspeito em diversas falcatruas, além de ser condenado por conduta vedada para conseguir votos nas eleições para deputado estadual, algo que é inadmissível pra quem exerce cargos públicos.

Por outro lado, Marineide Diniz tem adquirido forças e sem medo, vai adiante com seu projeto político de trabalho e esperança para o povo de Carnaubais.

Projetos de Ubaldo atendem população com foco em saúde e inclusão social

O deputado Ubaldo Fernandes (PL) protocolou, na Assembleia Legislativa, dois Projetos de Lei. O PL 235/2020, institui, no âmbito do Rio Grande do Norte, o “Programa de Humanização e Acolhimento aos Familiares das Vítimas da Covid-19”; e o PL 234/2020, que determina o acesso de pessoas idosas ou com deficiência visual, em braile ou letras ampliadas, às contas de água, energia elétrica, telefonia, internet e outros serviços.

“Essa proposição pretende se somar às políticas públicas de apoio e acolhimento aos familiares daqueles que perderam a vida em decorrência da Covid-19”, justificou Ubaldo. Na proposição ele explica que o “Programa de Humanização e Acolhimento aos Familiares das vítimas da Covid-19”, tem a intenção de acolher familiares das vítimas da doença, garantindo apoio e assistência psicológica para lidar com o luto.
Já sobre o projeto que beneficia pessoas com deficiência visual ou as que já estão na terceira idade, o serviço, tanto em braile como em letras maiores, deverá ser requerido pelo consumidor à empresa fornecedora, sem nenhum custo adicional. “Em se tratando de órgão pertencente ao Poder Público, o descumprimento à lei sujeitará os seus dirigentes à instauração de processo administrativo disciplinar”, acrescentou Ubaldo.

“No Rio Grande do Norte as camadas da população representadas pelas pessoas idosas e com deficiência exigem maior atenção do Poder Público, a quem cabe agir para garantir qualidade de vida, equidade social e respeito às diferenças”, reforçou o parlamentar. Segundo Ubaldo Fernandes, com base na legislação o Poder Público terá mecanismos para promover a acessibilidade e independência dessa parcela da população.

Prefeito de São Rafael prestigia primo do deputado George Soares desde 2018 com serviços advocatícios

Como não é de se estranhar, o Deputado George Soares, conhecido como deputado “boquinha”, por exercer de sua força de parlamentar para uma possível prática de “troca de favores”, que beneficiam seus familiares, desde madrasta, primos, irmã, cunhada, e por aí vai.

As trocas de favores já são bem conhecidas do deputado George Soares, por exemplo, apoia a governadora, mas em contrapartida, manda e desmanda nos cargos do governo em Assú e região, além de manter o pessoal de sua família, como Indicar seu sogro para Ceasa, Flávio Morais.

Dessa vez, o deputado “boquinha” colocou foi a empresa de seu primo, Flauber Soares, para prestar serviço a prefeitura de São Rafael (confira documento aqui), comandada pelo seu aliado, Reno Marinho, e que faz a divulgação em todos os lugares que George é um deputado forte, e na verdade é, forte para conduzir a troca de favores.

O rumo da politica dos prefeitos que o deputado “boquinha” apoia, é tudo assim, prestigiando uns aos outros com muito dinheiro e pouco serviço, e enquanto isso a população amarga as piores gestões já vistas em todo o Vale.

Juíza proíbe Globo de exibir documentos sobre investigações de Flávio Bolsonaro

A juíza Cristina Serra Feijó, da 33ª Vara Cível do Rio de Janeiro, proibiu a TV Globo de divulgar qualquer documento da investigações sobre o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ). O filho do presidente Jair Bolsonaro é alvo de investigação do Ministério Público do Rio de Janeiro pelo esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), quando era deputado estadual.

O pedido foi feito pela defesa de Flávio Bolsonaro ontem (3), sob o argumento de que o caso corre em segredo de Justiça. A TV Globo ainda não se pronunciou sobre a decisão. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Em uma publicação no Facebook na noite desta sexta (4), o senador celebrou a decisão. “Acabo de ganhar liminar impedindo a #globolixo de publicar qualquer documento do meu procedimento sigiloso. Não tenho nada a esconder e expliquei tudo nos autos, mas as narrativas que parte da imprensa inventa para desgatar minha imagem e a do Presidente Jair Messias Bolsonaro são criminosas. Juíza entendeu que isso é altamente lesivo à minha defesa”, escreveu. “Querer atribuir a mim conduta ilícita, sem o devido processo legal, configura ofensa passível, inclusive, de reparação.”

Leia maisJuíza proíbe Globo de exibir documentos sobre investigações de Flávio Bolsonaro

Servidores do Ibama dizem que reforma administrativa dificulta fiscalização

De acordo com o ex-superintendente substituto do Ibama no Tocantins, Wallace Lopes, a reforma administrativa do governo federal irá dificultar a fiscalização e o papel de proteção dos biomas pelos agentes ambientais. “A reforma administrativa tende a dificultar ainda mais a execução do nosso trabalho, porque fazer fiscalização, licenciamento, auditoria ambiental, regulação de agrotóxico sem estabilidade é algo impensável”, disse ele em coletiva nesta sexta-feira (4) para apresentação do dossiê Cronologia de um desastre anunciado: Ações do governo Bolsonaro para desmontar as políticas de meio ambiente no Brasil.

O documento, elaborado por servidores de meio ambiente, será enviado ao Congresso Nacional, à Comissão de Liberdade de Expressão da Organização das Nações Unidas (ONU), ao Human Rights Watch e à Anistia Internacional. Também haverá tentativa de enviá-lo ao papa Francisco, que já proferiu diversas falas em defesa da proteção da Amazônia brasileira.

Questionado sobre a possibilidade de extinção de órgãos do Executivo pelo presidente da República, prevista na reforma administrativa, o vice-presidente da Associação Nacional dos Servidores de Meio Ambiente (Ascema), Denis Rivas, afirmou que o Ibama corre risco de ser extinto por uma canetada. “É uma concentração de poder no presidente incabível numa democracia. O Parlamento deveria ser consultado em todas essas questões relacionadas a uma alteração nas estruturas de governo. Parece que sim, o Ibama corre risco e eu quero acreditar que a sociedade vai perceber o tamanho do risco que é e do engodo que é essa reforma administrativa”, disse Rivas.

Leia maisServidores do Ibama dizem que reforma administrativa dificulta fiscalização

Frente Parlamentar da ALRN visita ramal do Projeto de Integração do Rio São Francisco

O presidente da Frente Parlamentar das Águas, da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Francisco do PT visitou nesta sexta-feira (04) o reservatório de Jati, ramal do Projeto de Integração do Rio São Francisco (PISF), localizado no Estado do Ceará. Francisco, acompanhado do deputado e presidente da Frente Parlamentar das Águas do Estado da Paraíba, deputado Jeová Vieira Campos (PSB), visitou o trecho onde houve o rompimento de um dos dutos da obra.

“Hoje a Frente Parlamentar das Águas veio conferir o andamento dessa obra e buscar respostas sobre quando essa água chegará ao Rio Grande do Norte, porque a nossa maior missão é lutar para garantir segurança hídrica para o Estado”, disse Francisco.

Os representantes das Assembleias Legislativas do RN e Paraíba foram recebidos pelo engenheiro do consórcio Magna/Themag e representante do Ministério do Desenvolvimento Regional, Alcenor de Paiva, que fez uma explanação sobre o andamento das obras nos dois estados.

“É preciso que fique claro que as investigações sobre o incidente com o duto estão em andamento e que este fato não interfere no cronograma da obra que está seguindo seu curso”, informou.

Indagado por Francisco sobre quando as águas do São Francisco chegarão ao Rio Grande do Norte, o engenheiro disse que, segundo o cronograma, isso deve ocorrer em junho de 2021. “De acordo com o cronograma, o Rio Grande do Norte passará a ser beneficiado no segundo semestre de 2021, com as águas chegando através do ramal Assu/Piranhas. Isso se tudo ocorrer como está programado”, informou.

“Essa é uma notícia que anima o povo do meu Estado visto que esse é um sonho antigo, iniciado ainda no Governo Lula e que está próximo de se concretizar”, celebrou Francisco.

Leia maisFrente Parlamentar da ALRN visita ramal do Projeto de Integração do Rio São Francisco

Campanha contra violência doméstica resulta em produção recorde sobre o tema

A construção de políticas públicas em defesa da população continua sendo o desafio do poder público. Exemplo de Responsabilidade Social, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vem se destacando nacionalmente com campanhas institucionais nos últimos anos. Em 2020 não poderia ser diferente. Em plena pandemia do novo coronavírus, a Casa Legislativa lançou, de forma pioneira e em plataformas digitais, a campanha “Violência Doméstica: precisamos dar um basta nisso” e promoveu a discussão ampla, em torno do tema, justo em um período onde os índices desse crime registravam alta de mais de 258% no Estado.

“A campanha da Assembleia Legislativa ganhou os quatro cantos do Rio Grande do Norte e levantou a discussão nas rodas de conversa, na mesa do jantar, entre as famílias. Ou seja, cumprimos o nosso papel social em conscientizar a nossa população sobre esse crime que afeta pessoas de todas as idades e sexo”, comentou o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

Além de levar o tema para dentro da casa das pessoas, a campanha estimulou uma produção recorde sobre o assunto na Assembleia Legislativa. Mais de 50 iniciativas entre projetos de lei, requerimentos e reuniões virtuais foram realizadas pelos deputados Norte-rio-grandenses. Alguns já em pleno funcionamento e outros tramitando no Legislativo do RN para o combate à violência doméstica, que vão desde a ampliação da divulgação dos canais para denúncia, passando por projetos sociais de apoio e acolhimento às vítimas. São diversas as proposições visando combater o problema que durante a pandemia só se agravou.

Entre as proposições de sua autoria, a deputada Cristiane Dantas (SDD) solicitou que durante a campanha, fosse distribuído folder informativo com orientações sobre a Lei Maria da Penha e serviços dos órgãos de segurança para denúncias de violência doméstica contra a mulher, junto aos kits de merenda escolar enviados aos alunos. A parlamentar também propôs a expansão do plantão estruturado da capital para os casos de violência doméstica contra a mulher, a fim de também absorver os casos de violência sexual contra crianças e adolescentes.

Com relação à assistência social, a parlamentar propôs a criação do Fundo Estadual de Amparo às Mulheres Vítimas de Violência. Cristiane também sugeriu uma campanha permanente de combate ao assédio e à violência contra mulheres nos eventos culturais e esportivos, bem como a reativação do portal http://mulherpotiguar.rn.gov.br/, a fim de ampliar as redes de denúncias e atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica no RN, além de propor a campanha “Sinal Vermelho para a violência doméstica”.

Leia maisCampanha contra violência doméstica resulta em produção recorde sobre o tema

Reforma administrativa é ‘privatização total do Estado’, diz presidente da Unafisco

Reforma administrativa é privatização total do Estado, diz presidente da Unafisco

A proposta de reforma administrativa do governo, apresentada ontem ao Congresso, “não passa de um projeto de privatização da esfera pública por meio do modelo das organizações sociais”, afirma o auditor fiscal Mauro Silva, presidente da Unafisco.

O projeto pretende aumentar as possibilidades de contratação de organizações sociais (OS) para prestação de serviços públicos. O intuito é, segundo o governo, dar mais eficiência à administração.

Mas, para o presidente da Unafisco, essa é uma “porta de entrada para a corrupção. Segundo ele, essa forma de contratação foi “iniciada por Paulo Maluf no setor da saúde, e é porta de entrada para a corrupção, para o superfaturamento e para a perda da qualidade na prestação de serviço público”.

Leia maisReforma administrativa é ‘privatização total do Estado’, diz presidente da Unafisco