Candidatas podem receber valor que partido guardou para mulheres, define STF

Sessão plenária do STF, sob a presidência do ministro Dias Toffoli

O STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta (3) que os recursos oriundos do fundo partidário reservados pelos partidos para a promoção de políticas para as mulheres, de 2015 para cá, podem ser empregados neste ano nas candidaturas femininas.

Esses valores serão um adicional em relação aos 30% que as siglas já têm que destinar às campanhas de mulheres.

Os ministros julgaram embargos de declaração apresentados pela Câmara dos Deputados com o objetivo de esclarecer decisão anterior do tribunal que julgou inconstitucional um trecho da minirreforma eleitoral feita pelo Congresso em 2015.

A minirreforma tinha estabelecido que os partidos podiam, a seu critério, reservar em contas separadas de 5% a 30% do dinheiro recebido do fundo partidário para a promoção de mulheres na política, e que tais valores podiam ser usados nas candidaturas femininas. Em março deste ano, o Supremo elevou o percentual mínimo de 5% para 30%. Reynaldo Turollo Jr. – Folha de São Paulo

Leia maisCandidatas podem receber valor que partido guardou para mulheres, define STF

Lideranças das bancadas evangélica e da bala assumem apoio a Bolsonaro

Resultado de imagem para Lideranças das bancadas evangélica e da bala assumem apoio a Bolsonaro

Os líderes das bancadas evangélica e da bala assumiram o apoio ao candidato do PSL ao Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro. No entanto, diferentemente da frente ruralista, os líderes não cogitam, neste momento, formalizar o posicionamento do grupo nas eleições 2018

O deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR), que coordena a frente dos evangélicos na Câmara, afirmou ao Estado que o apoio do seu grupo é uma “tendência natural”, já que o candidato apoia os “valores cristãos e da família”.

Por outro lado, Takayama afirmou que não há uma orquestração da frente para oficializar o apoio ao candidato já que a maioria dos deputados está atualmente em campanha, sem tempo para reuniões. “Com certeza, acredito que a maioria aceitaria”, afirmou.  Ele afirmou ainda que em uma eventual eleição de Bolsonaro, a frente provavelmente não faria oposição ao seu governo. 

O criador da Frente Parlamentar da Segurança e candidato ao governo do Distrito Federal, Alberto Fraga (DEM-DF), declarou seu apoio pessoal ao militar na noite dessa terça-feira, 2, ao vivo, durante o debate realizado pela TV Globo.  Ao Broadcast Político, Fraga disse que o sentimento da maioria dos integrantes da chamada bancada da bala é apoiar Bolsonaro. “O apoio está implícito”, disse. Camila Turtelli e Mariana Haubert, O Estado de S.Paulo

Leia maisLideranças das bancadas evangélica e da bala assumem apoio a Bolsonaro

Confederação das Associações Comerciais do Brasil vai anunciar apoio a Bolsonaro

A Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB) prepara anúncio de apoio à candidatura de Jair Bolsonaro (PSL), informa Daniela Lima. A direção da entidade deve formalizar o endosso ao capitão reformado na sexta-feira (5).

A CACB já distribuiu minuta de manifesto que será publicado no dia da declaração do apoio. A previsão é a de que o documento seja entregue ao candidato por um pequeno grupo. José Paulo Cairoli, vice-governador do Rio Grande do Sul, estará na comitiva. Ele é filiado ao PSD, partido que oficialmente apoia a candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB) à Presidência.

O grupo de empresários se soma aos evangélicos e à bancada ruralista, que recentemente anunciaram apoio a Bolsonaro. Painel – Folha de São Paulo

Tribunal nega recurso de Lula para votar em eleição

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

O TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Paraná negou mais uma vez, na noite desta terça-feira (2), o pedido do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que votasse nas eleições deste ano.

A defesa do ex-mandatário havia entrado com um recurso no tribunal, questionando uma decisão anterior que apontou “impossibilidade técnica intransponível” para a instalação de uma seção eleitoral na sede da Polícia Federal em Curitiba, onde o petista está detido.

Normas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) estabelecem o número mínimo de 20 eleitores para a instalação de uma urna, com o objetivo de preservar o sigilo do voto. Estelita Hass Carazzai – Folha de São Paulo

Leia maisTribunal nega recurso de Lula para votar em eleição

Caicoenses vão às ruas mostrar apoio a Nelter Queiroz

A noite desta terça-feira (2), véspera do feriado dos Mártires de Cunhaú e Uruaçu, padroeiros do Rio Grande do Norte, ficou marcada na história política de Caicó, com a realização da “Passeata do Povo”, movimentação em prol da candidatura à reeleição do deputado estadual Nelter Queiroz (MDB).

Saindo da Praça do Entroncamento, no bairro Barra Nova, os caicoenses foram em passeata e carreata até a avenida Celso Dantas, no centro da cidade, para ouvir as palavras de Nelter.

Presenças do prefeito Marcos do Manhoso, do ex-prefeito Roberto Germano, dos vereadores Diogo Silva, Zaqueu Fernandes e Pastor Erinaldo Lino; e do ex-vereador Rubão Germano, dentre outras lideranças de Caicó e de municípios circunvizinhos.

Juiz é baleado dentro de fórum

Resultado de imagem para Juiz é baleado dentro de fórum em Vila Rica, em MT

O juiz Carlos Eduardo de Moraes e Silva foi baleado no ombro esquerdo, na tarde desta segunda-feira, 1º, dentro do Fórum de Vila Rica, Mato Grosso, a 1.259 Km de Cuiabá, por um investigado.

Imagens do circuito interno de segurança do fórum gravaram o momento em que o juiz foge do próprio gabinete após ser alvejado por Domingos Barros de Sá, que respondia a um processo de homicídio qualificado.

Segundo o Tribunal de Justiça do Mato Grosso (TJ-MT), o juiz havia acabado uma audiência de custódia, quando um advogado entrou na sala, seguido pelo agressor. O homem sacou a arma e ameaçou um promotor. O magistrado interveio e, após se aproximar do réu, entrou em luta corporal com ele. Em seguida, houve o disparo.

Um policial que estava no fórum, vendo a confusão, disparou contra o atirador, que morreu no local.

O juiz Carlos Eduardo foi encaminhado para o pronto-socorro do município, que fica próximo ao fórum. O magistrado, que ficou ferido no ombro, foi encaminhado a um hospital de Palmas/TO (480 km de distância) – o mais próximo de Vila Rica – para cirurgia de retirada do projétil. 

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

Candidatos de DEM e PSD pedem voto em Bolsonaro e consolidam debandada

Eleições 2018 - Jair Bolsonaro

Pelo menos quatro candidatos a governador de partidos como DEM, PSD e Novo aproveitaram o debate das afiliadas da Rede Globo nesta terça-feira (2) para pedir votos em Jair Bolsonaro (PSL) para a Presidência da República.

O movimento consolida a debandada de aliados de outros presidenciáveis em direção à candidatura do capitão da reserva, que já havia recebido apoio de candidatos a governador de outros partidos como Índio da Costa (PSD), no Rio, e Gelson Merísio (PSD), em Santa Catarina.

Nesta terça, durante o debate, anunciaram voto em Bolsonaro os candidatos a governador do Distrito Federal Alberto Fraga (DEM) e Rogério Rosso (PSD). Ambos patinam nas pesquisas e tentam pegar carona da popularidade do presidenciável do PSL —que chega a 39% das intenções de voto na capital federal— para tentar chegar ao 2º turno.

Fraga já era aliado de Bolsonaro, mas havia anunciado apoio a Geraldo Alckmin (PSDB) no em agosto, logo após firmar aliança com os tucanos no DF. Já Rosso, cujo partido nacionalmente apoia Alckmin, havia anunciado apoio a Alvaro Dias (Pode) no início da campanha.

A declaração de Rosso coloca em situação delicada o senador Cristovam Buarque (PPS), que tenta a reeleição e apoia a candidatura de Rosso no DF e Marina Silva (Rede) para presidente.

Leia maisCandidatos de DEM e PSD pedem voto em Bolsonaro e consolidam debandada

Hoje tem carreata do federal de Assú: Fábio Faria

O deputado federal Fábio Faria, apontado como campeão de emendas para Assu no valor superior a R$ 13 milhões, realiza hoje concentração às 4 horas da tarde, na Av. Principal do Frutilandia, na lateral do Hospital Regional.

“Vamos juntos fazer a festa com nosso federal Fábio Faria, o campeão de emendas em Assú”, diz Mário Rogério, um dos entusiastas do projeto de reeleição do parlamentar do PSD que deverá vir acompanhado de sua esposa, Patrícia Abravanel.

O encerramento da carreata termina com comício em Linda Flor.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: